quarta-feira, 6 de abril de 2016

LIBERDADE PARA SER BABACA

O avanço dos direitos igualitários esbarra sempre num mesmo obstáculo: as religiões. Um estado democrático simplesmente não pode obrigar uma religião a mudar seus dogmas. Em países como o Canadá ou a Holanda, onde há um grande número de ateus declarados, isto não chega a ser um problema. Mas claro que está sendo nos Estados Unidos, onde a religião tem um peso na vida pública quase tão grande como na Itália. A aprovação do casamento gay pela Suprema Corte de lá fez com que pululassem projetos de lei garantindo "liberdade religiosa", principalmente nos estados mais atrasados do sul do país. E como liberdade religiosa entenda-se a possibilidade de discriminar alguém por causa de sua sexualidade. Um comerciante pode se recusar a atender um casal de bibas, uma médica pode se negar a salvar uma lésbica no pronto-socorro, um empregador pode mandar embora um empregado só porque descobriu que se trata de um homossexual. Ou seja, alguém que não se adequa aos preceitos sagrados de sua fé. Curioso que nunca propuseram lei nenhuma isentando pessoas religiosas de servir assassinos, pedófilos ou portadores de capanga. Pelo contrário: faz-se um carnaval quando, por exemplo, o papa visita um presídio. Mas os Estados Unidos, apesar de todo seu pioneirismo nos movimentos sociais, também é o maior ninho de babacas do mundo. Tanto que já estão usando algumas das leis recém-aprovadas para expulsar judeus e muçulmanos de lojas e restaurantes - afinal, eles também não seguem a fé de quem os expulsa. Pelo menos a reação está vindo a galope, com muitas empresas importantes ameaçando tirar seus negócios dos estados que fizeram legislação discriminatória. E no Brasil, será que vai demorar para a bancada teocrática propor coisas parecidas? Já devem até ter proposto, mas a conjuntura daqui é diferente. Nosso país se gaba de ser um oásis de tolerância, sem racismo nem homofobia, onde todas as religiões convivem em harmonia - pelo menos esta é a versão oficial. Uma lei que autorizasse um comerciante a tratar mal um cliente gay não cairia bem. Mas nunca se sabe: nossos parlamentares são hipócritas e despreparados, e farão leis parecidas se acharem que serão reeleitos.

86 comentários:

  1. Não era o DeFu que fazia comentários estridentes e preocupados com o declínio das tradições cristãs na Europa e afora?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. #SomosTodosDEFU

      Como o Tony reconheceu: praticamente não há comerciantes que proíbam a permanência de quem quer que seja em seus estabelecimentos no Brasil. Isso nem é uma questão. Diga-se de passagem, conheço vários lugares exclusivamente gays, mas... oops... abafa!

      O problema é que se a militância LGBTXYZAIQUESONO e as esquerdas continuarem a incentivar o "nós contra eles", querendo impor conceitos equivocados a todos na sociedade (ideologia de gênero, doutrinação dos filhos alheios, inversão de valores universais, etc) uma hora surgirão reações apaixonadas e desproporcionais. Ninguém apanha e fica calado por muio tempo.

      O pior é que nunca pedi para essa militância de meia pataca me representar, mas serei igualmente vítima dos desvarios dessa gente.

      O cristianismo ainda é o melhor ambiente para gays e afins. Tratam a homossexualidade como pecado, o que é bem indigesto, mas também reconhecem que todos têm seus pecados (até o casal hétero que faz sexo visando o prazer).

      O problema dos EUA é que lá o ativismo por "direitos" se tornou violento e intransigente. Daí, quando seus alvos reagem, posam de vítimas e constroem narrativas mentirosas sobre a verdadeira causa da reação.

      * * *

      Aviso aos gays navegantes: desembarquem desse embate construído pelas esquerdas. Eles nos querem como massa de manobra e nos jogarão fora assim que não formos mais úteis. Nesse jogo, os caciques militantes ficarão com o poder, e nós com uma população indignada a nos perseguir. Não há nada que não possamos obter com diálogo e amor. Cristãos, no geral, são pessoas maravilhosas, e o cristianismo não joga nenhuma biba do alto de prédios. Tanto quanto "nós", "eles" merecem respeito.

      Excluir
    2. Lindinha, entrando a direita no poder, toda aquela turma que vc vê na Paulista vai achar que tem direito a tudo, inclusive de bater em viado. Vc tem alguma dúvida disso? Da mesma forma que eles esperaram todos esses anos para manifestarem seus preconceitos contra cotistas, gays e pobres, agora eles esperam ter alguem no poder pra mostrarem que lugar de viado é no salão de beleza. Estarão mais seguros para destilar todo o ódio elitista sobre os gays. Eu to com muito medo. Da mesma forma que o conservadorismo aumentou, o preconceito naturalmente vai junto.

      Excluir
    3. "toda aquela turma que vc vê na Paulista vai achar que tem direito a tudo, inclusive de bater em viado"

      NÃO FALA BOBAGEM, BICHA! Suas fantasias esquizofrênicas urgem por acompanhamento médico. Sério! Seu "medo" não passa de histeria.

      Amplie seus horizonte e pare de difamar a direita. esse papinho não engana mais ninguém.

      OFF:

      #SomosTodosKarolEller

      (a lésbica brasileira mítica que vive nos EUA e lacra zoando a militância LGBT e as esquerdas)

      Excluir
    4. #SomosTodosKarolEller, será? Pergunta se o Tony é? Essa moça que defendeu o Bolsonaro, em que estado americanos ela mora? Se for em algum que estão aprovando essas leis anti-gay fico calado, mas se for em um estado liberal, ai boto a boca no trombone e vou começar a falar como os que mandam os "defensores" do governo ir pra Cuba e falar pra ela ir pro Mississipi.
      Nick

      Excluir
    5. Nós temos a Ellen Page do nosso lado Nick. Muito mais legal e cool do que essa Karol uma radical de direita. Aliás o que não falta é artista bacana do lado da Dilma e da democracia. Agora do lado do Aécio...Luciano HUck! Rs

      Excluir
    6. "do lado da Dilma e da democracia"

      HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAAHAHHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAAHAHHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAAHAHHAAHAHAHAHAHA

      A "democracia" de vocês só poderia mesmo ser capitaneada por uma criminosa.

      Excluir
    7. Povo esquece a facilidade com que a Dilma rifou um mero kit anti-homofobia pra agradar justamente a bancada evangélica, dizendo que o governo dela "não fazia propaganda de opção sexual"?

      Excluir
  2. IBM já mandou a real que não curtiu.

    ResponderExcluir
  3. aiai, a middle america é tão triste né?

    ResponderExcluir
  4. Meu receio com a subida da direita é que será necessário agradar os ultra radicais bolsonetes e os crentes. Certamente teremos muitos entraves para aprovação de pautas progressistas como a criminalização da homofobia e a legalização do aborto. As coisas caminharam durante o governo Lula e Dilma. Com um governo mais conservador vamos estagnar nessas matérias com certeza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legalizar o aborto é legalizar o assassinato de crianças em gestação por mulheres egocêntricas.

      Excluir
    2. Fala isso para o futuro avó da filha que foi estuprada.

      Excluir
    3. Não estou afim de entregar o país para ser salteado em troca de um mentiroso apoio do PT aos LGBTs. A militância petista posta banner simpático à causa, faz bottons com arco-iris, estende bandeira em manifestação, mas Lula e Dilma não fizeram nada, absolutamente nada em favor dos direitos LGBTs, nem mesmo um posicionamento claro e firme em 14 anos de poder, eles tiveram coragem de apresentar e sempre que algum aliado tentou promover algo concreto em favor dos LGBTs, Lula e Dilma recuaram diante da pressão dos conservadores. O suposto apoio do PT aos LGBTs é apenas mais uma, das inúmeras mentiras contada pelo partido.

      Excluir
    4. Fala isso para o garoto/a que nasceu de uma relação não consentida (ou que a mãe resolveu chamar de estupro após se arrepender). Tenho certeza que ele não curtiria a ideia de ter sido abortado. E quem iria curtir, não é mesmo?

      Tudo seria mais fácil se estivéssemos tratando apenas do direito da mãe ao próprio corpo (ou do avô a seu orgulho), mas há o direito da criança à vida nessa equação, e tal fator é quase sempre ignorado ou minimizado pelos abortistas.

      Excluir
    5. Sobre aborto, a minha opinião é a seguinte: Quem tem o direito de decidir se quer ou não levar a diante a gestação é a mulher. A sociedade não tem o direito de impor e obrigar a mulher a fazer algo que seja contra a vontade dela. É uma questão individual. Ser mãe contra a vontade, por medo ou culpa e ter aversão ao próprio filho para o resto da vida não parece ser algo que vai fazer bem a ninguém. E tem mais, quem quer mesmo abortar, aborta, legalmente ou não. As pessoas deveriam ser menos hipócritas e parar de varrer tudo para debaixo do tapete, como se uma lei mudasse a realidade das coisas. Não muda em nada. Um programa sério de assistência para quem deseja abortar, com uma equipe multidisciplinar (atendimento médico, psicológico, social e jurídico) chamando o pai da criança para decidir junto com a mãe sobre abortar ou não (já que ela não fez o filho sozinha) tenho certeza que diminuiria o número de abortos, mortes e sequelas que as mulheres sofrem em centenas de clínicas clandestinas que existem no Brasil.

      Excluir
    6. o anon. das 12:04 leva em conta o direito da mãe sobre "levar a diante a gestação". Fala até que o pai deveria opinar. Mas sequer considera o direito da criança à vida. Típico argumento do feminismo chinfrim que vemos hoje em dia.

      Ignorar a o direito do nascituro à vida reforça o que Cathy Young disse na 'Time': "o feminismo virou uma caricatura dele mesmo"

      Excluir
    7. E qual a solução que você propõe anônimo? Fingir que os abortos não existem por causa da lei, enquanto os fetos e as mulheres continuam morrendo nas clínicas clandestinas? Vamos parar de hipocrisia. Use a sua moral para a sua vida e não para impor o que você acha certo para a vida dos outros. Ninguém tem esse direito. Acredito que ninguém seja a favor do aborto. Eu não sou, mas não tenho direito de interferir na vida alheia, muito menos julgar e condenar quem aborta ou deixa de abortar. Aborto é uma questão de saúde pública. O estado precisa ter uma estrutura para atender essas mulheres, orientá-las, inclusive sobre os seus direitos. Muitos abortos acontecem porque as mães são abandonadas e não tem assistência nem do Estados, nem da famíla e muito menos do parceiro que a engravidou. Precisamos parar de empurrá-las para a clandestinidade, para a marginalidade apenas para satisfazer o moralismo hipócrita dos conservadores.

      Excluir
    8. Me respondam uma coisa: por que caralho uma mulher com vida sexual ativa não usa um anticoncepcional? Basta tomar uma injeção, dura meses! Pelo amor de Deus!

      Excluir
    9. Porque também existe estuprador.

      Excluir
  5. Tava esperando vc postar sobre isso
    Inclusive a indústria do entretenimento foi uma das primeiras a propor o boicote

    ResponderExcluir
  6. Não sou contra aborto, mas acho um absurdo esse monte de inconsequentes trepando como se não houvesse amanhã e se bobear ainda vão querer aborto no SUS, com a gente pagando. Estou cansado de pagar pela irresponsabilidade e folga alheia. Quer aborto? Então pague. É pobrinha? Dá pra adoção. Chega de pagar pelo mimimi alheio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fascistamente pragmático ou pragmaticamente fascista. Imagina uma mente desta se hétero.

      Excluir
    2. O mio babbino caro
      A homofobia é igual a Racismo quando se julga que as coisas estão avançando vem provas que essas doenças são endêmicas.

      Excluir
    3. Eu seria completamente a favor do aborto se ele fosse apenas uma questão do domínio da mulher sobre o próprio corpo. Não é. Trata-se da interrupção da vida de uma pessoa em gestação. Nenhuma mãe tem o direito de decidir se o filho deve ou não viver.

      Mas o post nem é sobre aborto. Então deixa para uma próxima...

      Excluir
    4. Vc acabou de descrever como se comporta um fascista. Intolerância.
      Pensando assim, vc deveria devolver aos cofres públicos todo os gastos que o erário nacional tem com o fato de vc colocar mais um carro nas ruas. Poluição do ar, poluição sonora, sujeira, transito, segurança, etc...
      Pq eu que ando de onibus tenho que pagar pelo seu comportamento irresponsável? O certo é vc andar de ônibus.
      Entendeu agora? Não seja intolerante. O discurso dos radicais não se sustenta.

      Excluir
    5. 18:30 >>>>>>

      O único ponto claro no seu cometário é que você não tem a mínima ideia do que seja o fascismo.

      Fica claro que, na sua mente torta, fascista é quem discorda de você.

      Diga-se de passagem, esse seu juízo de que todos devem andar de ônibus... Sei não... Há uma série de regimes totalitários que defendem isso aí.

      Entendeu agora?

      Excluir
    6. Chiiiiii os comentários começam e vão se tornando coisa de louco, sem saber quem está comentando com quem sobre oque quem comentou... O sapiens de sapiens não tem nada é só falido antes de não ser falido (l8:30/l8:48/18:24/17:48/28:66)

      Excluir
    7. Bruno é um conservador fiel. Quer o bom emprego garantido e pra isso precisa eliminar todos os concorrentes. O alvo mais fácil são os negros, os de origem pobre e os gays. Como é difícil concorrer apenas com a competência, ele apela para valores morais e o preconceito. Ataca os negros e os gays pra eliminar os primeiros que estão no caminho dele.
      Aliás, o que ele faz no meio de tantos gays aqui nesse blog? Bolsoneca e Feliciana que o diga.

      Excluir
    8. Anon. das 19:46,

      Mon Dieu, que papo é esse que o Bruno é contra pobre, negro e gay? Você ainda não entendeu que chamar seus opositores de homofóbico, racista, fascista e elitista, só por discordarem de você, não cola mais?

      Ninguém é obrigado a ser o tipo de gay que você julga ser superior. Ninguém!

      Excluir
    9. Chamar quem discorda de vc de homofóbico, racista, fascista e elitista nao cola mais. Mas o problema maior é que grande parte de quem comenta aqui é isso mesmo. Ou voces quem tem "opiniões contrárias" acham que quem diz "não sou preconceituoso, tenho amigos gays, mas..." não são homofóbicos?
      Nick

      Excluir
    10. Nick, nosso pombo enxadrista de estimação...


      OFF Saúde Pública:

      Um amigo ligado a um órgão estatal de saúde me passou uma pequena lista de problemas que saíram do controle no governo do PT:

      1- dengue
      2- zica
      3- chicunguya
      4- tuberculose
      5- aids
      6- sífilis
      7- febre amarela
      8- alastramento do escorpião amarelo (sp capital - limpeza pública / Haddad)

      (a H1N1 ainda não entrou para a listinha, mas é uma forte candidata)

      Enquanto isso, o governucho segue rifando o Ministério da Saúde para manter seu projeto criminoso de poder, evitando o impeachment da ÚNICA presidente que cometeu o crime de pedaladas fiscais desde a redemocratização (fato atestado por dados do Banco Central).

      Mas ainda há alguns desinformados e muitos pilantras apoiando esse governo e vestindo camisetas vermelhas.

      Uma lástima!

      Excluir
    11. "Um amigo ligado a um órgão estatal de saúde me passou uma pequena lista de problemas que saíram do controle no governo do PT". Sim, discípulo, verdade. Porém culpar somente o governo federal por isso é muito interessante, sendo que dengue são os governos mais locais que tem um repesabilidade maior, além do povo que deveria evitar focos de dengue mas não faz nada (então falar mal dos políticos sendo que não fazemos nossa parte é bem interessante). E vc atá agora não me deu nomes de candidatos ao governo federal que vc apoia ou apoiaria pra eu pesquisar sobre eles e ver se valem meu voto. E li sobre o "Complexo do pombo enxadrista", termo que desconhecia, você pode achar o que quiser de mim, mas quer acabar com esse meu "Complexo do pombo enxadrista", me de nome de candidatos ao senado, Câmara e executivo federal, pra eu pesquisar sobre eles e ver se valem meu voto.
      Nick


      Nick

      Excluir
    12. PetisNick,

      Você é chato bagarai, hein! rsrsrs

      Quer dizer que o Governo Federal controla praticamente toda a carga tributária que pagamos, mas que a culpa da dengue é do prefeito de uma Jericoacoara da vida. Cê jura?

      Quanto aos meus políticos preferidos, lembre-se que até outro dia Lula se gabava de não existir partido de direita disputando a eleição presidencial. E não tinha mesmo. A direita tem se organizado muito rápido, mas precisará de algum tempo para ocupar o espaço que é seu por direito.

      Por enquanto, tenho olhado o Caiado com alguma atenção. Tem uma história mal contada sobre o tio dele, mas ele NÃO é o tio, né? Também há, claro, grandes promessas. O Marcel van Hattem é muito bom e me representa totalmente, mas ainda é muito novinho.

      Infelizmente, somos o caso único de um país onde a maioria da população é liberal/conservadora, mas se vê obrigada a engolir uma hegemonia esquerdista (por enquanto...).

      Se bem que nem tudo está perdido. Há quatro anos, nem se falava de direita em Pindorama. Hoje já atingimos uma massa crítica. Daqui a alguns anos, repita essa sua pergunta que terei satisfação em respondê-la.

      XOXO

      Excluir
    13. Pessoas de direita como esse Discípulo são vítimas do mundo e não tem culpa de nada pq votaram no Aécio.
      Cinismo e hipocrisia dessa gente é psicose.

      Excluir
    14. Caiado, tô fora, agora esse Marcel van Hattem até agora o que li sobre ele dá pra pensar em votar nele. Agora "O Marcel van Hattem é muito bom e me representa totalmente, mas ainda é muito novinho." não seria uma coisa dita por um liberal, te representa totalmente isso é meritocracia. Meritocracia nao deve ser posta de lado por ele ser novinho ouseria, caro liberal-conservador?
      Nick

      Excluir
    15. A e ele é do PP, mas ja que "defendo" a Dilma, e segundo os "liberais" daqui isso é defender um partido ladrão, deveria ver isso como algo ruim, mas como nao tenho essa visão binaria desses "liberais" tupiniquins, posso até votar nele.
      Nick

      Excluir
    16. Discipulo, assim...vc ainda tem muito chão pra percorrer antes de virar o DeFool que, mesmo sendo um idiota total, tinha uma capacidade de abstração e desconstrução que vc não tem por natureza. Então, vc precisa estudar muito ainda.

      Excluir
    17. Sinto vergonha desse Nick existir.

      Excluir
    18. Ainda bem que eu nao sinto nenhuma vergonha de existir anônimo!
      Nick

      Excluir
    19. Nick, penso que maturidade e experiência são sempre importantes para alguém ousar voos mais altos na política. O Marcel chegará lá um dia.

      18:28 The Fool foi (é) minha mestra, querida. Um arraso. Nós, as que damos continuidade à obra, apenas nos esforçamos para continuar a dizer (do jeito que somos capazes) aquilo que o meio gay aparelhado tenta calar a todo custo.

      Excluir
    20. Piro o cabeção.

      Excluir
  7. Anônimo (6 de abril de 2016 15:11) podem não nos jogar de prédio, mas é só fazer uma busca rápida que você vai achar centenas de casos de violência e homofobia, aqui no Brasil e nos EUA, na verdade por aqui nem precisam criar uma lei que autorize a discriminação ela já está instituída como um valor nacional, "viado bom é o meu cabeleireiro, o amigo da minha filha ou o viado morto". Você parece viver num lugar muito privilegiado, cheio de cafés simpatizantes, gente civilizada acho que você num sonho e reclama quando alguém quer te acordar com a realidade. Aliás se não fosse essa "militância de meia pataca" não existiria nenhum estabelecimento para a senhora ficar caçando discretamente ante de ir a missa, ajoelhar e rezar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo (6 de abril de 2016 18:23): Você só demonstrou que seus posicionamentos são resultado de mera confusão mental. Melhore!

      Excluir
  8. (O mio babbino caro
    Chorando atravessado na cama. Puta que Pariu! Com tudo que há no bojo da oposição, a foto do desembarque do PMDB e o discurso dessa maluca da cobra, fica praticamente impossível qualquer aliança com essa turma. Continuo Fora)

    ResponderExcluir
  9. Acabei de ler uma entrevista com o Protogenes Queiroz, medo! Sinceranente o Brasil n dá.

    ResponderExcluir
  10. E a França se rendeu ao Vaticano e desistiu de nomear aquele diplomata gay que estava há meses aguardando a confirmação para ser embaixador. Porque todo mundo sabe que o Vaticano não é lugar de gay.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a Igreja não é lugar de gay. O bar gay também não é lugar de padre, capische? A parte boa é que não arremessam gays do oitavo andar no vaticano. Também não matam padres nos bares gays. Ou seja, se cada grupo seguir respeitando o espaço do outro, permaneceremos em harmonia.

      Excluir
    2. Dica: Embaixada representativa <> Igreja.

      tente ler mais, colega! :)

      Excluir
    3. 11:48,
      Não entendi a dica. Poderia desenhar? ;)

      Excluir
  11. Tony, você comentou [e eu perdi] o filme alemão 'Freier fall/ Em queda livre'?

    ResponderExcluir
  12. Lendo os posts cheguei numa conclusão: antes da caída da Dilma é preciso aprovar a lei que criminaliza a homofobia urgente. Quero que a Dilma saia mas tenho muito medo da sensação de poder ilimitado dos liberais.
    Está complicado para o gay decidir o que apoiar pq o lado da direita dá sinais de extremismo e são facilmente manipuláveis pela mídia e por falsos heróis do Movimento Brasil Livre e a turma do Alexandre Frota.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. #SOMOS TODOS O ANÔNIMO ACIMA, o único que nça foi extremista aqui. É isso mesmo anônimo, tá muito difícil, esses "liberais" que comentam aqui falam que chamamos eles de homofóbicos, racistas e preconceituosos contra pobres pq discordamos deles, mas não é, o discurso (comentário) deles já demonstra isso. Entao tem que ser aprovada essa lei (que esse comentadores devem chamar de lei da ditadura gay ou da mordaça) antes do governo cair. Perguntei ao Ze Caretinha e au discipulo em quem votar em um proxima eleição (para pesquisar sobre o candidato), até hoje nao me responderam, acho que um comentarista tava certo a resposta deles seria: Bolsonaro (se nao for, estou esperando nomes pra eu pesquisar e ver se valem meu voto).
      Nick

      Excluir
    2. Uma lei que tipifique a agressão e o assassinato motivados pela sexualidade das vítimas seria muito bem vinda. O problema é que o texto atual quer servir de mordaça a qualquer um que não concorde com a visão queer de sexualidade, e tenta garantir privilégios aos gays, um grupo que, segundo o IBGE, possui, na média, uma qualidade de vida bem superior ao restante da população.

      Com o texto absurdo proposto pela "militância", não vai passar nunca. Melhor que seja assim!

      Excluir
    3. Ao Anônimo7 de abril de 2016 10:46.

      No passado fizemos discurso parecido com relação ao direito das mulheres de votar, com o direito dos negros de frequentarem a mesma escola que os brancos, etc...
      Dá vontade de rir, não? Já ouviu aquele ditado: O tempo é o senhor da razão?
      É por aí. Acredite, daqui a uns anos estaremos rindo das medidas ultra conservadoras que tomamos hoje.
      Em que lado do tempo vc quer ficar? No passado? Quando falamos em atitudes modernas, melhor mirar o futuro pq é mais interessante.
      Qualquer coisa fora disso é pura insegurança com relação o que as mudanças no mundo trazem pras nossas vidas. O ponto é que vc nao consegue parar o mundo.

      Excluir
    4. Para variar, Nick esperneando e fazendo birra no meio do povo. Alguém dá logo uma chupeta pra esse menino? ( ͡° ͜ʖ ͡°)

      Excluir
    5. 11:03>>>> Não há nada mais terrível que obrigar alguém a agir fora de seus valores, ou limitar a liberdade do outro de ser um babaca (eu, por exemplo, acredito no seu direito de defender um progressismo otimista, baseado numa confiança inabalável em tudo que é novo, mas isso não quer dizer que eu concorde com suas teses).

      Você não se dá conta, mas o que você chama de "mirar o futuro" para justificar a sobreposição de um valor sobre outro não passa de um projeto de hegemonia cultural.

      O tempo só é o senhor da razão do vencedores, meu caro.

      Excluir
    6. Discípulo,
      Se vc tivesse o poder de escolher o próximo presidente da república, quem vc indicaria?

      Excluir
    7. Discípulo vem reclama dos que falam "fascista" pros que tem opinião contrária e me chama de criança pra acabar com meus argumentos e não me dar a resposta que estou procurando desde os posts mais antigos.
      Nick

      Excluir
    8. HAHA Agora li o comentário que esperava "Eu, claro", mais infantil impossível. Não seria infantil se ele colocasse o nome verdadeiro dele e todas as propostas pra nós lermos e se candidatar de verdade pra algum cargo. Se gostar do que eu ver posso até votar nele.
      Nick

      Excluir
    9. "11:03>>>> Não há nada mais terrível que obrigar alguém a agir fora de seus valores, ou limitar a liberdade do outro de ser um babaca". Ok, muito bonita suas palavras. Mas o outro anônimo tá certo, se muitos não tivessem "obrigado alguém agir fora de seus valores" ainda estaríamos no período colonial.
      Nick

      Excluir
    10. 12:09 , Hitler tb pensava assim: lia e citava Nietzsche para justificar a sua liberdade de ser um babaca.
      Impressionante como projetos de hegemonia cultural feitos por homens héteros brancos não são alvo de críticas.

      Excluir
    11. Ok, dei uma prévia mais acima. XOXO

      Excluir
    12. Se tivéssemos representantes inteligentes, sairia uma proposta para considerar agravante quando a injúria, lesão corporal ou homicídio for cometido por motivos de ódio contra minorias e grupos vulneráveis. Queria ver um deputado fundamentalista dizendo que o cego, o nordestino ou o cadeirante estão querendo privilégios.

      Excluir
    13. 15:09>>>>> Criminalizar "injúria" (qualquer xingamento dito diretamente à pessoa) é uma atentado à liberdade de expressão. Lei da Mordaça. Simples assim.

      Essa geração sensível a palavras não percebe que suas pautas nos condenaria a uma prisão sem grades. Se bem que é sempre assim que as esquerdas tratam as populações: como gado que não pode sair do cercadinho.

      Já a lesão corporal e o homicídio motivados por ódio são de outra natureza. Deveriam focar nisso, mas esse não é o objetivo da militância. Querem mesmo é criminalizar a opinião alheia e ponto final.

      Excluir
    14. Aonde vc estava que não propôs o seu texto brilhante que passaria.

      Excluir
  13. Off topic
    Manchete que poderia ser do Sensacionalista, mas não é:

    Maluf vai votar a favor do impeachment porque ficou chocado com as manobras sujas do PT na compra de votos: "Demais até para mim" afirmou.

    ResponderExcluir
  14. Eles vão bater nas bichas se subirem ao poder.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não. Cuba matou suas bichas. A URSS também. Os liberais são os únicos capazes de oferecer o que todo gay precisa: LIBERDADE!

      Excluir
    2. Bater literalmente não. Mas que vai tudo piorar com relação a integração e luta dos direitos homossexuais não há dúvidas.
      Como alguém disse aqui, em tempos de vacas magras, tudo serve como fator eliminatório no mercado. Primeiro vão-se os gays e pretos. Depois os nordestinos e deficientes físicos. Depois as mulheres e assim por diante. No final sobra o homem de bem meritocrata, vencedor dessa árdua batalha.

      Excluir
    3. Que chororô vitimista mais clichê, 12:39.

      Sua tese dá um belo dramalhão de cunho ideológico. Sabe aqueles roteiros bem piegas com moral da história no final? Então, você poderia ganhar uma grana escrevendo estórias para os filhos do povo comuno-feminino-vegano. Aqueles de Macbook Pro e chinelo surrado, saca?

      Excluir
    4. Ei 12:11 Mas a esquerda é liberal tb. Esquerda, Socialismo e Comunismo são coisas diferentes.


      Excluir
    5. Lésbicas nordestinas negras deficiente físicas serão sacrificadas em um ritual macabro no dia da posse da direita...

      Excluir
    6. 12:11 Não, amooor. A esquerda é sempre por definição estatista, reguladora e coletivista. Só a direita prega o enfraquecimento do Estado, a livre inciativa e o individualismo. Socialismo e Comunismo SÃO sempre de esquerda.

      Você fez uma confusão bem comum com a palavra liberal. A direita é liberal (economia) no sentido que os europeus dão ao termo. Esquerda só é chamada de "liberal" (costumes) nos EUA.

      14:28 rindo litro aqui.

      Excluir
    7. " A esquerda é sempre por definição estatista, reguladora e coletivista". "Esquerda só é chamada de "liberal" (costumes) nos EUA.". Então a esquerda é liberal no EUA?
      Nick

      Excluir
    8. Socialismo e comunismo sao sempre de esquerda, mas a esquerda não é sempre comunista e socialista. "The political terms Left and Right were coined during the French Revolution (1789–1799), referring to the seating arrangement in the Estates General: those who sat on the left generally opposed the monarchy and supported the revolution, including the creation of a republic and secularization,[5] while those on the right were supportive of the traditional institutions of the Old Regime"
      Nick

      Excluir
    9. Sim, Nick, nos EUA "liberal" é sinônimo de alguém que está mais para a esquerda do espectro político. É um termo que significa "esquerda light", mais ou menos. Como o partido Democrata, por exemplo.

      Excluir
  15. Cada post do Tony é uma convulsão política nos comentários. Se esse povo canalizasse essa libido raivosa em algo produtivo seríamos potência mundial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já eu prefiro que as bichas gastem energia aqui nos comentários. Mesmo porque essa libido raivosa seria direcionada, no máximo, a sexo bareback com desconhecidos via aplicativos de pegação.

      Ou seja, o Blog do Tony pode estar salvando vidas, bebê!

      Excluir
    2. Presumindo o pior de pessoas que nem conhece. Anon 14:09, melhore bicha.

      Excluir
  16. Falando em leis hipócritas... vê essa, Tony http://www.al.mt.gov.br/storage/webdisco/cp/20160215153319136100.pdf

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa nem hipócrita é, é burra e ignorante. O texto está repleto de erros de português. Além do mais, é inconstitucional: a liberdade de culto garante que se cultue até mesmo Satanás.

      Excluir