quarta-feira, 13 de abril de 2016

HAN, HON, HEN

Há 15 anos, os transexuais da Suécia inventaram um pronome neutro que não existia na língua de lá: "hen", que não quer dizer nem "ele" (han) nem "ela" (hon). A palavra pegou, e acaba de entrar para o dicionário oficial. Além do mais, é perfeitamente pronunciável. Fica a dica para xs ativistas brasileirxs.

12 comentários:

  1. Como poderia ser um artigo definido sem gênero em português. Esse é um debate interessante. O que não é nem "ele" nem "ela" mas que não soa estranho? Elo? Él? Parece muito masculino ainda. E sem falar que teríamos que ver uma solução para o "o" e "a" em adjetivos como belo e bela. Fica como? "E", como em bele?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elly. É bem purpurinado.

      Excluir
    2. Não é possível, mas tem gente financiada com dinheiro público que fica defendendo essa estupidez.

      Excluir
  2. Engraçado que você comemora que as transexuais suecas inventaram um pronome e que ele caiu em gosto popular, mas insiste em chamar as travestis brasileiras de os travestis. Vai entender...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porque falar "os travestis" não é transfobia. É português castiço.

      E assunto encerrado!

      Excluir
    2. Muito interessante. Suécia né mew...

      Excluir
    3. NoÇa Militanssia anaRfabeta quereMdo dIcidI as regra gramaticUal doS povo tudu...

      Se nem chuca essa gente sabe fazer direito, duvido que tenham entendido a crítica cirúrgica do Tony sobre a impronunciabilidade dx tal dx linguagem neutrx.

      Excluir
    4. Esse dissiplo é tão preconceituoso com pessoas abstratas que ele nem mesmo conhece...

      Excluir
    5. 14:06,

      A militância oficial? Aquela que insiste na troca do artigo por x ou @? Eu conheço essas cabeças (não)pensantes melhor do que você imagina.

      Excluir
  3. Daqui a pouco vai colar a idéia de Chris Rock de que não devia ter prêmio para melhor ator e atriz separado, e ser um só, assim como todas as outras categorias incluem os dois gêneros.
    Muita gente acha essa idéia maluca.
    O mundo ocidental está indo por esse caminho, gostemos ou não.
    Mas o melhor do dia foi terem desmacarado a farsa de que a senhora Clinton apóia gays. Assim como o PT, ela apoia agora porque acha que pode ser bom pra ela. Mas no passado já fez de tudo pra tentar barrar direitos gays.

    ResponderExcluir
  4. Ai que saco a boneca pronominal batendo sempre na mesma tecla. Se seu problema fosse esse, neh querida? Incrivel como o autor do blog tem paciencia.

    ResponderExcluir
  5. Li um artigo outro dia que dizia que o pronome era largamente utilizado, não apenas para trans. Uma professora contava, por exemplo, que o filho fazia às vezes referências a um(a) colega de classe usando o hen, quando o gênero não interessava à conversa. Não sei se a invenção se deu por causa do(a)s transexuais, mas é legal ver que o uso se disseminou.

    ResponderExcluir