domingo, 3 de abril de 2016

DIRETAS JÁ

O assunto do dia é o editorial da Folha de São Paulo pedindo a renúncia tanto de Dilma quanto de Temer. Na verdade, o texto está bombando desde a tarde de ontem, quando foi publicado online. E a repercussão foi tão grande que até o perfil da presidente no Facebook se viu instado a responder. Surpresa nenhuma: não é de hoje que sabemos que Dilma não tem a grandeza necessária para se desapegar do miasma que lhe resta de poder, nem a inteligência para salvar o que sobrou de sua biografia. Sua saída mais honrosa seria romper com o PT e formar um ministério de notáveis (inclusive petistas), ignorando alianças com partidecos e balcões de negócio. Só gente boa que entende da área cuidando de cada ministério. Verdade que Collor tentou algo parecido quando era tarde demais, e não se salvou do impeachment. Verdade também que o próprio PT pode resolver se vingar, e contar que Dilma sabia, por exemplo, que a refinaria de Pasadena era um ferro-velho que não valia o que a Petrobrás pagou por ela, e que tudo não passava de mais uma jogada para desviar dinheiro para o partido (e, dãã, é claro que Dilma sabia). Já que madame não renuncia nem compra uma bicicleta, vai ter que enfrentar a Câmara liderada pelo Chicuncunha votando seu impeachment talvez em apenas duas semanas - uma situação pela qual o Brasil não merecia passar. Eu concordo com cada palavra do editorial da Folha: só a saída de Dilma, Temer e Cunha é que pode limpar o ar, e só eleições diretas - inclusive para o Congresso - é que podem devolver a governabilidade. Diretas ontem.

44 comentários:

  1. esse texto da folha é tao conveniente p lula. Eleições gerais e nooba oba esquecem ele. ou da tempo p ele fugir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois daquela foto do desembarque do PMDB, fazer oque?
      Como se não soubessem.

      Excluir
  2. querido http://plantaobrasil.net/news.asp?nID=82131
    leia migue q votou no FHCia com gosto.
    PSDB, maior máfia do mundo. #dantaspreso #marianaimbassahy

    ResponderExcluir
  3. Tony, hoje a sua ídola Bibi Ferreira também anunciou ser contra o golpe midiático, a coxinização do Brasil e criticou a Isto É pela deprimente capa machista contra a presidenta esta semana.
    Creio que vc viva dentro do paradigma de sonhar fazer parte da inteligentsia brasilis onde circulam bons artistas e intelectuais mas tb não pode abandonar o alto volume de rissoles supostas elites que te dão audiência tanto no blog como na Folha.
    Deve ser ruim demais ter que agradar a quem a gente não gosta com o intuito de manter a audiência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí que você se engana, seu trouxa. Eu faço este blog para agradar a uma única pessoa: eu mesmo.

      Excluir
  4. O plano é o seguinte: Lula assume como ministro, Dilma renuncia e novas eleições serão feitas. Quem está atrapalhando é Temer, que não larga o osso.

    ResponderExcluir
  5. Tony não chame um leitor seu de trouxa, mesmo que nós sejamos (eu incluso), é muito feio! O anônimo acima pode até ter tentado indiretamente afetar seu humor mas ele não te xingou nem nada, pq chamá-lo de trouxa? Épocas sombrias essa de xingamentos via web.
    Nick (Obs: também perdi a paciencia um dia e xinguei uns tantos aqui em dois comentários, mas evito).
    Nick

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como não me xingou? Veio com o papo de que eu preciso agradar à Folha, que é muito ofensivo.

      Nick, eu escrevo o blog pensando unicamente em mim. Aqui eu faço o que eu quero.

      Excluir
    2. Pior é a pretensão de achar que te conhece e entende seus dilemas políticos. Da roubalheira dos petistas ninguém deles quer falar, claro. Melhor focar nos textos diabólicos do Tony.

      Excluir
    3. O grande problema é falar só das roubalheiras do PT. Das licitações fraudulentas de metros e trens nunca li uma linha neste blog. De merenda então, nem suspiro.

      Excluir
    4. Nem vai ler. Ainda não entendeu como funcionam as coisas por aqui, já que ainda não temos nosso "Log Cabin Republicans", elas resolveram se improvisar aqui mesmo br.

      Excluir
  6. Daniel Dantas, bandido da privataria

    ResponderExcluir
  7. Essa bandidagem de esquerda acha que vai prevalecer enganando as pessoas com esse papo de lutar pelos pobres, de que coxinhas são a praga a se abater, de que o dinheiro é pra ser gasto somente com quem mantém os ladrões petistas no poder.
    É o medo de perder essa boca enorme que motiva esse discurso nojento, e não amor nenhum por pobres.
    Eu estou esperando ansioso pelo dia que vamos ver cada um de todos esses vampiros terem que arrumar um emprego, um trabalho decente na vida, porque esta vida mole de cargos comissionados vai acabar. Boa sorte pra corja na cadeia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pela primeira vez na história desse país a elite está conhecendo o descaso e os coxinhas estão experimentando o próprio veneno, a indiferença. Vc pode permanecer elite e coxinha quando as coisas acalmarem, mas nunca mais será como antes.

      Excluir
  8. Que país vc vive? Vc realmente acha que convocar diretas pra todo o Congresso, 6 meses depois, vai mudar o país? Que o povo vai votar em outros candidatos? Ou vc é mt ingênuo ou tá com algum distúrbio esquizofrênico. Não faz o MENOR sentido. Gastaríamos horrores com o novo pleito pra colocar as mesmas pessoas - ou vc acha que só vc e seus amigos q vão participar dessa eleição? Ou que o povo mudou de mentalidade radicalmente desde outubro? Não viaja, aprendam a lidar com a democracia. Vcs querem tanto ser Europa, mas insistem em ter posições coloniais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Arrasou mulher!

      Excluir
    2. O povo mudou radicalmente de mentalidade desde outubro sim. Dilma teve 51% dos votos em 2014 e hoje apenas 10% aprovam o seu governo. Sabe porque? Porque as promessas infundadas que ela fez, os números que inventou e as mentiras que contou foram desmascaradas no primeiro mês do novo mandato. Anti democrático é manter um governo com 90% de rejeição popular. Golpe é fraudar os números do governo para enganar a população e se reeleger. #ForaDilma

      Excluir
    3. Anônimo das 09:52. Nossa!!!! Eu ia escrever mas, diante da sua postagem nem preciso. Falou tudo!! Parabéns pela clareza e consciência. Orgástico.

      Excluir
    4. Isso para não dizer o óbvio: as propinas desviadas da Petrobrás para pagar a caríssima campanha petista e sustentar o toma lá da dá com os partidos da base governista quebraram a maior empresa do país.

      Excluir
    5. Lacrou. Quer ser Europa e tem pensamento de governante do Irã (contra aborto, a favor de pena de morte, porte de arma, quer menores na cadeia e contra legalização de drogas)

      Excluir
    6. Anônimo das 13:35, aqui é o das 09:52 - Quando Dilma se elegeu o índice de aprovação era de 12%, ou seja, pouco mudou aí. Eu mesmo votei nela, mas me decepcionei com o rumo do novo governo, mas daí a querer que ela já saia em menos de 3 meses, é algo bem infantil (saca criança que cansa do brinquedo que ganhou ontem?). Sobre a suposta mudança súbita de pensamento, quem vê sua mentalidade transformada em 6 meses faz parte do que se chama "massa de manobra". É impossível uma massa inteira mudar de pensamento em tão pouco tempo, a não ser que esteja sendo monitorada por forças maiores- isso aconteceu na Alemanha do Hitler, por ex, mas aí eu não preciso ficar explicando mais nada, né?

      Excluir
    7. E, volto a dizer: vcs acham mesmo que o Congresso seria renovado? Sabe o custo de uma eleição? Sabe o tempo que demora? Gente, a vida não é um filme que vc dá FF pra ver logo o final, não. Cresçam! O mundo nunca foi pros fracos.

      Excluir
    8. Querido desonesto,

      A aprovação do governo Dilma em 2014 era de 40%. Sim, 40% dos brasileiros achavam o governo Dilma ótimo antes das eleições.

      Sobre o delírio de achar que as pessoas estão indo para as ruas pela influência de um Hitler brasileiro e não porque foram enganadas durante a campanha, porque estão chocadas com o patamar de corrupção relevado pela Operação Lava Jato, assustadas com a recessão com -4 de PIB, com a disparada dos juros, do dólar, da energia elétrica, da inflação e do desemprego? Prefiro nem comentar... O governo Dilma quebrou o Brasil, a tendência é piorar muito. Tirá-la daquela cadeira é questão de sobrevivência.

      Excluir
    9. E gosto de trabalhar com números e com fontes:

      http://g1.globo.com/politica/eleicoes/2014/noticia/2014/10/aprovacao-do-governo-dilma-e-de-40-aponta-pesquisa-ibope.html

      Excluir
  9. Verdade, de nada adiantaria convocar novas eleições para o Legislativo sem uma prévia e profunda reforma política que instituísse o voto distrital e requisitos mais rigorosos de elegibilidade. Estamos perdidos

    ResponderExcluir
  10. Quer dizer então que o jornaleco A Coxinha de São Paulo sortou um "editorial" e que está causando o maior frisson entre as risoles e coxinhas, imagino...kkkk

    Só gostaria de saber: desde quando a foia tem alguma moral pra querer exigir alguma coisa nesse sentido?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Jornaleco", o jornal de maior circulação do país? Que tem entre seus colunistas nomes tão diversos como Guilherme Boulos e Reinaldo Azevedo? Que foi o primeiro a denunciar o mensalão?

      Qual seria um órgão de imprensa digno do seu respeito? O DCM? O Brasil 247? O Pragmatismo Político? Todos isentíssimos, claro, e nada dependendentes das verbas estatais.

      Excluir
    2. No Brasil, nenhum.

      Excluir
    3. No Brasil, nenhum.[2] Mas o Tony é funcionário da casa, claro que vai dizer que a FSP é o baluarte da imparcialidade da imprensa. ahaahah

      Excluir
    4. Nenhum órgão de imprensa é imparcial. Isto não existe. E a Folha se posicionou claramente quanto à crise política: é contra o impeachment, e a favor da renúncia de Dilma e Temer.

      O que os bons órgãos de imprensa são é PLURAIS: dão voz a um grande número de opiniões diferentes. O New York Times, por exemplo, tem uma postura declaradamente liberal (que nos EUA quer dizer centro-esquerda) e geralemnte defende os democratas nos editoriais. Mas tem vários conservadores entre seus colunistas. A Folha faz a mesma coisa.

      Excluir
  11. E os Panama Papers? Com o Cunha lá com suas empresas offshore? Os coxinhas vão falar disso? Ou o PT continua sendo a *ÚNICA* fonte de corrupção e mau caratismo nesse país?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui no meu blog eu tenho me posicionado contra Eduardo Cunha desde antes dele assumir a presidência da Câmara dos Deputados. Acho Cunha o mais nefasto político de todos. Em mim essa carapuça não cabe.

      Excluir
    2. Porque vc acha que eu falei de vc Tonynho? Ta armado hoje? Eu fiz o comment mirando os neocons que andam pululando no seu blogue. Eu sei sua posição em relação ao Kunha. Pode ficar relaxado.

      Excluir
    3. Essas loucas petistas deliram muito, são elas que defendem bandidos, são elas que nunca falam nada dos trocentos condenados e que abriram a boca sobre os roubos do PT. E aí pra tentar dar shade nisso ficam repetindo mantra sobre Cunha, como se alguém em algum lugar, inclusive aquiz tenha defendido ele. Petistas, desistam, essa e qualquer outra estratégia de merda do lixo de onde vcs vieram não vai dar efeito algum a não ser mais horror a vcs todos sem exceção.

      Excluir
    4. Só faltava ser a favor do Cunha.

      Excluir
  12. Defender algo que depende exclusivamente dos interesses e da vontade pessoal de três pessoas diferentes é um misto de arrogância e de ingenuidade. Talvez não por acaso, a Folha esteja parecendo a Marina Silva propondo "soluções" que não tem qualquer viabilidade de acontecer. Acho isso um delírio desnecessário e meio patético.

    ResponderExcluir
  13. Fala aí. Você tb vai boicotar os seus queridinhos do Porta dos Fundos?

    ResponderExcluir
  14. Não gosto da Dilma, aliás nunca gostei, desde de quando ela era ministra das Minas e Energia, devido a um fato pessoal meu, mas isso não vem ao caso... mas o impeachment, como está sendo feito, parece até ser golpe mesmo... Por isso sou contra. Sou a favor da renúncia e de novas eleições, mas isso não vai acontecer mesmo, pelo menos por vontade da própria...

    ResponderExcluir
  15. O mio babbino caro
    A próxima eleição será em 2018. E é bom elegermos um congresso decente, pois continua o presidencialismo de coalizão.

    ResponderExcluir
  16. Que se vá todos! Dilma, Temer, Cunha, Renan e todo o congresso nacional. Se tivessem algum senso de grandeza renunciariam todos e seriam convocadas novas eleições. Mas lamentavelmente isso não ocorrerá. Esse pessoal tem o espírito na lama. Só são conhecedores das pocilgas que frequentam. Enquanto isso o Brasil irá afundar, afundar, afundar...

    ResponderExcluir
  17. O interesse de novas eleições é sabotar o impeachment! Não há tempo para novas eleições agora, nem previsão legal para isso. O que se tem é o impeachment. Depois do impeachment, sim, poderia-se pensar em novas eleições.

    ResponderExcluir