domingo, 6 de março de 2016

RELISCHISVAICEDSH


Radiância. Efervescência. Relischisvaicedsh. Todas essas qualidades inenarráveis estão em "Zoolander 2", a comédia mais engraçada do ano - pelo menos até que saia o filme do "Absolutely Fabulous". Aliás, a saga do modelo mais deslumbrante de todos os tempos é o mais próximo que a cultura pop americana chegou de "AbFab". Os alvos das risadas são os mesmos: o mundinho fashion, a obsessão por beleza e juventude, o consumismo desenfreado. Se você acha graça nessas coisas, então vá ver "Zoolander 2". Na dúvida, faça o teste e veja se você ri com o clipe acima, que nem está no filme. Eu me borro toda vez.
Cada vez menos gente concorda comigo. O primeiro "Zoolander", lançado em 2001, tornou-se um grande sucesso cult. Essa continuação quinze anos depois talvez tenha chegado tarde demais. O filme flopou nas bilheterias dos EUA, e deve passar batido por aqui. Vou arriscar um palpite para explicar esse fracasso: a moda saiu de moda. Confinada às blogueiras e "it girls", a indústria saiu do "mainstream" cultural e já não repercute mais como antes. Além do mais, futilidade e vaidade não são mais defeitinhos risíveis e comuns a todo mundo, mas pecados mortais que as almas puras devem evitar. Um sinal dos tempos é que o personagem All, umx modelx pansexual interpretadx magistralmente por Benedict Cumberbatch, causou uma pequena polêmica. Está rolando petição de protesto na internet, dizendo que é um desrespeito com as trans - e essa cambada não percebeu que a piada nem é com trans nenhuma, é com dois homens brancos e cis que só falam bobagem. Cumberbatch é só uma das muitas celebridades que fazem aparições-relâmpago em "Zoolander 2". Pisque e você pode perder Madonna, Bruce Springsteen, Susan Sarandon, Willie Nelson, Katy Perry, Ariana Grande e John Malkovich, além de toda a cúpula da moda universal.
Trata-se de uma digníssima continuação da obra-prima de Ben Stiller. Se você nunca viu o original, procure: tem no Netflix. Mas já vou avisando que é só para padalares refinados como meu. Ou como o de Sua Santidade David Bowie, que participou da melhor cena. Só uma palavra para descrevê-la: relischisvaicedsh.

8 comentários:

  1. Aiai, só consigo pensar na corrupção q é nossa policia federal. Judiciario, etc...Nojo! pra mim os militares tao tramando alguma. Vou ver o filme, com ctz é engraçado.

    ResponderExcluir
  2. Como diz um amigo, fazem quanti da Lula cheiram cocaina e saem fazendo loucuras por aí.

    ResponderExcluir
  3. Sabiam q foram os Ingleses que nos deram a abolição da escravidão? Eles são foda, vamos pedir pra restaurarem nossa constituição

    ResponderExcluir
  4. N vejo a hora de ver esse filme. Valeu pela dica!

    ResponderExcluir
  5. Ben Stiller e Adam Sandler sem chance de levar meu dinheiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, acho humor nível deficiência mental.

      Excluir
    2. Filme de caretas nível Jim Carrey.

      Excluir