segunda-feira, 21 de março de 2016

OLIVER TWIST

Dilma Rousseff já é freguesa de John Oliver. O programa de sátira política apresentado pelo comediante inglês, exibido no domingo à noite pela HBO dos EUA (e na segunda-feira da semana seguinte pela HBO Brasil) tem tirado o sarro da nossa crise política que a TV de cá não consegue tirar, por medo de processos e queimadas de filme. Como sempre, acompanhar o que acontece aqui dentro pelo olhar de quem está de fora é estarrecedor: como é que a gente aguenta? E não, mortadelas de plantão, John Oliver está longe de ser um coxinho-fascista. Ele tem inegável tendência liberal (no sentido americano, de esquerda) e horror a Donald Trump, seu alvo principal nos tempos que correm. Mas de vez em quando o cara se lembra de nós, oba. Ah, como eu queria fazer um programa assim...

12 comentários:

  1. Quando que essa daí vai pro CEMITÉRIO junto com o bebum heim! E na sexta feira 13 com passagem direta para as trevas!

    ResponderExcluir
  2. Os americanos são os mais interessados no golpe. De vez em qdo pedem ajuda as mídias q eles controlam. Nem engraçado esse vídeo é;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amore, me dá um pouco desse negócio que vc tomou!?

      Excluir
    2. Ahahahhahahhaha que alucinógeno estão colocando na mortadela desse povo?

      John Oliver é ótimo, pena o Brasil não ter ser democracia madura o suficiente pra ter um programa desse perfil.

      Excluir
  3. O lado bom dessa crise, deixou claro a podridão das nossas instituições PF, judiciário, imprensa. Jovens acompanhado tudo isso terão outra cabeça. Mas o Brésil morreu pra mim, depois do q eu vivenciei e depois de estar ciente das forças negras q sempre estiveram entre nós, algo q eu sempre soube se confirmou, n somos um país medíocre a toa.

    ResponderExcluir
  4. Falta, talvez, menos de um mês para que Temer assuma, com o impoluto José Serra ao lado. Farei questão de acompanhar o blog nos dias do novo governo. Será tão rápido para disparar a metralhadora cheia de ódio e indignação? Ou os revoltados on line daqui trocarão o canhão pela rosa? Esperemos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Impossível parar o processo de coxinização do Brésil. Vc vai voltar aqui e verá essa gente dizendo que foi melhor assim: tirar uma presidenta que não há nenhuma prova contra ela pra colocarem a dupla Temer/Cunha no poder.
      Da mesma forma que petistas defendem q é melhor Lula sob acusaçoes que Temer e Cunha no poder.
      Os ministérios já estao sendo divididos e Serra levará um deles como pagamento aos serviços prestados ao PMDB.

      Excluir
  5. Genial. Discount sushi hehehe.

    ResponderExcluir
  6. Gostei, principalmente pq ele foi mais imparcial que a globo já foi, mostrando que o legislativo não tem condições de julgar ninguem.
    Nick

    ResponderExcluir
  7. 'Americanos interessados no golpe'.
    Essa gente é doente. kkkkk

    ResponderExcluir
  8. Você diz: "como eu queria fazer um programa assim", mas você não é um roteirista de humor, é? Eu sempre achei que você escrevia coisas sérias, dramáticas e profundas mais artísticas e intelectuais, por causa do tipo de filme que você gosta de assistir e comentar aqui no seu blog, eu quase nunca te vejo analisar blockbuster ou filmes teens por exemplo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas esse tipo de programa de sátira política É de humor! É pura tiração de sarro.

      O que eu mais gosto de escrever é comédia, tanto para o cinema quanto para a TV. Mas roteirista tem que saber escrever de um tudo, se não fica sem trabalho.

      Excluir