terça-feira, 29 de março de 2016

HIENAS

Acabei de assistir pela TV à reunião-relâmpago onde o PMDB decidiu "por aclamação" sair do governo e abrir mão de todos os cargos federais. Todos menos um, é evidente: a vice-presidência continua nas mandíbulas de Michel Temer. Senti engulhos ao ver Romero Jucá conclamando as hostes do partido, ao lado de um Eduardo Cunha todo pimpão, sob um coro de "fora, PT!". Como assim, "fora, PT"? O que foi que o PT fez que deixou o PMDB tão magoado? Entregou ministérios estratégicos como a Saúde e mais uma montanha de cargos para quadros totalmente desqualificados, que só estão saqueando ainda mais as burras do Estado. Teria adiantado Dilma dividir com seus supostos aliados o comando da economia? Duvido, pois essas hienas iriam sempre querer mais e mais e mais e mais. Agora elas farejam o governo ferido de morte, e se aproximam para o bote final. A luta contra a corrupção terá sido em vão se recolhermos as panelas e acharmos que tudo está resolvido com a eventual posse de Temer (e atenção, petistas, foram vocês que o colocaram no Palácio do Jaburu - parem de choramingar!). A crise seguirá firme e forte enquanto continuarmos votando no PMDB e fazendo dele o maior partido do Brasil.

21 comentários:

  1. Triste mesmo o dia de hoje!
    Mas, o PMDB se engana se acha que vai governar tranquilamente, se acha que vai "unir o país".
    Eles estão mais implicados na Lava-Jato do que o próprio PT !
    Essa crise vai longe...
    O problema é saber o que vem depois, já que quase ninguém decente se interessa por ser político no Brasil.
    Será que seremos sempre um país de políticos safados, e com um Judiciário que apenas "enxuga gelo" ?
    Se pelo menos as "10 medidas contra a corrupção" do MPF virarem lei, acho que a gente vai poder colher bons frutos.
    Daqui a uns 10 anos, mas antes tarde do que nunca.
    Ate lá, haja paciência!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas a partir desse momento a lava-jato perde a força, não temos com oque nos preocupar o fundamental é mantermos nossos privilégios.

      Excluir
  2. O mundo ideal não existe. As opções que temos são essas aí, um governo Dilma cada vez pior ou um governo Temer meno male. Que o PT vá para oposição e lute pela cassação do Temer no TSE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Governo Temer meno male". No curto prazo, bem provável, mas para o longo prazo, espere os direitos previdenciários, investimentos mínimos em saúde e educação escorrerem pelo ralo mais rápido do que Dilma e PT conseguiram fazer (e olha que eles já foram rápidos nisso).

      https://medium.com/aos-fatos/o-pmdb-antes-o-pmdb-agora-o-pmdb-depois-d9b0ad64813e#.9zczarulf

      Excluir
    2. Que lindo, quem falou que não temos pessoas sensatas, acabamos de ouvir uma delas. lindo lindo muito lindo. Orgulho de ser brasileiro. Meu coração não é vermelho tem as cores da bandeira nacional.

      Excluir
  3. "atenção, petistas, foram vocês que o colocaram no Palácio do Jaburu"

    Me diga qual chapa vencedora de todas as eleições pós-redemocratização não padecem desse vício mortal?
    Sim, so a experimental eleição de 89. Fora isso, PMDB SEMPRE esteve ao lado do ganhador. E sempre soube se afastar quando o barco naufragou.

    ResponderExcluir
  4. O q faz do PMDB o maior partido do país? N entendo...o hinterland? É miga o plano desde 2012/13 foi sempre esse, como podemos morar num país q tem Gilmar Mendes?

    ResponderExcluir
  5. Não, não fomos nós, petistas, que colocamos Michel Temer no Palácio do Jaburu. Foram 54 milhões de eleitores, aproximadamente. No entanto, foram vocês, batedores de panelas, críticos habituais de Dilma Rousseff e não tão críticos assim de Eduardo Cunha, que abriram espaço para que Temer e seus mais de 40 ladrões possam chegar ao Palácio do Planalto! Parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora começa a discussão de quem é a culpa pelo Temer. Talvez a discussão mais produtiva que possamos ter.

      Na real, vamos falar de como TIRAR o PMDB do poder ao invés de ficar apontando o dedo em quem tem a culpa de ele estar lá?

      Excluir
    2. Passaram quase dois anos se refestelando cada vez que Eduardo Cunha tramava contra o governo. Pois bem, agora colham o que plantaram!

      Excluir
    3. Já eu bem fiquei feliz. Tiramos a quadrilha do poder e ainda ganhamos um presidente que é capaz de usar períodos compostos sem se embananar no discurso. Para essa qualidade de gente que vejo todos dias aí pelas ruas está bom demais!

      Pelo fim do Estado ba-bá, que venha o Temer! Como já disse o próprio, é chegada a hora do "Estado eficiente". A conferir.

      Excluir
    4. DeFu, obviamente, feliz com um presidente do corruptíssimo PMDB. Pelo menos é coerente e só se incomoda com a corrupção de um partido, como todo com coxinha.

      Excluir
  6. Qual partido não é fisiológico? O Republicano? o Democrata?

    ResponderExcluir
  7. O plano é o seguinte. Cunha toca o impeachment (mesmo tendo sido também citado na Lava-jato e considerado réu no STF), e aprovada a abertura do impeachment, Renan Calheiros no Senado (também citado na Lava-jato) aceita o julgamento do impeachment. Dilma é deposta, Temer (idem) toma posse como presidente.

    E por final, Cunha, em recompensa por ter iniciado o processo, é livrado da cassação do cargo na Câmara e mantém o foro privilegiado, ao mesmo tempo em que - sendo presidente ainda ou não - continua mandando nos 50 e poucos deputados cujas campanhas eles mesmo financiou com dinheiro sujo.

    ResponderExcluir
  8. Totalmente de acordo com: "atenção, petistas, foram vocês que o colocaram no Palácio do Jaburu".

    Faltou dizer que ele ocupará o Palácio do Planalto com o apoio e o aval daqueles que foram à rua em 13.03.16. Como diz o ditado: "cuidado com aquilo que você deseja, pois pode conseguir".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feliz mesmo só ficarei quando ver o Cunha ocupando a Presidência durante as viagens do Presidente (hurgh!) Temer. Afinal vocês colocaram o pacote no poder

      Excluir
  9. Situação complicada. É muito provável que o PMDB tenha intenção de interferir na "Lava-Jato" em um governo Temer. Por outro lado é reconfortante um presidente que tenha plena capacitação pro cargo que ocupa e seja eloquente. As propostas apresentadas no documento "Uma Ponte para o Futuro" se colocadas em prática, principalmente a área econômica, seriam muito bem-vindas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade que você acredito nisso?
      Sou brasileiro não desisto nunca (contenha o riso)

      Excluir
    2. Falta um pouco de interpretação de texto da sua parte. Mortadela.

      Excluir
    3. Interpretação de texto. Mortadela, até quando. O Brasil no divã ou então vá às compras com a mulher do Cunha.

      Excluir