quinta-feira, 24 de março de 2016

A MÃE DE TODAS AS LISTAS

E a lista da Odebrecht, hein? Claro que eu estou achando a maior graça nos apelidos, mas também me sinto apreensivo. Este pode ter sido o primeiro golpe sério para melar a Lava-Jato, e desferido por alguém de dentro da própria PF (tanto que Sergio Moro correu para colocar a lista em sigilo, mas aí já era tarde). Explico: tem tanta gente nessa lista, de tantos partidos, que sua divulgação me cheira a uma tentativa de desmoralizar a classe política como um todo. Não que eles não mereçam, mas seria uma forma de deslegitimar o processo de impeachment. Como julgar a presidente, se seus juízes parecem tão culpados como ela? Eu digo "parecem" por que a inclusão na lista não prova nada, só que o tal político levou uma grana da Odebrérrrt (como diz o William Waack). Pode ter sido propina, pode ter sido doação legal. Mas moral, claro que não é: não é possível que uma empresa apoie os ideais de tantos partidos diferentes, do DEM ao PSOL. A lista, na verdade, é mais um atestado de que a política brasileira precisa urgente de uma reforma.

14 comentários:

  1. (1) A lista não pertencia aos arquivos do "departamento de operações estruturadas", aquele responsável pela corrupção na Odebrecht. Foi recolhida na casa de um dos executivos.

    (2) A lista vazou logo após a tal ameaça do novo ministro da justiça com relação a "vazamentos". Os holofotes estavam todos preparados.

    (3) O nome de Dilma NÃO está na lista! (Cuma?)

    (4) A esquerda capitalizou em cima do fato com abjeta satisfação e impressionantes coesão e método. Convenientemente esquecem que o PT estava do comando de toda a operação.

    (5) Membros do PT usaram a lista para sugerir a deputados que todos estariam ameaçados. Igualaram e relativizaram tudo, como de costume.

    (6) !!!! Há um fato relembrado hoje pelo Oantagonista: uma mensagem de alguns meses atrás no celular de Marcelo Odebrecht que dizia: "Armadilha Bisol/contra-infos”. Tratou-se de uma artimanha já usada pela empreiteira, quando implicou-se honestos e desonestos para inviabilizar a punição.

    Por enquanto tratam-se apenas de especulações, mas não podemos esquecer: mafiosos perigosíssimos estão no alvo da justiça e estão desesperados. Jogarão cada vez mais sujo.

    ResponderExcluir
  2. Fase 01 – Não existem provas.

    Fase 02 – Quando as provas surgem, são ilegais e não servem.

    Fase 03 – Quando se demonstra que as provas são legais, alegam que quem as coletou não é isento.

    Fase 04 – Quando julgado o processo, o juiz ou juízes não são isentos. Costumam citar leis e dizer que a Constituição foi “ferida”.

    Fase 05 – Quando condenados, citam outros casos em que pessoas supostamente igualmente culpadas, não foram condenadas. Falam em seletividade.

    Fase 06 – Quando não há mais argumentos, alegam “golpe”.

    Está pensando que é o Brasil, em 2016?
    Se enganou!
    Itália, década de 1990 (Operação Mãos Limpas).

    ResponderExcluir
  3. Parece a lista das rissoles pedindo vip na entrada da buati.

    ResponderExcluir
  4. CARA DE Q ESSA TAL LISTA FOI PLANTADA. TAO CONVENIENTE P DESMORALIZAR O MORO E BOTAR A CLASSE POLTIICA CONTRA AS INVESTIGAÇÕES. ALEM DISSO O MINISTRO DOIDAO DO SANTO DAIME AMEAÇOU COM QQ VAZAMENTO. DAÍ OCORREU 'O VAZAMENTO'.

    ResponderExcluir
  5. Este País está podre politicamente se não ocorrerem reformas políticas profundas e Leis mais claras e profundas nunca sairemos desta pocilga que virou o Brasil.

    ResponderExcluir
  6. Tony, o PSOL não está lá. O senador Randolfe Rodrigues já havia se mudado para a REDE da Marina.
    Dilmãe também não está lá. Curioso a justificativa do herói nacional, ops, juiz Sérgio Moro, dizendo que como há parlamentares com foro privilegiado, a lista tem de ser mantida em sigilo, algo que ele aparentemente se "esqueceu" nas conversas entre Lula e Dilmusa...
    O duro é tirar a Dilma pra colocar o Temer. Prefiro que caia a chapa toda e que tenhamos eleições em breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele colocou em sigilo por causa do pito que levou do Teori. Tudo indica que desta vez foi vazamento mesmo. O MPF negou a oferta de delação premiada de Marcelo Odebrecht porque percebeu a tempo a pilantragem. Marcelo queria apenas reforçar o que constava na lista. Era uma armadilha, mas a equipe da lava a jato percebeu antes.

      Não que seja pouca gente envolvida além dos petistas, mas do jeito que a lista vazou, bem no momento em que o governo corre contra o impeachment, desconectada do restante da investigação, foi malandragem da grossa.

      Excluir
  7. Eu já vejo o contrário. O listão não apareceu para deslegitimar o impeachment, mas para estimulá-lo. A mensagem da Vaza a Jato aos nobres políticos é a seguinte: matem a piranha para não serem bois de piranha morista. Uma justiça politizada é tudo que a mediocridade brasileira merece, porque a direita atrai multidões às micaretas-protestos, mas não tem voto, e a esquerda se vende como panacéia, mas é siamesa da direita corrupta.
    Quanto aos vários partidos envolvidos, o financiamento eleitoral permite que uma empresa irrigue ideologias tão distintas: independente de quem vencer, fecharemos negócio. É um ganha-ganha para os financiadores de campanha. Basta ver que as envolvidas na Lava Jato doaram para Aébrio, Gilma e Malina, além de outros nobres como Cunha, Renan e Temer.
    Nem é de reforma que precisamos: é de um reset mesmo.

    ResponderExcluir
  8. O mio babbino caro
    1.Alguém em sã consciência tinha dúvidas de que tantos de tantos partidos estão atolado nisso desde sempre.
    2.alguém em sã consciência tem dúvidas que a classe política como um todo está desmoralizada.
    3. Sergio Moro correu para colocar a lista em sigilo, mas divulgou irresponsavelmente grampo presidencial.
    4.Mas moral, todo mundo aqui, já sabia de tudo isso.

    ResponderExcluir
  9. O que corre é que falsa a lista, assim como não há delação alguma da empresa, seria um truque pra melar tudo e invalidar a investigação.

    ResponderExcluir
  10. http://www.oantagonista.com/posts/lembram-da-armadilha-bisol

    ResponderExcluir
  11. Agora já existe evidência sólida de que o esquema com a Odebrecht existe desde 1988 no governo do Sarney. E o problema é "apenas" o PT, como dizem muitos por ai. Pelo jeito que a LavaJato e os protestos estão focando muito mais no PT, vemos que nada vai melhorar depois dessa agitação, talvez apenas teremos noticiários mais tranquilos e mais amigáveis ao governo, seja Temer seja Cunha seja Aécio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Petistas achando que quem não Pt é PSDB...

      Excluir