terça-feira, 1 de março de 2016

A GLÓRIA DA ISLÂNDIA


Sou a anti-Glória Pires. Vejo quase todos os filmes que estão em cartaz, até mesmo os que vêm da Islândia. Ou principalmente os da Islândia: às vezes, basta uma origem exótica para que eu me interesse. Se vier com uns prêmios no currículo, melhor. É o caso de "A Ovelha Negra", que venceu a mostra "Un Certain Regard" (paralela ao festival de Cannes) do ano passado e representou seu país no Oscar. Trata-se de um longa austero, quase solene, que conta uma história de conotações bíblicas. Dois irmãos idosos criam carneiros em fazendas vizinhas, mas não se falam desde a juventude. Uma doença os obriga a sacrificar seus rebanhos, e acaba reaproximando-os. Contando assim parece a coisa mais chata do mundo, e é um pouco mesmo. Mas também é um filme bonito, muito bem atuado e sem momentos mortos, apesar da lentidão. Mesmo assim, fica o alerta: quem for tipo Glória Pires não vai achar bacana, tampouco acessível.

14 comentários:

  1. Revi esses dias V for Vendetta me deu arrepios com a semelhança ao mundo atual, chega uma hora que 'os donos do mundo' com medo de perderem sua hegemonia, dominância inventam uma crise, espalham uma doença que na verdade é uma arma biológica (zika) tudo pra aterrorizar e amedrontar a população, li hj uma matéria no The Guardian. Como fica óbvio que são os imperialistas nos atacando novamente com sua imprensa corrupta de uma voz só, o medo que eles têm que o Brasil cresça e se torne a potência que sempre foi destinado a ser.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei interessante seu comentário, exceto a parte que sugere que a zika é uma criação de quem domina o mundo. Não precisamos de mais uma teoria da conspiração.

      Excluir
    2. Vc já ouviu falar do Markus Klingbergh? Pesquise, as armas químicas são de tecnologia mais avançada que as nucleares, são armas pós nucleares. Sim, eu acho que é uma armar química, com certeza. Consolo pro Brasil, a imprensa do mundo inteiro mente.

      Excluir
    3. Se Deus existisse a internet não existia. Dai não teriamos desmiolados espalhando desinformação e teorias estúpidas que ligam dois pontos aleatórios para mostrar que fato tal é uma tentativa maligna dum bilionário desconhecido de causar mal a um povo tal...

      Veja o caso da vacina. Uns tantos pais deixaram de vacinar os filhos contra a rubéola porque falsamente acreditavam que ela causava autismo. Resultado: surtos de rubéola em vários estados americanos. E isso que a rubéola já havia sido erradicada nos EUA em 2000.

      Pois vc vê o malefício que essas teorias de menino com chapéu de alumínio fazem?

      Excluir
    4. Tudo coisa da maçonaria.

      Excluir
  2. Outro filme interessante 'Starship Troopers' o livro foi escrito nos anos 60, a capital mundial era gasp Buenos Aires, pq naquela época todos pensavam que graças aos nossos recursos naturais, população Brasil e Argentina seriam as grandes potências mundiais. Vivemos num mundo de tirania, enquanto isso o Brasil caminha em direção ao facismo, junto com aí (a França) os 2 países acabaram com a presunção de inocência

    ResponderExcluir
  3. Pra quem sempre detona filmes mais conceituais e de origem exótica, principalmente iranianos,, fico feliz de ler sua "critica" . A Gloria Pires serve para alguma coisa pelo jeito....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Glória Pires serve para tudo.

      Excluir
    2. Quem consegue ver um filme iraniano inteiro sem cochilar merece um prêmio pela paciência de monge theravada.

      Excluir
    3. Tony, vc assistiu ao musical "OU TUDO OU NADA"?

      Excluir
  4. Em tempos de tirania aluguei Calígula, pq em Roma eles transavam muito e existia a presunção de inocência

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em tempos de tirania pra valer, "Calígula" estava proibido no Brasil.

      Excluir