quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

HELL HATH NO FURY

Já nos anos 90, circulavam boatos sobre o caso extraconjugal que FHC manteria com uma jornalista da Globo. Cheguei a ouvir uma versão que citava o nome de uma bem famosa - e vai ver que ele namorou essa também, vai saber. Mas aquela com quem o ex-presidente teve um filho teria sido transferida para Lisboa pela emissora e mantida fora do ar até o final do ano passado, quando terminou seu contrato. Um sinal dos tempos é o simples fato da Globo não se sentir obrigada a renová-lo. FHC não é candidato a nada, nem tem poder sobre cargos e indicações. É um decano da política, cujo maior interesse no momento é o legado que vai deixar. Aí que moraria a fúria vingativa de Mirian Dutra Schmidt: desprezada como amante e mantida na geladeira por mais de duas décadas, ela quer sujar o quanto possa a imagem de Fernando Henrique. Só que, até agora, o único ponto comprometedor de seu relato à "Folha" é o uso da Brasif como intermediária de sua mesada de 3 mil dólares. Não consta que esse dinheiro tenha sido desviado das contas públicas, nem é crime manter contas declaradas no exterior. Quanto aos pedidos para que abortasse, francamente - não sou eu que vou condenar. O curioso é que Myrian usa o apartamento de Barcelona que FHC deu a seu filho Tomás como um agravante, como se o ex-presidente não tivesse agido com hombridade e humanidade (dois testes de DNA dizem que o filho não é dele). Reinaldo Azevedo suspeita que haja o dedinho do PT nessa "denúncia", mas eu duvido. A entrevista  à revista "Brazil com Z", da qual ninguém jamais tinha ouvido falar, foi dada antes de Lula ser acossado por suspeitas de enriquecimento ilícito. Acho mesmo é que se trata de mais um caso que se encaixa na frase do escritor inglês William Congreve: "O inferno não conhece fúria como a de uma mulher rejeitada".

30 comentários:

  1. Jurava que era a Ana Paula Padrão!

    ResponderExcluir
  2. Tony, na boa, se fosse com o Lula vc teria outra visão. Vamos parar com essa porlarização e ver as coisas elas são - um bando de filhos de p*ta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não mesmo. Tanto que fiquei totalmente do lado do Lula quando do episódio Collor/Miriam Cordeiro, na campanha eleitoral de 1989 (eu já era grande). Vida pessoal é "off limits", cada um que faça o que quiser. A coisa fede quando entra dinheiro público. Vamos ver como esse caso FHC se desenrola.

      Excluir
    2. É incrível como protegem esse cara. Ele trabalha pra CIA, recebeu mais de 1 milhão de dólares -uma fortuna na época- em 1969. Ele destruiu o Brasil. Olha...

      Excluir
    3. Sinceridade, eu amei essa história. Adoro bafão! A vdd é que nenhum lado presta, mas continuo com ideais socialistas e o PT foi o partido que tirou 60 milhões da miséria

      Excluir
    4. O Tony Goes trabalha para a CIA? Recebeu mais de 1 milhão de dólares? Que babado incrível! E ele ainda perde tempo escrevendo blog prum bando de panacas dizer um monte de besteiras.

      Excluir
    5. Apenas uma cortina de fumaça da quadrilha petista, já devidamente desmascarada.

      Bafão mesmo é Lula não comparecer ao depoimento e levar uma descompostura, vejam só, do Oscar Maroni. O pior é que o proxeneta tem mesmo muito mais moral que o molusco. Se bem que, dada as circunstâncias, quem é que não tem, não é mesmo?

      Excluir
  3. hahahahah CITANDO REINALDO AZEVEDO, TONYA??!??!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Citando para dizer que eu discordo... Mas eu leio de um tudo. Me forço a ler, para não ficar só nos colunistas que se alinham comigo. Faça isso também, é bom pra saúde!

      Excluir
    2. Arghh... NO thanks! I am elite!

      Excluir
    3. É o Reinaldo Azevedo é um must!

      Excluir
    4. Ate queria le-lo mas mamae nao deixa

      Excluir
    5. Uma coisa é ler, outra é citar como "provável coisa de algo". Citar Veja ao falar mal de Lula é a mesma coisa de citar Carta Capital pra atacar o PSDB. Devemos ler de um tudo, mas aprender a peneirar as fontes. Veja e Carta Capital são extremos e não contam para esse tipo de discussão.

      Excluir
  4. Tony sentiu a pressão dos comentários petistas e resolveu se juntar à campanha suja e difamatória contra FHC, único presidente que prestou nos últimos 26 anos.

    Falar en passant sobre o caso tudo bem. Mas como vc pesou a mão nesse post, fazendo julgamentos duríssimos ao presidente com base num "depoimento" de uma moça, acho que tocar nesse assunto foi desnecessário.

    Podia ter falado do tríplex do Lula, que aliás vc quase nunca fala.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É assim que eu gsoto: incomodo petistas e tucanos.

      Valeu, obrigado!

      Excluir
  5. Ela falou outras coisas que eu considero graves também – como uma nota falsa na Veja dizendo que o filho era de um biólogo e quando ela desmente o reconhecimento, dizendo que o rapaz continua sem pai em sua certidão. Se FHC realmente passou a considerá-lo filho, mesmo sem ser pai biológico, pode muito bem registrá-lo; aliás, o conceito de paternidade socioafetiva é esse mesmo. Mas aí tem efeitos na herança, né, é isso ninguém quer. Afinal, concordo contigo: trata-se provavelmente de fúria de uma mulher abandonada. Mas até compreendo. Amou um cara errado, na hora errada, e pagou um certo preço por isso. Viveu de mesada, é certo, mas será que o sacrifício profissional compensou? Isso só ela pode dizer. E o que fica, para mim, é isso: não existem heróis e pessoas perfeitas, por mais que alguns assim queiram enxergar (seja Moro, Lula ou o Papa). Somos todos humanos e cheios de falhas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Consta que FHC reconheceu o filho como seu em 2009, dois anos antes dos tais exames de DNA. E que continua reconhecendo, mesmo depois dos resultados.

      Você tem razão ao lembrar que a vida de Mirian deve ter sido uma merda. O caso dela com FHC foi na virada dos 80 para os 90, antes dele virar presidente, e desde então ela teve que viver na moita. E fora do ar, ou seja, sacrificou sua carreira de jornalista. Agora está sozinha e, provavelmente, sem tostão.

      Excluir
    2. Ganhando 3 mil por mês por tantas décadas, só está sem um tostão se não soube economizar e investir

      Excluir
    3. Pra mim o teste de DNA é falso, eu tbm tive que sair do país por causa do PSDB. CIA né mew, os cara n brincam em serviço. O PSDB acabou vão virar pó, 100.000 reais investidos em educação e esses fdps n elegem nem vereador. Por isso melam qq avanço no Brasil

      Excluir
  6. Os petistas estão comemorando a fala da Mirian Dutra. Logo os petistas que também já viram seu Deus-mor, Lula, passar por situação um pouco parecida, por causa de outra Mirian, a Cordeiro. Ai, ai.

    ResponderExcluir
  7. Esta criatura está é sendo paga por alguém p fazer isto, a quem interessa está estória? Depois de tanto tempo?Jornalista cara de pau, mulher interesseira. Faço votos que ela se queime com isto.Isto cheira a dedo do barbudo miserável e cia!

    ResponderExcluir
  8. É o Tomás - o filho em questão - é um gato, gente. É lindo.
    A foto dele está no Diário do Poder, do Claudio Humberto

    ResponderExcluir
  9. Mas já apareceu a irmã dela, aspone fantasma do gabinete do Serra.
    Senhora? Senhora?

    ResponderExcluir
  10. Muitas coisas ainda vão ser descobertas, hoje (o dono da Brasif pagando pensão para ela) foi só o começo... aguardem.

    ResponderExcluir
  11. Impressionante como quando a "denuncia" é contra o Lula ou alguém do PT o Tony fala com um tom todo definitivo, como se fosse o único partido corrupto desse país. Mas quando é um cara do PSDB que é pego com a mão na butija, ou é julgado culpado de esquema de corrupção.. crick crick crick

    Tony só fala mal do PSDB quando é uma fofoquinha irrelevante de uma ex-namorada do FHC. E aposto que fez isso só pra pagar de isentão.

    Me poupe Tony. Ta na cara que vc é tucano de carteirinha.

    ResponderExcluir
  12. Ela só resolveu falar abertamente sobre o caso depois que a fonte secou, igual a ex do Collor. Se existe alguma irregularidade tem mais é que ser investigado, mas por enquanto está mais pra gossip.

    ResponderExcluir
  13. Consta que ela saiu abrindo a boca pq FHC casou de novo há algumas semanas. Mulher rejeitada é o demônio. De resto, ela se envolve com homem casado, aborta 2 vezes, tem um filho com outro cara, diz que é do FH e passa a viver do dinheiro dessa mentira. Super digna essa senhora.

    ResponderExcluir
  14. Não era boato algum. Só procurar as diversas reportagens na caros amigos da época!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Era boato bem antes da matéria da "Caros Amigos", que saiu em 2000 (se não me engano). Eu ouvi em 94, quando FHC foi eleito pela primeira vez.

      Excluir