quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

CANTARE, OH OH OH OH

O Festival de San Remo existe desde 1951 e serviu de "template" para todos os concursos de músicas que vieram depois, do Eurovision aos festivais da Record. Mas já teve mais importância: em suas primeiras décadas, emplacou vários sucessos globais, como "Nel Blu Dipinto di Blu" (mais conhecida como "Volare") ou "Dio Come Ti Amo". Hoje raramente ultrapassa as fronteiras da Itália, mas continua sendo o maior evento anual do showbiz de lá. No fim da tarde dessa terça eu assisti à primeira eliminatória da edição 2016, e desde então tenho visto um pouquinho todo dia (vai até sábado). Mas San Remo é bem mais do que uma competição: é um imenso show de variedades, onde também cabem esquetes de humor, convidados internacionais como Elton John e até uma entrevista com Nicole Kidman, que foi dar pinta para promover um novo filme. Sem falar nas palhinhas de gente como Donatella Versace, que poderia ter feito carreira como comediante (vai ver que fez), ou na caretice que impera no teatro Ariston desde priscas eras. Confira no vídeo aí embaixo como pouca coisa mudou nesses anos todos, das baladas bombásticas à relativa pobreza visual (os modernos realities musicais têm números muitíssimo mais produzidos). Mas San Remo é divertente, até pelo fato de ser italiano. E quem sabe não surge uma nova Gigliola Cinquetti?

ATUALIZAÇÃO: Caí feito um patinho. Não foi Donatella Versace quem eu vi fazendo graça no palco do Ariston, e sim a comediante Virginia Raffaele IMITANDO Donatella Versace. Ma si non è vero, è bene trovato.

4 comentários:

  1. Tony Goes, se você não existisse não poderia ser inventado: um devoto de San Remo.
    Mas é impressionante como as músicas e cantores italianos desapareceram do cenário Patropi. Nunca ouvi falar em ninguém do vídeo, a partir do Massimo Ranieri e I Pooh. A minha música do San Remo preferida é 'Il cuore é uno zingaro', pelo Nicola di Bari ou Iva Zanichi.

    ResponderExcluir
  2. Vejo sempre e esse ano tinha Patty Pravo,histórica. E uma pequena diva (gay) que já venceu em San Remo, Valerio Scanu.Mas os vencedores desse ano,o grupo Stadio,não gostei nem um pouco...

    ResponderExcluir
  3. Não é San Remo, é Sanremo, tudo agarrado. A cidade não tem nome de santo.

    ResponderExcluir