segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

AGORA FODEU?

José Eduardo Cardozo sempre me pareceu um sujeito decente, desde os tempos do mensalão. Seu nome nunca foi enlameado por nenhum escândalo, ao contrário do de muitos de seus correligionários. E sua atuação frente ao Ministério da Justiça vinha sendo marcada pela isenção, o que evidentemente irritou seu partido. Consta que Dilma teria oferecido a cabeça de seu assessor como oferenda de paz a Lula, com quem está ficando de mal. Também consta que o próprio Cardozo não aguentava mais tanto fogo amigo e pediu água. O fato é que agora ele vai para a AGU e cederá o posto a Wellington César, que é ligado a Jaques Wagner. Aí que mora o perigo: nada será feito neste momento que é para não dar na vista, mas é o-bó-vio-dãã que o diretor-geral da Polícia Federal também será trocado. O que está por trás de tudo isso é apenas uma tentativa de melar a Lava-Jato de uma vez por todas e garantir a impunidade, se não a reputação, da cúpula petista. Por outro lado, essa mudança de ministro pode precipitar a tal delação-bomba que a PF andou sinalizando ter na manga. De repente, explode tudo de uma vez?

14 comentários:

  1. Acabei de googar, engavetador geral da república

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me diga qual PGJ não engavetou tudo contra seus respectivos governadores?

      Excluir
  2. O Cardozo não estava sendo um bom ministro, pois deixava a PF "muito solta". Afinal de cotas, neste governo que aí está, não há ministros da República, mas ministros do PT.

    E se não estiver bom para o partido, roda!

    ResponderExcluir
  3. Essa lava-jato já encheu o saco. Nunca vi tanta enrolação assim. Esse banho-maria tá ficando irritante e nunca chega a lugar nenhum.
    Tomara que exploda de vez, seja para o bem, seja para o mal...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 19:23,

      Se explodir, o PT sai no lucro. Moro, como ele mesmo disse, joga xadrez. O tempo é outro.

      Como já disse um amigo meu:

      Em um jogo de xadrez, o adversário vencido, porém digno, honrado e cavalheiro derruba o próprio rei antes do final da partida por dois motivos:

      Primeiro: porque é o que lhe resta de dignidade, mostra que não é um imbecil, pois sabe o que o jogo está perdido.

      Segundo: para poupar tempo e desgaste desnecessários para ambos; um gesto de cavalheirismo para com o oponente e consigo mesmo.

      Essas são regras tácitas da ética do xadrez. Não estão escritas em lugar algum, mas todos a obedecem. Simula-se um microcosmo da guerra, e seriam como que poupar soldados – pais de família lutando por uma guerra perdida, o bom general sabe a hora de capitular.

      O problema é que Lula não tem o menor senso de dignidade. Eis a razão da demora. O molusco joga como aqueles beginners chatos, ou aqueles generais malucos estilo Hitler. O vencedor, por sua vez, a título de dar uma lição moral no tabuleiro e na vida precisará humilhá-lo.

      Irá derrubar todas as peças, evitando o xeque-mate.
      No fim, o Rei solitário será morto pelos peões, acuado em algum canto.

      O desfecho pode até demorar, mas será lindo.

      :D

      Excluir
    2. Adorei essa analogia com o xadrez. Um jogo pelo qual sempre tive curiosidade, mas não sei para onde vai. rsrsrs

      Excluir
  4. Este País é uma lambança, estamos é na MERDA mesmo o País é a maior fossa política do Universo, tudo isto é para melar mesmo a lavajato votos de que tudo se explora mesmo e este partido afunde de vez e leve todos estes petistas pro inferno de vez!

    ResponderExcluir
  5. O mio babbino caro
    O Aécio só perdeu por 3%, se não fosse essa porra...

    ResponderExcluir
  6. Este tiozão até que dá um caldão heim;)

    ResponderExcluir
  7. Nada vai se fuder e ninguem sera fodido. Deixem de ser bobos e apelativos

    ResponderExcluir
  8. Ele me deu aula na facul. Quer dizer, os monitorem dele davam, ele MSM só foi umas 4x, mas tinha uma retórica fantástica. A matéria era bem filosófica e inicial e ele fazia um bando de moleque de 17/18 anos ter debates acalorados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Professor que se acha fodão o suficiente para mandar os monitores darem aula por ele e aparece para lecionar 4x no semestre. É o resumo dos poderosos acima da lei do brasil.

      Excluir
  9. Como diz um amigo meu, fazem quanti da Lula cheiram cocaina e saem fazendo loucura por aí....um país com PSDB e Sérgio Moro n pode ser levado a sério.

    ResponderExcluir
  10. Pois é, só que se a polícia federal tem uma certa subordinação ao Ministério da Justiça, o Ministério Público não tem. E, no caso da Lava-Jato, parece que os procuradores estão bem entranhados na investigação. Por isso, não consigo entender como uma "manobra" dessas tenha chances reais de sucesso. Curiosamente, o novo ministro indicado é do Ministério Público, mas da Bahia. Vamos ver no que dá.

    ResponderExcluir