sábado, 2 de janeiro de 2016

NAT "QUEEN" COLE

Aretha Franklin tinha uma pinimba com Natalie Cole. Achava que a filha de Nat copiava seu jeito de cantar. Chegou até a brincar uma vez, dizendo que Natalie a imitava tanto que seria perfeita para interpretá-la num filme sobre sua vida. Isto não vai mais acontecer, claro: Natalie morreu anteontem, no último dia de 2015, enquanto que Aretha parece mais sólida que o Pão de Açúcar. Não cheguei a me surpreender, pois sabia dos problemas de saúde (alguns decorrentes do uso de drogas) que a moça enfrentava. Até poruqe ela havia sumido dos radares: seu último grande sucesso, um disco em espanhol que ganhou o Grammy Latino de melhor do ano, foi em 2013, e teve zero repercussão por aqui. Natalie meio que construiu sua carreira na sombra do pai, tanto que seu maior triunfo foi aquele dueto inesquecível (principalmente para quem viveu 1991, quando essa música tocava de cinco em cinco segundos). Mas era uma excelente vocalista e uma "entertainer" competente. Eu a vi na primeira vez que ela veio ao Brasil, no comecinho dos anos 80. Mas a imagem que vai ficar na minha memória é "This Will Be", seu single de estreia, uma das canções mais felizes de todos os tempos.

3 comentários:

  1. O mio babbino caro
    Muito triste. "This Will" Be fez um bem danado para as meninas nas festas, especialmente aquelas do Club Homs, promovidas pela Chic Show.

    ResponderExcluir
  2. Uma triste perda e um fim triste, ela ficará na minha memória como de muitos no famoso dueto, ela e seu pai, e quanto a música This Will Be uma alegria contagiante.

    ResponderExcluir
  3. a besha morre e a galere so lembra dela assim
    que limbo
    eita

    ResponderExcluir