terça-feira, 10 de novembro de 2015

VERÃO DA LATA

Num país decente, este caso já teria se resolvido e estaríamos falando de outra coisa. Mas estamos no Brasil, e Eduardo Cunha permanece na presidência da Câmara MAIS DE UM MÊS depois da revelação de suas contas na Suíça. De lá para cá, o nobre deputado tomou chuva de dólares falsos, foi alvo de passeatas e chamou a todos nós de idiotas, com as desculpas mais esfarrapadas de todos os tempos. Mas idiotas somos mesmo, porque ainda não pegamos em armas. O fato é que Cunha só não caiu ainda por causa do apoio do governo que ele tanto diz ser ruim. Dilma sabe que, se ele se sentir realmente acuado, não só vai deslanchar o impeachment como também abrir a boca. Um é refém do outro, e nós somos reféns de ambos. O processo de cassação do mandato de Cunha, se realmente for aberto pelo relator Fausto Pinato, pode se arrastar até meados do ano que vem. Enquanto isto, não se vota nenhuma pauta que realmente ajude a economia a sair do atoleiro. Vai ser um verão longo e cruel.

5 comentários:

  1. Um texto fácil e rápido de ler que resume o sentimento sobre esses tempos:

    http://www.sabiaspalavras.com/a-geracao-que-tudo-idealiza-e-nada-realiza/

    ResponderExcluir
  2. O que evita a sua queda é a maldita possibilidade de impeachment. O governo não quer cutucar a onça com vara curta; a oposição não quer perder a sua única chance. Se no Brasil tivesse oposição séria, pelo menos... Mas é tudo de uma escrotice digna de Kafka: o governo, a oposição, a coalizão (colisão) infernal, o centro, a esquerda e a direita... e o povo também, passivo e masoquista até a alma. Pegar em armas? Dá preguiça. Sempre seremos boçais cordiais. Infelizmente.

    ResponderExcluir
  3. Fausto ficou dodói e não vai ser mais o relator. Quem chamaram? Paulinho da Sindical, amigo do Cunha! E agora?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não foi o Fausto quem renunciou. Foi Wladimir Costa, do Solidariedade da Bahia. Uma vergonha, para que o Paulinho da Força entrasse em seu lugar. Mas a relatoria continua na mão do Fausto Pinato - e eu tenho esperanças.

      Excluir
    2. Ah tááá... Menos pior. Mas ainda tá tenso, né? AHAHAHAH

      Excluir