segunda-feira, 16 de novembro de 2015

JE SUIS BATACLAN

Pensei em fazer um meme, talvez sem graça e inoportuno. Sobre uma foto de Heloisa Mafalda caracterizada como Maria Machadão, a cafetina da primeira versão da novela "Gabriela", eu escreveria a frase que dá nome a este post. Aí me toquei: isto não é piada. É uma tomada de posição política. Porque, como bem lembrou a Madonna, os terroristas islâmicos só atacaram gente que estava se divertindo em Paris. Gente que estava num show, em restaurantes, num estádio de futebol. E porque, como escreveu a feminista Susie Bright, esses caras do ISIS são uns tarados mal-comidos e rejeitados. É só ler o manifesto que os jihadistas divulgaram: as vítimas dos atentados seriam "apóstatas" que estariam "festejando com prostitutas" na capital da "obscenidade e perversidade". Boa parte dos losers que se juntam ao Estado Islâmico são rapazes criados em ambientes repressivos, que nunca transaram na vida: sim, eles aderem à guerra santa para meter, nem que seja numa escrava yazidi. Essa turma merece mais que o nosso desprezo e o nosso bullying. Eles merecem que a gente continue levando a vida como sempre levou, sem medo nem pudor. Como, aliás, fizeram ontem os próprios parisienses, que lotaram cafés e bares por toda a cidade. É por isto que eu bato no peito e no pau: viva a putaria, viva os bons drink, viva a paquera, viva a cantoria, viva o pornô, viva a alegria de viver.

49 comentários:

  1. # pray for paris hilton!

    ResponderExcluir
  2. a Tony so publica comentários que favorecem a discussão pro lado dela, quando alguém diz por exemplo que a moral é subjetiva ele ignora, besha a senhora é de direita mesmo hein vinhadon.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tah enganado, Anón21h40. Quem eh assim eh a Muque de Peao e o DCM. Tony sempre publicou gente lhe decendo o cacete, e nao no bom sentido. Mas na moral, discorra aeh sobre a moral, fiquei curioso sobre q bobagens a sra vai cometer.

      Excluir
    2. A Muque coitada so sabe ver e comentar novela, mas quem é DCM???

      Excluir
    3. Diário do Centro do Mundo. Um site de esquerda que apoia o governo.

      Excluir
  3. Tudo lindo, mas quem vai lá meter bala nos mal comidos e rejeitados? Porque até agora ninguém teve coragem.
    Lindo foi ver hoje a esquerda francesa apoiando e comemorando a revanche, as bombas caindo lá no califado.
    Logo a esquerda que adora chamar a direita de armamentista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E a Anón21h40 usando direito como desqualificacao. Preguica...

      Excluir
  4. Cadê a The Fool pra dizer que não é bem assim, que quem faz putaria tem menos direitos que o restante da sacrossanta católica humanidade e merece sim, ser estuprada ou bombardeada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse aí gamou no The Fool.
      Vai ficar chorando a perda do crush até quando, o meu?

      Excluir
  5. É isso aí, "Vive la putterie" rss...Ainda aguardando uma manifestação em massa dos tais muçulmanos moderados contra os ataques em Paris...Talvez seja melhor esperar sentado...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em massa não vai ter. Mas ontem já rolou uma manifestação contra os atentados na maior mesquita de Paris, com todos os imãs presentes.

      Excluir
    2. O EI é essencialmente islâmico, porquê fariam manifestações repudiando?
      Esse silêncio da população muçulmana evidencia implicitamente o quanto são coniventes. Sempre me pergunto como a WW2 chegou aquele ponto, devia ter gente relativizando nazismo.

      Espero que a população lgbtt que culpe o ocidente pelos ataques e que acredita em diálogo com terrorista saiba voar...
      https://www.youtube.com/watch?v=STmanv1ICkk

      Excluir
    3. Muitos dos que escrevem aqui, 11:44, são subprodutos dessa educação de quinta que se oferece no Brasil. Tiveram aqueles professores de humanas partidários da história do bicho-papão-capitalismo contra as minorias eternamente oprimidas. Nunca leram Rothbard, Kirk, Muggeridge, Sowell, Babbit, Horowitz, Scruton, Von Mises, Hayek, Peyrefitte, Jouvenel, Voegelin, Ortega, Guénon, Nasr, Schuon, Lindblom, Rosenzweig, Rosenstock-Huessy, Mosca, Gentile, Kristol, ou Burke. A maioria nem sabe quem são. Falta disposição, empenho e disciplina para que saiam da matrix.

      Estão quase todos perdidos, pois são incapazes de pensar com liberdade. O trauma de ser educado pela Rede Globo e pela bibliografia do MEC deixou marcas profundas. Conseguem, para o espanto de mentes ainda saudáveis, sair às ruas pelos "direitos" das mulheres, dos lgbtt, dos maconheiros, ou dos animais, ao mesmo tempo que defendem o islamismo e relativizam o terrorismo.

      Honestamente, espero que não saibam voar. Essa gente não tem mais jeito. Só vai pela dor.

      Excluir
    4. Anônimo 16:13, seu comentário não tem a mínima coerência. O uso de argumentos clichês feat apelo à autoridade mostra que só sabe citar autores de quem ouviu falar, mas não consegue desenvolver um raciocínio sobre. Lamentável.

      Excluir
    5. 11:00,

      Argumento: autores reconhecidos internacionalmente, mas desconhecidos e/ou "proibidos" no Brasil. Tudo sob a batuta do MEC.

      Consequência: pessoas de certo espectro político (o seu) profundamente desinformadas, lutando por pautas libertárias, mas defendendo o Islamismo. Puro resultado da desinformação reinante.

      Ou você não tem capacidade de ler, ou simplesmente não consegue controlar sua sanha de críticas ad hominem.

      (Li ao menos um livro de TODOS os autores citados. Recomendo o mesmo esforço para que amplie um tantinho seus horizontes)

      Excluir
  6. Excelente ! a capa da Charlie Hebdo é bem neste sentido! eles tem balas, nós temos champagne!

    ResponderExcluir
  7. Melhor vingança contra esses cretinos é viver bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A melhor seria assumir o evidente choque de civilizações e entender de uma vez que o enfrentamento é inevitável.

      Excluir
    2. Concordo com o último comentário. Cada um na sua. Guerras acontecem quando um povo tenta impor os seus costumes ou sua ideologia ao outro.

      Excluir
  8. A Arábia Saudita comemorando o sucesso da wabbita mundo afora, no Brasil inclusive.

    ResponderExcluir
  9. pessoas criadas em ambientes repressivos e que não transam merecem bullying?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixa de ser desonesto, seu babaquinha. Pessoas que matam outras a esmo mercem bullying, e bem mais. Claro que você entendeu o que eu disse, mas seu mau-caratismo quer se disfarcar de estupidez.

      Excluir
    2. No fim das contas pode ser mesmo q o bullying faça parte dessa engrenagem q torna reais as atrocidades cometidas pelo isis. O cara q se mete nisso precisa de um motivo mto forte pra se aventurar numa dessas. Temos q pensar em q meio e em q condicoes nasce um terrorista potencial pq nao sao so dissidentes do governo ao qual estao submetidos, sao pessoas de varios lugares do mundoq se voluntariam, ate um brasileiro eles ja tem como membro! Que tipo de fascinio esse regime exerce sobre tantas pessoas? Nao consigo entender

      Excluir
  10. Infelizmente a 'repressão a putaria' n é exclusividade do estado islâmico.

    ResponderExcluir
  11. viado de direita é uma merda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahaha adorei o comentário.

      Ou é viado que nasceu em berço esplêndido e não se tocou do que acontece no resto do mundo (sabe, aquele viado que se acha gato por conta das selfies em destinos exóticos?) ou é só frustração sexual mesmo.

      Excluir
    2. De frustração sexual vc entende, né joanette?

      Excluir
    3. Quanto preconceito, quanto ativismo baixo, quanto xingamento, quanta falta de argumento, quanta provocação em tão poucas frases. Eis a esquerda que vocês representam.

      Excluir
    4. Gosto de gente que engana os outros tentando emplacar que a esquerda ama gays e direitos humanos.
      E adoram chamar todo mundo de burro.
      Pois eu acho esses gays mentirosos burros e mau caráter. Sem exceção. Todos.

      Excluir
    5. Existem duas direitas no mundo atual: a real e aquela que a esquerda inventou. O primeiro Anon. e o João só conhecem esta última.

      Excluir
    6. Bibão, existem várias esquerdas no mundo. Uma delas se chama social democracia e é adotada por países civilizados, que chegaram a altos níveis de IDH. Mas a direita finge que essa esquerda não existe. Insiste que esquerda é socialismo. Não é. Beijos, bitch

      Excluir
    7. Paises civilizados = Escandinávia, riquissima e com baixissima densidade demográfica.
      Daí os lentos acham que dá pra copiar.
      Kkkkkkk

      Excluir
    8. Alemanha, países da Escandinávia, Austrália e Canadá parcialmente, Nova Zelândia, Holanda, Bélgica, Áustria e vários outros, bobo.

      Curiosamente, vários desses países são conhecidos por serem locais bons para se empreender!

      Excluir
  12. Quando a educação não é libertadora, o oprimido vira opressor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E qual seria a educação "libertadora"? O lixo legado por Paulo Freire, que transformou o Brasil numa nação de semianalfabetos? Haja HueHueBrBrBr-ísmo.

      Excluir
  13. É tão complexa essa questão. Centenas de ocidentais foram mortos em ataques terroristas, milhares de civis foram mortos por ataques ocidentais no Oriente Médio, durante o período colonial países europeus como a França promoveram chacinas genocidas em diversos países. Qual é a ação é qual é a reação? Quais vidas valem mais? Claro que ataque terrorista é injustificável sob qualquer ótica, mas violência é a solução ou a causa desses atentados? Não tenho uma resposta definitiva, mas as únicas vítimas são as pessoas de todos os lados, que morreram sem nunca ter decidido fazer parte de uma guerra.

    ResponderExcluir
  14. Imagina se eles descobrem o que acontece em Berlim num fds.

    ResponderExcluir
  15. Fico imaginando se essas pessoas que acham que o E.I. é justificável por conta do passado colonial e das operações militares na região também acham que o holocausto é justificável, na medida em que a Alemanha foi detonada no pós-Primeira Guerra Mundial (excessivamente punida, como sabemos). Causa não é justificativa. Se é que é causa mesmo...

    Estado Islâmico e outras formas de nazismo devem ser condenadas.

    ResponderExcluir
  16. Rezem para que esses terroristas não ataquem usinas nucleares. Só na França parece que tem 12 usinas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São 58 usinas nucleares na França.

      Excluir
  17. Tony, você me representa. Bjs, querido.

    ResponderExcluir
  18. Tony, sou meio ignorante mas acabo me informando bastante com as discussoes aqui no seu blog. Queria saber se esses bombardeios que o exercito frances esta fazendo agora sobre as zonas onde o Isis atua estao matando mesmo adultos e crianças inocentes sirios. Os terroristas estao infiltrados no meio dos civis de uma forma que nao da pra bombardear APENAS os terrosristas? Essas fotos do facebook mostrando criancas ensanguentadas na Siria sao fotos recentes? E se isso tdo for verdade e a França tiver consciencia que os misseis que ela manda pra contra atacar o Isis tb mata inocentes como os dos atentados em Paris pq ela continua fazendo? No fim das contas nao te parece um pouco hipocrisia esse #PrayForParis ? Nao sao todos inocentes os que morrem, em Paris ou em qualquer outrolugar do mundo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ISIS está exagerando bastante no número de vítimas, assim como o falecido Saddam Hussein fazia - ele divulgava fotos de crianças queimadas em incêndios como se tivessem sido atingidas por bombas americanas.

      Mas não existe guerra que só mate os "culpados". Toda guerra mata inocentes. Outro dia mesmo os EUA bombardearam por engano um hospital no Afeganistão, um horror absoluto.

      Mas a verdade é que o ISIS é militarmente fraco. Só conseguiu se expandir em áreas onde imperava o caos. Não será páreo para um exército de verdade, ainda mais porque seus militantes são todos amadores.

      Só que... que país tem coragem de mandar tropas para enfrentar o ISIS no chão? não digo coragem física, mas política. O desgaste interno, dentro do próprio país, será imenso.

      Excluir
  19. Esses atentados de agora sao o 11 de setembro frances. Os EUA com certeza teria essa coragem politica de enfrentamento que vc esta dizendo. Eles investiram pesado contra o afeganistao de osama e dps o iraque de saddam, cujos exercitos eram mais poderosos q a milicia armada do isis e enquanto boa parte da populacao americana se posicionava abertamente a favor da guerra. Os ultranacionalistas americanos elevam o seu patriotismo a niveis incomparaveis a qqer otro sentimento qdo se fala em guerra.

    ResponderExcluir
  20. TUNICA SOU SUA Fã....."'Claro que você entendeu o que eu disse, mas seu mau-caratismo quer se disfarcar de estupidez." ( ARRASSOU....APLAUSOS!!!!) vou levar essa frase para a VIDA!

    ResponderExcluir