sábado, 28 de novembro de 2015

CARAPUÇA FOLGADA

César Menotti é gordo, mas a carapuça lançada por Bruno Gagliasso e João Vicente de Castro coube nele com folga.  Como todo homofóbico, ele diz que não é preconceituoso, e ainda rebate um internauta que o criticou com um "seja mais tolerante". Pois eu não vou ser. Menotti merece ser execrado como Joelma ainda está sendo. Dificilmente ele perderá shows como a ex-sra. Ximbinha, pois não tem muitas guei em seu público - o sertanejo é o gênero musical brasileiro menos diverso que existe, dominado por homens brancos e héteros. Mas reações como a dele só comprovam como o gesto dos atores ainda é importante num país como o nosso, que anda a passos largos para trás. Estou com horror com H, e vou demonstrar.

99 comentários:

  1. Qual a relevância de dar atenção a isso?
    otários acometidos replicaram, quem tá de boa com a vida não tá nem ai pra esse obeso, alias obesidade mórbida não isenta nada a ninguém, companheiro poder ser tanto gordo como otário
    Alias como que desativa o corretor automatico do OS X?

    ResponderExcluir
  2. Gagliasso faz duas coisas quando não está no ar na TV:

    1. Dá selinho em homem
    2. Expõe o corpo daquela mulher dele que ela vai trocar por uma mais nova quando aquela passar do ponto

    A homofobia não acabar por causa de selinho gay, pelo contrário, só vai reforçar nos conservadores a ideia de que no meio artístico só tem gente promíscua, gays e putas. E, como resultado, o esvaziamento da audiência da Globo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cê jura que cê tá comprando essa teoria de que a audiência da Globo está caindo por causa da onda conservadora? Isso é propaganda evangélica. Vem da mesma turma que quer nos fazer acreditar que o Brasil inteiro será 100% evangélico em 2030.

      A audiência da Globo cai por causa, basicamente, do avanço da internet, Existem outras causas, mas achar que a maior dela é o conservadorismo de parte do público (que eu não nego que exista) é fazer o jogo do inimigo.

      Excluir
    2. Uma coisa que eu observo no mundo real, do povão, é a quantidade de telespectadores da Globo que se afastam das novelas, uns reclamando que agora só tem baixaria, outros dizendo que lá só tem coisa do diabo. Que vive lá em cima no mundo cult e refinado, cercado de gente culta, não vê isso e acha que o que tá todo mundo gostando do que passa na Globo.

      Excluir
    3. Eu não vivo lá em cima no mundo cult e refinado. Eu trabalho com televisão. Eu vou a grupos de pesquisa, eu recebo relatórios, eu estudo tendências. A Globo ainda tem mais que o dobro da audiência de sua rival mais próxima, mas perdeu 50% do público ao longo de 10 anos. A maior causa disso é a fragmentação das opções: TV paga, internet, o diabo. Muita gente reclama das modernices da Globo, mas é da boca pra fora. E preparem-se, pois vem aí toda uma geração que cresceu sem o hábito de ver TV...

      Excluir
    4. Bruno Gagliasso fas outras coisas longe das câmeras que ninguém desconfia.

      Excluir
    5. A pessoa escreve como o Capitão Caverna ("A homofobia não acabar por causa de selinho gay") e conjuga o verbo fazer com s ("fas"), e ainda vem aqui discutir tendências. Please, dona, nos poupe, em nome de Jesus.

      Excluir
    6. Saiu "não acabar" na pressa para digitar, tá? Só percebi quando já estava publicado e não tinha como editar. E o "fas" foi outra pessoa.

      Excluir
  3. Sempre interpretando fenômenos populares a partir dos gostos e hábitos da sua turma e da sua bolha. Tá cheio de biba sertaneja que corre atrás dos artistas, se veste na moda caubói, faz a dancinha do gênero e jura de pés juntos que pega geral nos rodeios da vida onde quanto maior a fivela do cinto, maior o dote. Seu preconceito grita e as tuas seguidouras aplaudem porque é tudo metidinha a besta se achando diva de buáti. Segura peão...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É claro que existe biba sertaneja. Estamos em todos os lugares! Mas será que essas bibas são assumidas? Para a família, para o trabalho, para a sociedade?

      E quando eu digo que o sertanejo não é diverso, é só olhar o número de cantoras do gênero. Existem umas poucas, mas o número de homens é algumas vezes maior.

      Aí, experimenta ouvir as letras. São ou românticas HT ou machistas, quando não ao mesmo tempo. O funk, o rock, o pop, o axé, todos os outros ritmos são muito mais variados internamente e comportam uma maor diversidade de vozes e talentos do que o sertanejo.

      Sempre vou interpretar qualquer coisa a partir do meu ponto de vista. Mas é perda de tempo conversar com babaquinhas como você, que não entendem o que leem. Fora do meu blog, xô, eia, sus. Vá amansar burro no pasto.

      Excluir
    2. Nana nenê que o HT vai te pegar panaca.

      Excluir
    3. To moreno de rir com os comentários e as suas respostas Tony! Co,o tem gente chata na internet, a melhor arma e o bom humor!

      Excluir
  4. Olha, Tony, não serão ações como a protagonizada por Bruno e João Vicente que farão com que direitos LGBT's de fato avancem no Brasil. Ações como essa são necessárias. Sem dúvidas. Até porque elas revelam quem são os intolerantes. Prova disso é o comentário do Cesar Menotti. Ações como a do Bruno e João Vicente fazem parte de um todo. É como imaginar a fabricação de um produto. Com suas várias etapas na cadeia de produção até enfim, estar pronto. Aqui no Brasil os LGBT's formam uma imensa comunidade. Uma das cinco maiores do mundo. Digo isso sem medo de errar. Mas olha, verdade seja dita, são ignorantes quanto aos seus direitos. Falo em um panorama geral, claro. Mas isso diz muito sobre a nossa sociedade, onde minorias não possuem consciência dos seus direitos. Olhemos para as conquistas da comunidade LGBT nos EUA. Olhemos os muitos avanços. Ainda há muito a ser conquistado. Mas os direitos conquistados até aqui foram muitos. E isso diz muito sobre a sociedade americana. Onde minorias possuem consciência de seus direitos e vão a luta pra pô-los em prática. E como exemplos disso podemos citar muitos movimentos. Desde os dos direitos civis até as chamadas guerras culturais que hoje ocorrem na América. A desigualdade está no poder. E foi exatamente nisso onde as minorias americanas avançaram. O que nunca existiu no Brasil, não existe, e muito menos irá existir tão cedo. Enquanto os LGBT's nesse país viverem alheios aos seus direitos, continuaremos na mesma situação onde estamos, ou talvez até retrocedemos. Lembremos que estamos no Brasil. O processo de conquistas de direitos é longo, lento, e gradual. Mas quando se existe consciência do que deve ser feito e logicamente vontade pra mudar uma determinada realidade, as coisas começam a caminhar.

    ResponderExcluir

  5. Texto longo, leia quem quiser ler, ok? É de coração.

    Também achei linda a ação do Bruno e do João, mas um tanto despropositada. Se dois heterossexuais se beijam e acusam quem não concorda com seu gesto de homofóbico, está implicitamente dito que héteros devem beijar seus pares para que sejam "homens com H", e isso, convenhamos, não faz o menor sentido.

    Os moços querem fazer lobby com a comunidade gay? Ótimo, minhas fantasias eróticas agradecem. Só não entrem na onda de querer mudar a fórceps os valores morais, éticos e estéticos de uma população inteira.

    Quanto ao meio sertanejo, já fui ao Villa Country (há alguns anos), levado por um amigo gay apaixonado pelo universo, e havia inúmeros homossexuais por lá. Todos eram respeitados. Mais do que seriam em certas boates da moda por não se enquadrarem nos "padrões estéticos e sociais" dos meninos AA. Só não seguiam a cartilha que os militantes decidiram definir como "o certo" para a expressão da homossexualidade. Neste quesito, revi vários dos meus preconceitos à época.

    Concordo que Menotti foi duro, mas ele deu voz a dezenas de milhões de brasileiros. A maioria da população, eu arriscaria. Temos de abrir os olhos e parar de achar que aquilo que decidimos em círculos de bichas ilustradas pode se imposto ao grande público sem nenhuma reação. Nessa guerra inútil, perdemos potenciais apoiadores, que defenderiam nosso direito à vida e à liberdade, pela mera antipatia de atos voluntariosos que copiam sem reflexão as ações do marketing gay hollywoodiano.

    Fora isso, não se combate homofobia com gordofobia. Eu acho.

    O Fernando Holliday, por exemplo, saiu do armário na Câmara de Deputados e não houve sequer uma notinha na mídia “especializada”. Por que será? Precisamos entender em que meio são gestados certos "discursos" (um beijo público é um discurso). Parece curioso que os mesmos grupos que pregam tolerância ao islamismo (no último "Esquenta" havia "multiculturais" por todos os lados) sejam tão insensíveis com os católicos, cristãos e conservadores que acolhem muito melhor seus homossexuais do que praticamente TODAS as culturas do restante do mundo em desenvolvimento.

    Ponto para Gagliasso e João Vicente que, além de lindos, têm cabeça boa. Mas ponto também para Menotti que participou do debate público de forma honesta e sincera, pois querer impor os padrões de uma minoria a toda uma população é tão contraproducente quanto uma religião querer se impor sobre todas as outras. Essa política de alimentar o ódio, posta em prática por determinada militância feminista, negra e lgbt, além de não representar sequer a maioria das mulheres, negros e lgbts, tem tudo para sair pela culatra.

    Apenas minha opinião.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querem converter o mundo aos ideais da militância com unhas, dentes, paus e pedras. E ai de quem seja contra. Parecido com evangélicos que querem levar todo mundo para a igreja.

      Excluir
    2. Unhas, dentes, paus e pedras? Onde? Eu só vi um beijo.

      Excluir
    3. E ao Discípulo: homofobia deveria ser tão grave quanto racismo. Se Menotti tivesse feito um comentário racista, o mundo estaria caindo sobre ela, e com razão. Como foi "apenas" homofóbico, tem até gay supostamente esclarecido diznedo que ele "marcou um ponto".

      Excluir
    4. O preço da liberdade e da democracia é convivermos com opiniões como a do Menotti e lidarmos com ela. O problema de criar instrumentos para calá-lo é que nada garante que não seremos os próximos silenciados. Daí para o totalitarismo é um pulo.

      Limitar a liberdade de expressão pela criminalização da opinião é um mal muito maior que qualquer bobagem que alguém possa dizer.

      Mesmo porque pode-se retirar certas posições do debate público, mas a ideia continua lá - na mente das pessoas - crescendo silenciosamente nas sombras até o dia em que explode com um poder destrutivo e avassalador.

      Excluir
    5. Homofobia não é liberdade de expressão, assim como racismo. Quero calar a boca dos homofóbicos sim. Que sejam homofóbicos no interior podre de suas mentes doentias. E quanto ao fato dessa ideia estar "crescendo silenciosamente nas sombras até o dia em que explode com um poder destrutivo e avassalador" (que imagem cafona, Discípulo - esperávamos mais de você, sinceramente), eu digo só uma coisa: pode vir quente que eu estou fervendo.

      Excluir
    6. Ok, fui cafona, mas depois os jovens são tomado por reações do tipo #bolsomito e ficamos sem entender o porquê. Afinal, parece tão lógico que "homofóbicos" devem ser calados e ponto final, certo?

      (já houve até fila em UNIVERSIDADE para prestigiar o tal deputado)

      Tentar silenciar um opositor pode fortalecê-lo. Correndo-se o risco de criar um mito ou um mártir.

      (Tony "fervendo" = adoro!)

      Excluir
    7. Parabéns, Discípulo! Melhor comentário ever! Mas vai levar muita pedrada e a grande maioria não vai compreender. Acham que temos de ser aceitos à força, pois é nosso direito. Não entendem que lidamos com humanos e não com máquinas.

      Aqui no Brasil os atores da Globo talvez sejam os maiores formadores de opinião, por mais duro que seja admitir isso. E, diante de tal posição, tentam impor ao restante do país o estilo de vida de Ipanema. Só precisam estar cientes de que, o que é comum naquele trecho da orla carioca, pode não ser para o restante do país. E não há problema algum nisso.

      Excluir
    8. Isso Discipulo, fica quietinho pra vc ver o que os seus opositores vão fazer com vc. Acorda rapaz. Bolsonaro nunca vai virar mito ou mártir. Ele é um palhaço, vc não entende a brincadeirinha? É assim: vc cria polêmica, atiça a população intelectualmente mais limitada, eles descontam as frustrações deles em alguém (gays por exemplo), o político que teve o poder de criar a reação fica mais popular e depois tenta se reeleger, etc...bobinho!

      Excluir
    9. Esse Discípulo The Fool é chato que chega a doer... Com gays como esse, a causa dispensa inimigos.

      Excluir
  6. Credo Tony, quanta gente chataaaaa. Levem a vida menos a sério, gente. Por favor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Xiiiii....gay da TW detectada.

      Excluir
    2. Esse menino quer post sobre a Madonna Tony.

      Excluir
    3. Ele quer posts sobre o treino, a dieta, o amor, dicas de beleza, a fé na humanidade e a paz mundial.

      Excluir
  7. A reação dele não é de espantar.
    Ele e o irmão são cristãos e dizem que dão privilegio para esse tipo de gente ao contratar.
    Nos shows e festivais sertanejos em alguns lugares em minas estavam fazendo o camarote lgbt e com muita gente defendendo e gay pagando caro. Mais caro do que camarote normal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Odeio quem se diz "cristão" para discriminar os outros. Fora que não são só os evangélicos que são cristãos: católicos, luteranos, mórmons, espíiritas, ortodoxos gregos, todos esses e muito mais também são. Não podemos deixar os crentes se acharem os únicos cristãos de verdade, porque isso faz parte da estratégia deles.

      Excluir
  8. Nossa! Quanto comentário conservador. É por isso que os direitos LGBT's no Brasil só irão ter avanços daqui a séculos. Homossexuais que aceitam a ordem vigente numa boa. Seriously ? Vocês homossexuais que aceitam essa ordem concordam que ser LGBT é anormal e o que por aí pregam os nazistas brasileiros. Sério, me dá nojo ver LGBT com esse discurso que é a base do pensamento daqueles que querem nossa morte. Quem luta pelos direitos dos LGBT's é execrado por uma considerável parcela dos próprios LGBT's. Vocês me enojam. Certamente são super fãs do Bolsonaro, Malafaia, Eduardo Cunha e por aí vai. Até mesmo porque já cheguei a me deparar com LGBT que exalta esses seres abomináveis. Por isso que quero me mandar desse país. Trabalho pra isso. Quero viver em um país onde eu seja considero um ser humano. E não um monstro. Onde a comunidade LGBT possui consciência dos seus direitos e pra isso luta. Parabéns pros LGBT's conservadores! Palmas! Vocês ajudam a difundir o pensamento dos homofóbicos do país. Vocês merecem um prêmio! O prêmio de abomináveis por esse pensamento intolerante. Ridículos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O gay que vem criticar gays que criticam gays.
      Amo.
      Super coerente e maduro.

      Excluir
    2. Eu também critico gays que criticam gays, e sou super coerente e maduro.

      Vrááá!

      Excluir
    3. Cutucaram a patota de Ipanema, agora aguentem!

      Excluir
  9. Ué censurou meu comentário em que eu dizia que lindo mesmo seria ator da globo sair do armário beijando outro homem, citei um que francamente só o Lula e o PT não sabem dele, afinal esses não sabem de nada nunca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você mandou seu comentário sobre o Giane para o post do Romário, gato. Vai lá ver, que ele tá publicado lá.

      Excluir
  10. Ai Tony, que vergonha alheia de alguns gays que comentam aqui. Ele são burros ou são otários mesmo?? Bloqueia Tony, Bloqueia.

    ResponderExcluir
  11. Me pergunto: o que leva esse monte de anônimo a vir comentar aqui?

    Nem responde, Tont, deixa esse povo pra lá. E ria deles. É o que faço!

    Leandro Faria
    http://www.barbafeita.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem comentário pertinente e comentário idiota de anônimo. Mas o que leva vc a usar o blog dos outros pra se auto promover? Ainda assina o post. rsrsrsrsrsr
      Que cafona!

      Excluir
    2. Todo gay nightlife style é uma pessoa muito famosa, popular e de opinião e recomendação imprescindível para a nossa sobrevivência e defesa dos direitos homossexuais. Vai ler o blog do rapaz...

      Excluir
    3. No blog ele se auto legenda como tendo 30 e poucos anos kkkkk
      E vem aqui desdenhar de comentaristas kkkkk
      Suuuuper maduro.
      Nem vou falar dos posts teen dele e dos amigos porque seria falta de decoro.

      Excluir
    4. Blog e textos do rapazinho ai em cima são deprimentes. Não faz propaganda ainda que tá ruim Leandro. Tem que dar uma melhorada. Tomar um rumo. Geralmente tenho resistência a blog escrito por várias pessoas.

      Excluir
    5. Cara, que vergonha alheia dos textos do "trinta e poucos anos" do tal Barba feita. Cara, você não escreve bem. É afetado, sem estilo, cheio de caoetes. E soa tudo muito imaturo. Sério mesmo, para. Para que tá bem feio.

      Excluir
    6. Lembrei de um comentário em outro post que decifrava porque o blog do Tony tinha tantos anônimos, e esse comentarista dizia que os que usavam nome eram os mais criticados. Então:
      Leave Leandro alone!2

      Excluir
    7. Eu até entendo o anonimato de algumas pessoas, eu só post aqui como anônimo porque uma vez um gay/homofóbico/anônimo viu meu currículo e mandou um email pro meu chefe na época.

      Excluir
  12. Não existe nada que me deixe tão sem esperança na humanidade do que ver um homossexual argumentando contra os direitos dos homossexuais. Criem vergonha na cara seus imbecis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aquele papo em que o "oprimido não pode repetir o discurso do opressor", certo? O problema é que não sou oprimido, Chico. Deixo esse papel para você.

      Excluir
    2. Vamos separar as coisas. Atitudes imbecis para defender os direitos dos homossexuais não são justificáveis apenas pq somos minoria.

      Excluir
    3. Olha cara eu sou tudo menos oprimido, então vá se fuder você e a sua opinião. Não preciso ficar pensando em respostas inteligentes para um mané como você.

      Excluir
    4. Nossa Francisco, que baixa auto estima, não? Vc se considera incapaz de dar respostas inteligentes? Burro? Então está se sentindo oprimido,ora!

      Excluir
  13. Não esqueço desse Menoti, no quadro aquele do Fantástico sobre emagrecimento, levando um tapa na bunda dado pelo Fabio Porchat, sendo que foi nitidamente brincadeira do tal Fabio para zuar, e o cara se incomodou e mandou ele parara com aquilo. ts ts ts ts ts Mal resolvido?! E agora vem e fala isso...

    ResponderExcluir
  14. O discurso desse sertanejo foi péssimo, como já era de se esperar de alguém da categoria. Por outro lado, to com preguiça dessa tentativa das gay em canonizar o galináceo, digo Gagliasso. Acorda fias! A única intenção dele ali foi se promover. E conseguiu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na época que ele fazia o gay da novela América, Faustão perguntou se ele aceitava numa boa receber cantada de gay, e ele respondeu: "tudo bem, desde que não venha desmunhecando...".

      Excluir
    2. Para o galináceo trair mulher (lembra?) não é machismo, mas não beijar rapazes é. Coerência mandou um abraço.

      Excluir
    3. Queremos video disso.

      Excluir
    4. Vídeo dele com Faustão? Ou foi em 2005, quando a novela estava no ar, ou em março de 2006. Procure.

      Excluir
  15. Gay não tem valor nem dentro do mundo gay, vai ter cá fora? No mundo gay só lindos corpos têm algum valor. Todo mundo achou lindo o selinho porque foi com dois homens brancos e bonitos. Fazer protesto beijando um feinho ninguém quer, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem uma verdade nisso. O mundo dos heteros é mil vezes mais generoso nesse aspecto, as pessoas são também apreciadas por outros valores além da aparência.

      Excluir
    2. Oi? O mundo dos héteros é generoso? HAHAHAHAHAHAHAHAHA

      O que você chama de mundo dos héteros na verdade é o mundo dos homens. E homem julga tudo pela aparência. Vai ver o que todo homem quer de uma mulher: beleza, gostosura, peitão e bunda estão muito à frente de caráter, inteligência e senso de humor.

      Excluir
  16. Ainda avaliando o que é pior: o beijo, o sertanejo ou o blogueiro. Como gay, não me interessa ver artista da Globo enchendo o bolso de dinheiro se popularizando com uma questão tão importante como liberdade sexual. Fazer polêmica tá dando muita grana. Eles banalizam a situação demais com uma ação besta que todo mundo já viu na novela. Gostei do Jean Willys que ofereceu o beijo triplo, com ele é claro. Beijar e comer os gays para provarem serem 100% abertos a experiências homossexuais , eles não querem. Claro, não fica bem para imagem comercial deles.
    O sertanejo é um infeliz. Aproveita a onda da polêmica pra se popularizar.
    O pior é o esvaziamento do papel do artista que essa gente promove. Não servem pra nada mais. Incrível!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fazer polêmica dá grana? Quanto que o Bruno Gagliasso está ganhando com esse beijo? Provavelmente vai é PERDER grana. Vai perder contratos para eventos, bailes de debutante, esse tipo de coisa, que onde os artistas relamente ganham dinheiro.

      E ajudando na sua avaliação: o pior é o blogueiro.

      Excluir
    2. Dá sim Tony. Muita grana e popularidade. Tem gente se elegendo deputado, prefeito, vereador....usando essa estratégia. Falem coisas boas ou ruins,artistas vivem de popularidade.
      Qto mais besteira fazem, mas rico ficam. O povo esquece o acontecimento rápido demais, mas o nome do artista fica na memória...
      Olha como o Caio Castro fica cada dia mais rico e mais popular. E Gregório Duvivier...ai ai ai

      Excluir
    3. O blogueiro não é o pior nao. Ruim mesmo são os artistas usando mesma estratégia pra se popularizar igual o Feliciano. Enquanto um defende, o outro mete o pau. No final o que vale são quantos pontos a ação rendeu na mídia. Oportunismo de quinta categoria. Sorry.

      Excluir
    4. Perder contratos? Please, Tony, sei que você não é tão ingênuo! Isso vai reforçar a imagem dele de bom moço preocupado com as causas sociais, isso sim. A imagem de macho hetero dele e daquele namorado da Sabrina Sato já está mais do que validada junto ao público da televisão. Ele não se arriscaria sem antes consultar a Cartilha do Politicamente Correto.

      Excluir
    5. Sorry, meninos, vocês de fato não têm a menor ideia de como funciona o showbiz. Estão falando muita besteira, parem!

      Excluir
    6. Um expert em Madonna vem perguntar se polêmica dá dinheiro? Como assim, Tony!?

      Se eu fosse seu namorado ia te dar como castigo assistir os dvds da Video Collection e mais os dvds das 10 tours da rainha.

      E só ia poder levantar da cadeira quando terminasse de ver tudo!

      Excluir
    7. Tony, uma coisa é um artista gay amigo seu ter que esconder a sexualidade para não perder contratos. Outra coisa são dois heterossexuais tentando provar de forma boba que tem sexualidade livre quando a gente sabe e a população tem a certeza que eles nao tem esse comportamento.
      Creio que vc conhece o showbiz, mas é preciso separar esses dois casos: artistas gays no armário e artistas héteros jogando fora do armário.

      Excluir
    8. Não é nada disso que eu estou falando. Aqui temos dois heteros que estão do nosso lado. Eles não ganham absolutamente nada com isto. Pelo jeito, nem a admiração de alguns gays.

      Excluir
    9. Estou admirado com o conservadorismo e a desinformação de alguns de vocês.

      Excluir
    10. Lamentavelmente esse conservadorismo e desinformação se estende a outros vários aspectos políticos também.

      Excluir
  17. O mio babbino caro
    César Menotti já mandou os agradecimentos por ser, citado nesse blog. Não?
    Deveria, pois um tipo tão escroto como esse nunca deve ter frequentado ambiente diferente das cocheiras onde provavelmente tenha iniciado sua vida amorosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os comentários descambaram. Vamos acabar com isso. A culpa é do Jean Wyllys.

      Excluir
  18. Eses artistas tão evoluídos e sem preconceitos virariam um poço de preconceitos se descobrissem que suas filhas loiras namoram um favelado black power. Aliás, são tão evoluídos e sem preconceitos, mas não se vê casais interracias entre os da Globo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na real oque precisa no Brasil são casais não inter raciais.

      Excluir
  19. "Quero ver eles provarem serem tão liberais comendo um gay"...essa foi perfeita.
    Podem dar tb se quiserem...
    Esse selinho pra virar assunto de blog e R7 não colou muito não.
    Esses caras se querem realmente ajudar, precisam tomar outro tipo de posição. Trabalhar e levantar dinheiro para instituições de apoio aos homossexuais.
    Esses sim, precisam de visibilidade e verba. Muitas organizações estão falidas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É curioso como muitos brasileiros não acreditam em idealismo. Ninguém é a favor de causa nenhuma, só dizem que são para faturar e estar na mídia. Não é bem assim, tolinhos: muita gente se engaja de corpo e alma. Nem tudo é para dar popularidade ou mais dinheiro em conta. Lidem com isto.

      Excluir
    2. Muitos brasileiros acreditam e são idealistas. Mas não creio que seja o caso desses dois atores. Acho que se querem ajudar gays, há formas mais eficientes. Tem várias organizações e artistas trabalhando de forma estratégica, ética e séria pra mudar a opinião pública. Com propaganda bem direcionada. Melhor que esse beijo, seria uma campanha inteligente bem estruturada feita pelos dois focado nos homofóbicos. Soaria bem menos oportunista e mais eficaz

      Excluir
    3. O beijo não foi campanha publicitária. Foi um gesto de provocação. E provocar eles conseguiram. Amanhã explico melhor no F5 b

      Excluir
  20. por falar em sertanejo gay, é impressão minha ou o Michel Teló está encantadíssimo pelo participante Matteus do the voice?

    ResponderExcluir
  21. bee http://www.sciencespo.fr/actualites/actualit%C3%A9s/%C3%A9viter-pi%C3%A8ge-du-fatalisme-et-celui-de-lhubris/1695

    ResponderExcluir
  22. Adorei o post e adorei as respostas do Tony nos comentários. Arrasou, bee!
    Tô pouco me lixando se os artistas fizeram isso para se promover ou não; o importante é que fizeram.
    Se o sertanejo quis se promover sendo preconceituoso ou se é preconceituoso mesmo por ignorância, claro que ele tem o direito democrático de se expressar. Mas isso não quer dizer que não temos o direito de responder.
    O que se aprende nas lutas de todas as minorias é uma coisa só. Nunca deixe o opressor ter a última palavra: ele pode pensar que tem razão.

    ResponderExcluir
  23. No Brasil, até os gays são conservadores. E não há um tal de Smith Hays que se denomina gay conservador no Facebook? Apoia abertamente Bolsonaro para presidente em 2018. Devem ter vindo de lá alguns comentaristas desse post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa bicha é do tipo Clodovil. Um gay com enorme homofobia internalizada, invejoso e venenoso. Tem o mesmo discurso moralista/conservador e religioso. Só não nega ser gay, pois está estampado em sua cara e trejeitos. Na vida pessoal deve ser mais promíscuo que vira-lata de rua, fazendo tudo o que critica nos outros. Talento? Só para arrumar confusão gratuitamente.

      Excluir
  24. Para (tentar) encerrar essa polêmica: não interessa se João Vicente ou Bruno Gagliasso estavam tentando "se promover", como muitos de vocês acreditam. Feio mesmo seria se eles fossem homofóbicos na vida privada, o que não são.

    O que realmente interessa é o efeito que esse beijo tem não nos homofóbicos que ainda resistem, mas nos garotos assustados Brasil afora. Quem me dera que Francisco Cuoco e Tarcísio Meira tivessem se beijado em público quando eu tinha uns 14 anos e morria de medo da minha sexualidade e da opinião dos outros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto dessa atitude não guerrilheira e que prefere explicar um ponto de vista que alguns de nós pode estar não conseguindo ver. Parabéns!
      Sabemos vir aqui criticar, mas também sabemos elogiar, principalmente quando o dono do blog perde uns minutos para mostrar que escondido entre nossas opiniões está sempre nosso sentimento, e que esquecemos de usá-lo, que dirá citá-lo, nessa necessidade em sermos contra ou a favor de algo.
      Independente do que achamos sobre o tal beijo, a maior conquista é que só assim ele deixará de ser considerado abominável, como ainda é nas cidades brasileiras (ou alguém vê mesmo gays aos beijos pelas ruas? claro que não vê, quando vê é a exceção).
      Foda-se se algum sertanejo acha ou não isso coisa de homem. Nós deveríamos saber que é.

      Excluir
  25. Essas bichas vociferando que não são oprimidas me lembram aqueles negros que dizem que nunca sofreram racismo. Vai dar uma pitoquinha lá no lgo. 13 e conhecerá rapidinho seu lugar.

    ResponderExcluir
  26. Esse sertanejo fez um comentário escroto e preconceituoso, concordo! Mas você guarda um pouco de mágoa de todos os sertanejos de um modo geral por causa do que fizeram com seu amigo Zeca Camargo, não guarda? Nem todos os sertanejos são ignorantes, tem muitos gays nos rodeios e exposições agropecuárias, eu mesmo já peguei muuuuuitos peões gostosíssimos de calça justa, botina, fivelão e chapéu!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Filhinho não sou mentiroso nada, vem aqui no interior de São Paulo pra ver como é fácil pegar boy em rodeio (principalmente em cidade pequena, onde as mulheres não liberam fácil). É um meio machista, concordo, mas também é um lugar muito fácil de conseguir homens lindos e másculos pra uma noite e nada mais, até mesmo pras mas afeminadas nunca falta homem por aqui!!!

      Excluir
    2. Cala a boca, mentirosa!

      Excluir
    3. Tenho que concordar com o anônimo das 17:39, pegar agroboy no interior é bem fácil, até mesmo aquelas que não conseguem boy fácil nos grandes centros (afeminados e gordinhos, por exemplo) se dão bem!
      Nunca dei tanto na minha vida como quando estive no interior de SP, já cheguei a ficar numa republica com 4 estudantes de agronomia (dois deles tinham namoradas), é claro que depois eles botaram a culpa na bebida por terem me comido e ameaçaram me bater se eu contasse pra alguém, mas a transa foi ÓTIMA! !!!! Dicas pra lugares onde ir: as cidades pequenas ao redor de São José do Rio Preto, Araçatuba e principalmente Votuporanga (uma cidade de 70 mil habitantes, com muitas universidades, estudantes querendo transar e mulheres que não liberam fácil). Outra coisa: peões e fãs de música sertaneja apesar de machistas em geral tem pegada e são bons de cama!

      Excluir
    4. Quando era solteiro vc já pegou algum peão Tony?

      Excluir