terça-feira, 1 de setembro de 2015

O FILHO DE FRANCISCO

Edir Macedo parece ter se inspirado no papa para dizer que Jesus nunca pregou nada contra os gays (e não pregou mesmo). As declarações do líder da IURD causaram celeuma no mundo evangélico, mas parecem ter o mesmo objetivo que as do bispo de Roma: estancar a hemorragia de fiéis. Seja para lotar os templos ou os cofres, a fala de Macedo é sintomática. A Universal não é a maior denominação neopentecostal do Brasil, mas é a de maior visibilidade e talvez seja a mais forte politicamente. Os caras também são bons de marketing: uma reviravolta dessas só aconteceria se sentissem para que lado o vento sopra. E está soprando uma brisa fresquinha, anunciando os novos tempos.

44 comentários:

  1. Não falou nada demais. Só disse que não se deve forçar as pessoas a se converterem, ao contrário do seu rival Malafaia que quer converter o mundo à força.

    ResponderExcluir
  2. O mio babbino caro
    Alguma coisa vai acontecer, com esses cardumes de evangélicos sem eira nem beira. Vai sobrar pra todo mundo. Se pensarmos que são os gays os protagonistas desta resistência à tanta estupidez, temos do que nos orgulhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu, estou espantado de ler tantas bobagens.
      Ou seja: nada pode ser levado (a sério). Jesus está mais para um Caetano da época, dando role com uns carinhas.
      Acreditar, eu não.

      Excluir
  3. Ficou parecendo o mestre dos magos

    Qual é a maior denominação neopetencostal do Brasil? Assembléia de Deus?

    ResponderExcluir
  4. Que eu saiba não há nenhuma igreja impedindo gays de frequentarem. Lá tem todo tipo de gente, até os drogados das cracolândias e bandidos e assassinos das penitenciárias são acolhidos pelos membros das igrejas.

    ResponderExcluir
  5. Ou seria por causa da situação do próprio filho, "exilado" em Nova York? Nada para curar a homofobia a fórceps como ter um filho gay...

    ResponderExcluir
  6. Ainda que ele seja uma figura execrável, antes passando a nosso favor, como um aliado objetivo, do que continuando como inimigo. E além disso, não se pode esquecer que ele conversa com uma grande massa ignorante, que pela inércia, mantém-se dentro dos preconceitos tradicionais. Para esse público, ainda que esse seja um discurso por interesse, há um impacto pedagógico importante é que não pode ser desprezado - principalmente naquela família pobre onde um filho gay sofre rejeição por parte dos seus e com essa nova posição, tem condições de ter uma postura de vida melhor.

    ResponderExcluir
  7. Engraçado que ele solta esse discurso inclusivo com as gays no mesmo dia que o Papa Francisco concede o perdão às mulheres que já abortaram. Todo mundo chorando, orando em prantos e em línguas e agradecendo a Chesus por essas bencaos maravilhosas, mas me pergunto: estamos em 2015 e devemos louvar quem nos jogam essas migalhas de pão mofado? Sério que eu tenho que achar um grandiosissimo ato quem perdoa uma aborteira ou afaga a cabeça de uma gazela? Me poupem, vocês já foram mais inteligentes. E voce já resumiu tudo, meu querido Tony, pura jogada de marketing e curativo pra estancar a hemorragia de fieis.

    ResponderExcluir
  8. É burrice achar que tal comportamento é certo para Deus porque Jesus nunca fez pregação contra. Jesus também não pregou contra o incesto, pregou? Se não pregou, você vai achar que Deus aprova?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Burrice MESMO é achar que Deus reprova a homossexualidade.

      Excluir
    2. E mais: o coelho da páscoa também nunca disse nada a este respeito!

      Excluir
    3. Jesus também não fez pregação contra a internet, mas você acha que ele a aprova? Isso aqui é um reduto de pederastas, esquerdistas, homossexuais, prostitutas e feminazis. Saia daqui enquanto há tempo!

      Excluir
    4. Nem Jesus nem alguem que tenha conhecido ele fala qualquer coisa contra gays na biblia. Isso numa epoca que homosexualidade era bem aceita no imperio romano. Agora, pastores corruptos, isso deixou Jesus furioso.

      Quanto ao incesto, como tu acha que Adão e Eva tiveram netos?

      Excluir
    5. Essa discussão não faz o menor sentido

      Excluir
    6. Como sabem que Jesus nunca pregou contra o homossexualismo? A Bíblia traz a transcrição de todas as suas falas ao longo de anos de pregação?

      Excluir
    7. A Bíblia é uma confusão. O Novo Testamento traz apenas quatro das dezenas de evangelhos que foram escritos logo após a vida de Jesus (esses que ficaram de fora são chamados de "apócrifos"). Em nenhum deles há qualquer menção à homossexualidade.

      Mesmo os quatro evangelhos "oficiais" (Mateus, Marcos, Lucas, João) são cheio de contradições e incosistências. Jesus diz uma coisa num e outra coisa no outro, às vezes bem conflitantes. Detalhes variam numa mesma história (entrou com dois burros em Jerusalém ou com um só?). Além disso, muutos trechos foram suprimidos ou acrescentados ao longo dos séculos. Ou seja: nada pode ser levado ao pé da letra.

      O que importa da mensagem de Jesus é o AMOR. O resto são firulas.

      Excluir
    8. Aff gente. Quem é Jesus? Nem existe prova que esse rapaz de fato existiu, e se existiu, vcs precisam mesmo de um moço quase pré-histórico pra cagar regra na sua vida? Santo cristo! Ta na hora de crescer.

      Excluir
    9. Os evangelhos foram escritos por judeus, que tem fortes tradições patriarcais. Segundo o alcorão se deitar com outro homem é pecado. Por uma questão cultural e política, as cartas de Paulo à Roma e a Corinto na Grécia condenam a prática homossexual. Era uma tentativa de impor a cultura judaica à cultura greco romana, onde a homossexualidade era culturalmente bem aceita. Infelizmente ele conseguiu e hoje lidamos essa herança cultural. Só que o evangelho de Jesus é maior que questões culturais. Jesus disse que todas as leis e profecias que estão na Bíblia poderiam ser resumidas numa frase: "amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo". Bora praticar?

      Excluir
    10. Está certo. Jesus não disse uma palavra sobre homossexuais, no máximo sobre os eunucos que são meio que um terceiro sexo daquela época. Mateus 19:12: Porque há eunucos que assim nasceram do ventre da mãe; e há eunucos que foram castrados pelos homens; e há eunucos que se castraram a si mesmos, por causa do reino dos céus. Quem pode receber isto, receba-o.

      Excluir
    11. Quem é Jesus? Alguém que dividiu a humanidade em antes dele e depois dele. Tem que ser pouco importante para que a data de seu nascimento zere os anos do mundo né amigo?

      Excluir
    12. Hmm, pensando bem, a resposta que eu dei para o anônimo das 12:38 foi erudita demais. Uma estupidez como a que ele disse merece algo mais curto e grosso. Lá vai:

      "Como sabem que Jesus nunca pregou contra o consumo de figos? A Bíblia traz a transcrição de todas as suas falas ao longo de anos de pregação?"

      Ou seja: segundo o raciocínio dele, TUDO pode ser proibido, pois não temos certeza se Jesus pregou contra.

      Excluir
    13. Deixa comigo que sou eu que vou resolver, aqui na internet oque deus(?) aprova ou reprova no mundo; no mundo não , no universo. E não me venham com coadjuvantes, já conheci muito filho que levou o pai pro buraco, meu negócio é direto com deus(?).

      Excluir
    14. "Os evangelhos foram escritos por judeus, que tem fortes tradições patriarcais. Segundo o alcorão se deitar com outro homem é pecado"....Nos poupemos de tantos remendos e vamos estudar a cabala...com a Madona. Pessoal se toca, deixa um pouco de ridículo no armário. Na fila de religiosos hipócritas esse cara seria o primeiro da fila, fantasiado de patriarca judaico. Quem não lembra dele instruindo os seus a arrancar dízimo.
      תַּלְמוּד

      Excluir
  9. O que choca mesmo é ver uma civilização que baseia suas idéias e altitudes numa pessoa imaginária. E mesmo que tenha existido, é dar muita moral pra alguém, é ser muito fraco como pessoa precisar desse guia para tentar ser uma pessoa decente.

    ResponderExcluir
  10. Li a manchete e achei interessante, mas lendo a entrevista o pastor disse que o "homossexualismo" é pecado sim. Gostei do trecho em que ele disse "Jesus não incriminou ninguém, exceto os RELIGIOSOS HIPÓCRITAS." mas sinceramente, o que isso muda?

    ResponderExcluir
  11. Sou gay e evangélico. Em primeiro lugar devemos respeitar o livre arbítrio alheio e saber que somos humanos e como tal, todos nós cometemos erros (pecados), por isso não podemos apontar o dedo para julgar o semelhante. Está na Bíblia sim, que o sexo entre dois homens, assim como o sexo entre homem e mulher fora do casamento é pecado. A Bíblia ensina que devemos respeitar o nosso corpo, que é o templo do espírito, evitando a promiscuidade. O amor não é pecado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Bíblia também exalta Salomão, que tinha trocentas mulheres e trocentas concubinas... E depois eu é que sou promíscuo?

      Excluir
    2. E quem disse que respeitar o corpo é evitar a promiscuidade? Respeitar meu corpo é eu transar com quem eu bem entender e não precisar usar um livro de historias de mais de 2000 anos para justificar meus atos ou endossar meus preconceitos.

      Excluir
    3. Ser gay e evangélico dá para entender, pois muita gente gosta ou precisa de acreditar num Deus/força maior etc. Mas ser gay e acreditar que homossexualismo é pecado é meio que ódio próprio né, vamos combinar. Fazer sexo com um macho para você deve ser quase uma montanha russa de emoções - do prazer ao auto-desprezo ao gozo ao ódio-próprio. Parece radical, um dia eu experimento.

      Excluir
    4. O amor que Deus é como o amor de mãe que dura para sempre, mesmo que o filho fique aleijado, feio, velho ou morra. O amor que se vê no meio mundano é basicamente atração física. Quando o tesão esfria, o "amor"acaba. A pessoa, inclusive no meio gay, se apaixona porque o outro é lindo, gostoso e tem olhos lindos.

      Excluir
    5. Oi Tony, ninguém disse que você é promíscuo. Você não é casado? Sexo dentro do casamento não é promiscuidade. A Bíblia ensina que o sexo desenfreado (entre dois homens ou entre homem e mulher) é pecado da mesma forma. Nenhum é maior ou menor que o outro. O amor é uma virtude. Não importa que tipo de amor. Não estou dizendo o que é certo ou errado, cada um vive a sua sexualidade de acordo com o seu livre arbítrio, mas acho importante diferenciar o rótulo sexual, do direito às relações afetivas que todos devem ter assegurado. Quando lutamos por direitos civis, estamos lutando pelo amor entre pessoas e não pelo sexo entre as pessoas, que é algo que não há como controlar ou impedir.

      Sobre Salomão, ele foi exaltado enquanto fazia a vontade de Deus, casou com setecentas esposas e trezentas concubinas e se perdeu, como era de se esperar. Mil mulheres enlouqueceriam qualquer pessoa. Uma delas a convenceu a adorar outro deus. A Bíblia relata o relacionamento de Deus com seres humanos, não existe perfeição no ser humano, logo todos os homens da Bíblia são pecadores, exceto Jesus.

      Excluir
    6. Quando eu disse "eu", estava me referindo aos gays em geral. Mas já fui bastante promíscuo, e não me arrependo nem me sinto um pecador por causa disso. Pelo contrário: no meu entender, desfrutar do próprio corpo também é uma forma de glorificar a Deus.

      O mesmo livro que condena a homossexualidade na Bíblia (Levítico) também proíbe o consumo de carne de porco, o de crustáceos, o uso de roupas feitas com dois tecidos... Não dá para levar a sério mais. Podia fazer sentido na época e no lugar, hoje não. Quem usa a Bíblia para condenar os gays deveria parar de comer camarão, parar de cortar o cabelo e achar tudo bem vender a própria filha como escrava.

      Excluir
    7. Anônimo das 15:39, quem nunca se sentiu vazio depois de uma gozada sem envolvimento afetivo que atire a primeira pedra.

      Tony, ser gay é sinônimo de ser promíscuo? Acho que não. A promiscuidade é algo que está ao alcance de todos gays e héteros, só não é recomendada pela Bíblia, tanto no Velho, como no Novo Testamento. Temos o direito de fazer o que quisermos com o próprio corpo, mas prostituir o próprio corpo não nos trás boas consequências.

      Excluir
    8. Não, ser gay não é ser promíscuo. Mas muitos gays que estão de bem com sua sexualidade, sem culpas nem neuroses, são promíscuos numa boa.

      E ser promíscuo não é se prostituir. Quem foi que te enfiou isso na cabeça?

      E se prostituir não é pecado...

      Excluir
    9. Jesus amado! Deve existir uma correlação entre ser travado sexualmente e curtir essas lavagens cerebrais de cunho religioso.

      Excluir
    10. Quer dizer que se eles passarem a fazer isso tudo, aí tudo bem rejeitar os gays?
      Falo isso porque acho uma bizarrice de proporções Lava Jato as pessoas seguirem uma linha que seja desse livro frankenstein montado ao longo de séculos ao bel prazer de fanáticos manipuladores.

      Excluir
    11. Quem disse que prostituir "o próprio corpo" não trás boas consequências? Vejo mais santidade em uma puta do que muita ratazana de igreja por aí. Paulo, estamos no século XXI, passou da hora de você rever seus conceitos, querido!

      Excluir
    12. Não sou ninguém para julgar o que é pecado ou não na vida dos outros. Apenas vivo a minha vida de acordo com o que acredito. O que eu tentei aqui é mostrar que a Bíblia NÃO condena o amor entre as pessoas, sejam elas gays ou não.

      Excluir
  12. Jesus? Só se for aquele guaraná cor-de-rosa do Maranhão. Ou, pensando bem, nem esse.

    ResponderExcluir
  13. Acho que na Bíblia promiscuidade e prostituição são sinônimos.

    No dicionário:

    Sinônimo de prostituir

    1 degenerar, depravar, perverter.

    2 desonrar, infamar.

    3 macular, desmoralizar, aviltar, degradar, corromper.

    ResponderExcluir
  14. Toda essa discussão aqui, e as pessoas baseando sua moral em um livro que começa a história com uma cobra falante, entra no clímax com uma virgem casada engravidando de uma pomba e acaba literalmente na história de um bicho de 7 cabeças. Vai entender o ser humano...

    ResponderExcluir
  15. Para mim a Biblia serve para limpar bosta de cachorro. Nada mais.

    ResponderExcluir