sábado, 26 de setembro de 2015

BOEHNER BRASA

Não tenho a menor simpatia pelo Partido Republicano americano. Mas não deixo de admirar o gesto de grandeza de um de seus membros mais proeminentes, John Boehner, o presidente da Câmara de Deputados de lá. Ele não só renunciou a essa liderança como irá abandonar seu mandato em outubro. A data marcada tem uma boa razão de ser: nesse meio tempo Boehner irá trabalhar com os democratas para aprovar o orçamento do país. Caso contrário, o governo "fecha", como aconteceu no passado - todas as estatais param de funcionar, dos ministérios ao zoológico de Washington. Como seus correligionários são a favor do quanto pior, melhor, Boehner está sacrificando sua própria carreira política para evitar este desastre. Um exemplo e tanto para o PSDB, que tem votado sistematicamente contra todas boas que a Dilma vem propondo para a economia (e contra tudo aquilo que os próprios tucanos apoiaram no passado). É a turma do Aécio, que está se igualando aos partidos mais ralé nessa luta do "pudê" pelo "pudê". A exceção honrosa foi o deputado paulista Samuel Moreira, que ainda prefere um país que funcione minimamente do que um precipício.

18 comentários:

  1. Não é bem assim. Com a renúncia do Boehner (hehe) as chances de um government shutdown aumentam, pois o Boehner perdeu a confiança dos radicais do partido republicano por não compartilhar das táticas extremas para conseguir o que quererem (apesar de defender as mesmas coisas que os radicais mesmo. A diferença era na preferência de táticas).

    Mas com certeza isso não tira a grandeza dele. Ele já passou por essa experiencia de ser expremido pela ultra-direita para fechar o governo e já deve estar de saco cheio. E sabe que apesar de ter mais chance de achar um meio termo do que outro possível presidente da Câmara, é melhor largar a toalha e curtir a vida mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo que eu li no "NYT", as chances diminuíram. Porque, ao sacrificar a própria carreira política, Boehner não precisa mais se submeter à pressão de seus colegas do Tea Party. ele fica livre para fazer o que acha certo, pois vai se aposentar.

      Excluir
    2. Ah esquece. Tentei achar o artigo no Vox.com que dizia isso e não achei. Enfim, parece que é mais como vc disse mesmo. De qualquer forma, medo dessa ala de direita obstinada (Tea Party) do partido Republicano.

      Excluir
  2. Tony, com tanto republicano defendendo morte a LGBT's. Perseguição. E assim por diante. É no mínimo bizarro que se existe a associação dos gays republicanos. Rsrsrsrsrsrsrs. Essa é boa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Da mesma forma que tem gays de "direita" aqui (e odeiam que os lembrem disso).
      http://www.logcabin.org/

      Excluir
    2. E esses gays republicanos são altamente racistas. Enrustidos, claro. Mas muitos já deram declarações pavorosas sobre questões étnicas. Portanto, nem tão enrustidos assim. Os gays republicanos são todos brancos. Não que ser branco seja um problema, óbvio. Mas isso só constata o perfil de supremacia branca que eles possuem. Odeiam liberais. Mas morrem de amores pelo 'Tea Party', que os consideram abominações. Mas enfim, são gays republicanos, então logicamente que possuem uma boa pitada de racismo e supremacia social, política e econômica.

      Excluir
  3. O mio babbino caro
    Porém o cancro da escravidão não permite que homens brasileiros tenham esse grau de integridade e nobreza.

    ResponderExcluir
  4. legal Tony, nem eu sabia dessa...clap clap clap. Sobre o PSDBosta, FHC no payroll da cia nos anos 70 (googue) e 450 kilos de pasta de cocaina.

    ResponderExcluir
  5. Polícia Ideológica26 de setembro de 2015 19:50

    Por falar em política americana, The Fool, qual seu Republicano favorito? Sempre te imaginei como admirador do Ted Cruz ou do Mike Huckabee.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Digamos que eu acompanhe a carreira do Aaron Schock com muita atenção.

      Obviamente, meu interesse está restrito às ideias politicas do moço. A capa da 'Men's Health' não tem nada a ver com isso. ¬¬

      O Adam KInzinger também me atrai por seus atributos... políticos!

      * * *

      Seu puliça (e esquerdosos de plantão),

      Segue, para vossa apreciação, uma observação sobre os políticos republicanos:

      "In general, Republicans are healthier and happier. And men and women in the party embrace their masculine and feminine sides respectively."

      Podem espumar. ;-)

      Excluir
    2. Por que espumar com uma bobagem dessas? Vamos rir da mentira.
      Observação sem citacão de autor, data e contexto é igual a mentira.

      Excluir
  6. Juro que eu li do padê pelo padê... Hehehhehhe

    ResponderExcluir
  7. Drogas, saudades... Padécio quer ser eleito? Libera pra nóia

    ResponderExcluir
  8. Difícil ter alguma simpatia por um partido que não só abriga como dá protagonismo ao "Tea Party", agora é aguentar o Trump e ver alguém como o Boehner saindo do partido.

    ResponderExcluir
  9. Que olhos azuis belissimos! Que cacura saborosa!
    I <3 silver foxies

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas caboclinhas não se emendam.

      Excluir