segunda-feira, 17 de agosto de 2015

INFLADOS

No final deu empate: as manifestações não floparam, como alguns petistas renitentes ainda teimam, mas também não foram o tsunami capaz de derrubar tudo o que aparecesse pela frente. Teve mais gente do que em abril, mas menos do que em março - e olha que os números da economia pioraram muito de lá para cá. Sim, não faltaram malucos com cartazes absurdos ("Volta Sarney" é o campeão na categoria), mas eles também aparecem quando há protestos da esquerda. Fazem parte da democracia, por mais que a gente os ache ridículos.

Às quatro da tarde de ontem peguei meu cachorro e fomos dar um rolé no final da Paulista. Ainda havia muita gente. É bizarro ver o Batalhão de Choque da PM posando feito popstars, mas não faltavam indignados com boas razões para estar lá. Só que tive  a sensação de não estarmos saindo do lugar: uma galera vai para as ruas, outra fica na internet chamando os demais de coxinha, o governo balança mas não cai. E a crise continua, sem soluções à vista. Talvez isto seja bom: o que menos precisamos neste instante é de um salvador da pátria montado num cavalo branco. A Itália passou por uma convulsão anti-corrupção há alguns anos e acabou elegendo o Berlusconi. Mas o fato é que estamos num looping desde o começo de 2015, sem nenhum lado forte o suficiente para se impor ao outro. Pelo menos o dia 16 de agosto produziu uma imagem fortíssima, o inflável do Lula presidiário que flutuou no DF. Não é um ponto de inflexão, mas é um símbolo.

63 comentários:

  1. Sobre achar "bizarro" a população em sintonia com os policiais:

    "A PM É OPRESSORA, MAS OS CRIMINOSOS SÃO MUITO MAIS!" (de uma pichação que li há alguns dias)

    Policiais são cidadãos trabalhadores e merecem todo o respeito - desde que cumpram dignamente suas funções - como qualquer um de nós.

    Apenas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. The Foll desenha aí pra gente seu desejo: a volta dos militares no poder! Beijos e não me liga, tenho nojinho de vossuncê!

      Excluir
    2. Não, não defendo a volta dos militares ao poder. A democracia republicana é capaz de garantir aos indivíduos a adequada experiência da liberdade. Fora meia dúzia de gatos pingados à direita, quem gosta mesmo de militares no poder são os ditadores cubanos e venezuelanos. Isso para ficar só aqui pela vizinhança.

      Acredito, sim, no respeito aos profissionais que garantem a segurança pública e são constantemente enxovalhados pelos discursos de esquerda. Obviamente os maus policiais devem ser afastados e punidos, mas São Paulo não possui os melhores índices de combate à criminalidade à toa. Enquanto no Brasil petista as mortes violentas só fazem crescer, o Estado paulista colhe os frutos do trabalho sério de uma polícia comprometida (felizmente, a maioria da corporação). Os números não mentem, já o povo do churrasco...

      Quanto ao sentimento que você nutre por mim, a recíproca faz-se justa.

      Excluir
    3. Acho bonito essa tentativa de desqualificar (mais do que já é) a polícia. Aí, quando acontece uma merda, um crime, quem eles chamam? Os bandidos? As milícias? Vão tudo chorar no ombro dos PMs e depois na delegacia. Queria ver se nessa hora alguém exibisse o que ele pensa sobre a polícia, com que cara ele ia ficar. Porque coragem de revoltadinho da internet é fácil ter, quero ver na vida real. Que tal ajudar a mudar o que está errado, em vez de ficar demonizando?

      Excluir
    4. Pessoal, defender, fazer selfie e tratar como celebridade a policia da Islândia ou a guarda real da rainha da Inglaterra tudo bem, eles fazem por merecer. Agora fazer o mesmo com os alibans do Alckmim, é pedir pra virar piada.

      Excluir
    5. "Alibans do Alckimin"? Não vale a pena nem argumentar....

      Excluir
    6. The Fool is the new Monotemática.

      Excluir
    7. Preferia a Mono :(

      Excluir
    8. The Fool, até te achava engraçadinha quando não exagerava enquanto 5DrAver ou Monotemática. Mas agora fazendo essa linha auxiliar do Lobão e da Sheherazade você não tem graça nenhuma!

      Excluir
    9. Quando não há argumentos, resta, mais uma vez, destratar quem se opõe. Nenhuma novidade até aqui.

      p.s.: não sou a 5DrAver. Beijos para a Mono!

      Excluir
  2. Metade das pessoas que protestaram domingo consideram a atuação do Cunha regular ou ótima/boa. http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/08/1669516-maioria-dos-manifestantes-na-paulista-rejeitam-renan-e-temer-diz-datafolha.shtml

    Assim fica difícil defende-los.

    @luciano @muquedepeão

    *sips tea*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um gif pra essas pessoas que gostam da atuação do Cunha: http://www.tvpravc.com.br/wp-content/uploads/2015/05/gif-amiga-nao-tem-como-te-defender.gif

      Excluir
  3. Várias risoles passeando na Paulista com seus bulldogs franceses, camisetas Abercrombie deixando a mostra a tatoo japonesa ou tribal e cumprindo o seu dever cívico de mostrar à naçao que existe um universo perfeito, estereotipado, repetitivo e cafona, onde pretos e suburbanos não são bem vindos. Após o encontro marcado na Paulista, todas seguiram para comer algo legal em um restaurante batidíssimo para continuarem o dever cívico de se reverem pela milésima vez, fortalecerem o guetto e fazerem a selfie ostentação do domingo da turma. Tudo foi muito excitante regado a muito suco verde. A discussão girou sobre as fotos q fizeram com uma blogueira para mostrar apoio as manifestaçoes. A risole manifestante não carrega cartazes toscos...não precisa né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você foi à Paulista? Eu fui, e não vi nada disso.

      Mas mesmo se tivesse visto: rissole também é cidadão e tem todo o direito de reclamar.

      Enquanto o PT continuar demonizando a oposição, só vai conseguir mais opositores. Entendam que vocês não fazem NINGUÉM mudar de ideia quando usam termos pejorativos para denominar quem não vota com vocês.

      Excluir
    2. Deve ser duro viver sentindo no peito essa dor e esse incômodo com tudo isso aí que ele descreve, um incômodo que não passa e, em vez de tratar (ignorar e ir viver sua vida já seria um bom começo), fica querendo a compaixão e solidariedade dos outros com seu sentimento de exclusão.
      Afinal, tudo que na vida os olhos dele enxergam são as bonitas dos Jardins, malhadas, ricas, e ele querendo ser igual e pertencer.

      Excluir
    3. Tinham várias risoles sim. Fizeram inclusive um esquenta antes do programão de domingo. Quem te falou que sou petista? Quem disse que quero pertencer as bonitas, a cafonice da classe média brasileira? Elas são tb responsáveis por esse lixo todo. Criticar não quer dizer querer pertencer. Esse é o discurso usado como alibi pra manter a pieguice. Sabe o q eu penso?
      1- Eu vi uma demonstração de ignorância politica, elitismo de balneário, cinismo e falta de educação. 2 - Graças a essas manifestações de estupidez, esses eventos não tem mais a eficácia que seus organizadores gostariam.
      3 - Tb sou crítico ao governo, mas me intriga entender pq os manifestantes chamam a Dilma de piranha mas estão satisfeitos com o Eduardo Cunha do PMDB e dos anões do orçamento, roubalheira maior que o mensalão.
      4 - Estamos odiando apenas um vilão. O ódio pelo PT não é apenas pela corrupção. Estamos cinicamente disfarçando nosso medo por perda de privilégios com o discurso anti-corrupçao. Sim, não é pra ter corrupçao mas tb não é pra ter tanta elite, a causadora de toda essa confusão.
      5 - Ao contrário do que você pensa, desejar a morte da Dilma e do PT só mantem inocente os principais culpados dessa zona.
      6 - Te desafio a fazer um post sobre as possibilidades reais de redistribuição de renda. Mas duvido que vc faça pq coloca em risco o seu trabalho num jornal e vai incomodar muito os seus amigos, coxinhas e risoles. 7- Quero todos os vilões sendo perseguidos pela populaçao e presos. Pq a gente sabe como funciona, sai o PT bandido e entra o Eduardo Cunha ladrão. É muita burrice junta.

      Excluir
    4. Eu não sou economista para fazer um post sobre "possibilidades reais de distribuição de renda" e não falar besteira. Mas poderia fazê-lo sem medo da Folha, que é o grande jornal mais plural do Brasil. Aliás, eu não sou fiuncionário de lá, só colaborador. Meu trabalho principal é numa produtora de origem ingelsa, a Fremantle. E dela eu também não teria nada a temer, nem se eu convocasse a luta armada.

      Excluir
    5. Kkkk...issae bee! Lacra mesmo

      Excluir
    6. É, realmente estamos vendo o que o PT entende por "distribuição de renda".

      Excluir
    7. Anônimo das 14h01: "anões do orçamento"? Voltamos a 93? E os valores dos anões do orçamento não pagam a piscina da casa do Dirceu hehehe.

      De aresto, o velho discurso contra a Dona Zelite e acusando os outros de fazer pior, já que defender o próprio PT é impossível.

      Ah, e "não sou petista, mas" é o novo "não sou homofóbico", né?

      Excluir
    8. Enquanto este povo que for pra rua perdoar os roubos do Cunha e xingar apenas um partido, eu não compactuo com isso... INDIGNAÇÃO SELETIVA é o mote destas passeatas... Uma vergonha!

      Excluir
  4. Já pensou o que aconteceria se no próximo ato pró governo os manifestantes ostentassem um boneco do Aecio cheirando uma enorme carreira de cocaína?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não aconteceria nada, pois os manifestos pró-PT reúnem 150 pessoas com transporte e lanche pago.

      E qualquer coisa podemos colocar uma garrafa de cachaça numa mão do boneco do Lula e contratos sigilosos do BNDES a juros subsidiados na outra mão.

      Quals dos dois políticos mesmo devia contas e quebrou o país?

      Excluir
  5. Alguma coisa está muito errada com uma cidade/país quando se tem uma chacina de 20 pessoas (sendo a policia suspeita do crime), e dias depois essa mesma policia ter um dia de pop star em uma manifestação.

    ResponderExcluir
  6. Aff. cansei dessas bichas ptistas, com medo de perder a ôia da ong. Vao procurar rola.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que vejo aqui não são bichas petistas, mas homens que conseguem ter pensamento crítico! Não votei na Dilma primeiro turno (posso ter mudado meu voto erroneamente, ao trocar o Eduardo Jorge pela Luciana). Votei nela no segundo e isso não me torna petista, nem defensor de ladrão, porque a única coisa que faria era trocar um ladrão por outro. Agora pergunto, quem deveria ser presidente do Brasil, anonimo ? Escolha qualquer politico do cenário politico do país. Mas se disser Aécio, seu voto não faz diferença do meu pela Dilma.

      Excluir
    2. É sempre o mesmo discurso. Se a gente defende o voto que ganhou a eleição nas urnas, eles dizem que somos petistas e que trabalhamos em ONGs pagas pelo governo. Amigo, enquanto vc fica do lado de Bolsonaro, Feliciano, Aécio, reaças e direitistas, nós estamos do lado de Luciana Genro.

      Excluir
    3. Que confusão dos diabos, Claudio Lopes! Jogar Feliciano e Aécio no mesmo saco é bem típico. O que não é a favor da ideologia de vocês faz parte de uma mesma massa disforme, seria isso? Mas já que é para falar de afinidades eletivas, vamos ver a quantas andam a coerência de sua heroína.

      Sim, você está do lado de Luciana Genro. Aquela que advoga aguerridamente pelo regime venezuelano. A mesma que discursa em prol da "pátria grande" e não cansa de repetir o velho mantra falacioso: "deturparam Marx"!

      Agora, falando em "pátria grande", há também um discurso em que o Nicolás Maduro, defendido por Luciana, mostra a real homofobia das esquerdas em oposição ao que eles pregam na teoria. Uma graça! O objetivo era humilhar um oponente "direitista" e gay em função de sua sexualidade. Eis a verdadeira face dos "socialistas progressistas". Mas o seu problema, além de alienação, é DESINFORMAÇÃO: não tem a menor ideia de quem ou o que exatamente defende.

      (https://www.youtube.com/watch?v=OJt8nz3e_8c) Se conseguir fazê-lo sem vomitar, assista até o FIM!

      Tipos como você merecem passar um dia inteiro numa fila de supermercado e não conseguir comprar COMIDA! Isso enquanto os líderes do seu país esbaldam-se em festas milionárias. Quem sabe aprende, né? ;-)

      Excluir
  7. "A Itália passou por uma convulsão anti-corrupção há alguns anos e acabou elegendo o Berlusconi." E a Alemanha também passou por uma convulsão parecida, que levou o partido nazista ao poder. Tenho medo é desse fascismo latente. http://www.dhm.de/fileadmin/medien/lemo/images/pli03592.jpg

    ResponderExcluir
  8. Anônimo das 12:25, muito boa a sua colocação Preocupante mesmo o tipo de direita que quer se impor à democracia. Quanto ao próximo post 14:14, os marmanjos que mostravam o traseiro e a vagal que tirou a blusa, estavam mesmo é atrás de dita dura.

    ResponderExcluir
  9. Viram que o Padecio estacionou o carro na vaga de deficiente pra participar da manifestação contra a corrupção? Parece sensacionalista mas não é! http://www.revistaforum.com.br/blog/2015/08/aecio-neves-protesta-contra-a-corrupcao-estacionando-carro-em-local-proibido/

    ResponderExcluir
  10. É esse cinismo que emperra toda discussão. Ja vi vc falar de tudo aqui. Então pq não de redistribuição de renda? A elite, responsável por essa bagunça toda, se faz de boba ou é burra de verdade. Vejo os pobres todos usando transporte publico como em qualquer pais desenvolvido e as bonitas, proprietárias da maioria dos carros, não querem usar bicicleta. Sem contar essa liga de jornalistas que se acham intelectuais de importância única pro Brasil. Fazem vc pensar: "eu lindo e maravilhoso e vc ai pra me admirar". Pq é assim que é. A elite é umbilical. Vc nasce elite mesmo sem dinheiro no bolso. E a manipulaçao barata na tv? Eu saio na rua so vejo preto, pobre e gordo e na tv temos brancos, lindos e magros. Cansei, eu acho que esses manifestantes cínicos estão tomando uma surra dos políticos que eles mesmo produziram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porque, na boa, eu não acho que eu tenha gabarito para falar desse assunto com propriedade.

      Fora que nesse blog mandou eu. Eu o criei para escrever o que eu quisesse, não o que esta ou aquela pessoa gostaria de ler.

      Excluir
    2. Kkkk! Anônimo chupa!! Mas sim bee o grande erro da gente tosca q foi no protesto é achar q a corrupção e n a desigualdade é o maior problema do país

      Excluir
    3. Desigualdade é um "problema"? Que piada! Mais um tentando empurrar as mesmas teses comunistas como se fossem verdades estruturais.

      Todo mundo igualzinho, mas sob qual régua, cara pálida? Os EUA formam um dos países mais desigual do mundo, mas o anônimo deve preferir Cuba. É cada tipo (mal) adestrado que aparece aqui... Deve ter por volta de vinte anos, ou já perdeu completamente a conexão com a realidade.

      Excluir
    4. Ao anonimo chupador das 22:45, quem não acha a desigualdade um problema ou é mal intencionado ou é ignorante. Ninguém acha um anti-comunista mais tosco e burro do q os capitalistas (aqueles do topo da piramide) riem de vc.

      Excluir
  11. Mais fatos: https://medium.com/@matheusjosemaria/o-dia-em-que-me-tornaram-petista-e5faa2b4e91

    ResponderExcluir
  12. O Brasil é um país adolescente. Até lá as elites serao aquele adolescente rebelde que acha que tudo pode e tudo quer. Com certeza seremos adultos um dia. Nesse momento, precisamos de um cabra pra colocar essa turma de castigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixa eu adivinhar.... Luladrão? Ah, a esquerda e seu viés totalitário...

      Excluir
  13. "Volta Sarney" foi ironia fina, não?

    ResponderExcluir
  14. Não me impressionam esses cartazes de "volta Sarney" ou "Pela volta dos militares".
    Isso é como alguém ter uma doença que não sabe qual, e pra tentar melhorar dos sintomas, se automedicar em vez de ir ao especialista: só da merda!
    Também não sei nesse caso nem qual é a doença e nem qual é o remédio, mas é bom ver as classes pagadoras de impostos reclamando um pouco.
    Quem sabe algo muda...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou seriam as classes sonegadoras de impostos?

      Excluir
  15. Não ligo mais se a Dilma cai agora ou depois, se completa o mandato mancando ou sai antes, nada disso. Uma hora o PT sai, e tá cada vez mais perto. E aí minha grande alegria vai se realizar: ver na rua da amargura toda essa corja que vive pendurada em ONG, "contribuição" sindical obrigatória, cargos comissionados de livre nomeação, jetons de diretorias disso e daquilo. São centenas de milhares que se acostumaram a viver disso, e em breve, muito breve, vou regojizar vendo o desespero na carinha de pau de cada um deles!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu quero é ver toda essa corja que vive pendurada em ONG, ser substituída pela minha corja ou detesto quem rouba no meu lugar.

      Excluir
    2. O mio babbino caro
      Vamos ver como isso tudo vai ficar até 2635. Até lá, não me chamem para roçar ombros com esse público de domingo, não me representam.

      Excluir
    3. Não, 21h30, vivo muito bem sem depender disso. Pro seu azar. Mas vamos ver como vocês ficam sem pixuleco hehehehe.

      Excluir
    4. Anônimo das 21h30: não. Só não.

      Novamente vcs julgam os outros por vcs. O resumo do íntimo pensamento de vcs é: "todos roubam, alguém vai roubar de qq jeito, então q seja eu, "progressista", q sei o q é bom pro povo e pro país". Esquece que Paulo Maluf pensa igual. Sarney idem. Mecanismo de sobrevivência.

      E embora vocês sejam INCAPAZES de se defender sem se comparar aos "inimigos", pode doer: tenho gastura de ONG, não contrato com o governo, vivo muito bem independentemente de que gentalha tá em Brasília. Então não, não quero sua parte. Quero que VOCÊ, escrotinha, pare de contar com sua parte vinda do governo petista pra bancar suas regalias. Quero VOCÊ fora e ninguém no lugar. Quero corte imediato das centenas de milhares de cargos de livre nomeação pros analfabetos funcionais do partido. Os servidores concursados, de carreira, dão conta. Quanto a vocês, desapeguem do Estado. Se não for agora, vai ser já já. Mais velhos, menos qualificados... vou adorar ver um bando de conhecidos comunistas de iPhone na amargura hehehehehehe!!!!

      Excluir
    5. Ai meu umbigo!

      Excluir
  16. Muito obrigado brasiburras, facam mais protestos por favor, assim vou ficando mais ryca kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  17. O fato de não ter nenhum lado forte, não conseguem o impeachment (PSDB) e nem a situação (PT) consegue governar, coloca o país nas mãos do PMDB. Aí que mora o perigo, olha o estrago feito em oito meses.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo 22:34,

      Essa é uma tese equivocada. O que vivemos na economia, por exemplo, não é resultado da atual crise política. Esse pensamento é apenas o mais novo espantalho criado pelo PT. A crise atual é resultado de uma conjunção de fatores gestada desde o segundo mandato de Lula. Tentou-se amenizar a crise internacional de 2008 inundando o mercado com crédito artificial para criar o clima eufórico de "marolinha" e reeleger o sucessor do 'capo di tutti capi'. A fantasia do Pré-Sal aliada à alta circunstancial das commodities auxiliaram as medidas Keynesianas de então.

      Posteriormente, a agenda heterodoxa de Dilma no primeiro mandato potencializou uma situação que se assemelhava à construção de uma bomba relógio. As pedaladas adiaram a explosão para depois das eleições, pois os companheiros não queriam largar o osso e deixar de caminhar rumo à "pátria grande". Tic, tac, a bomba explodiu!

      Os efeitos são profundos, estruturais e ainda mal começaram. Economistas mais realistas preveem de cinco a dez anos de retração. Déficit alto nunca acaba bem. Hoje, temos uma população altamente endividada (imóveis, automóveis, eletro-eletrônicos, consumo em geral, empréstimos, etc...) em um país que não fecha mais as contas. Economia não aceita desaforo e o resultado é esse aí!

      O mais triste é que tem gente capaz de culpar os outros pelas próprias escolhas desastradas. Ou seja, apertaram 1, depois 3 e confirmaram? Recebam, coleguinhas!

      Excluir
    2. Foolish One, se a Globo te descobre, adeus Mirian Leitao! Miga, volta a comentar sobre os maçons e os alienígenas, pelo menos nos divertíamos com isso.

      Excluir
    3. Pois eu estou adorando os comentários do The Fool. Dicordamos quanto ao impeachment (ele apoia, eu não), mas a argumentação dele é umas mil vezes mais forte que a de todos vocês. Ele usa dados, vocês só xingam.

      E por onde andará a Monotemática? Terá sido finalmente abduzida?

      Excluir
    4. The fool é um sopro de inteligência em meio a esse monte de bobagens, xingamentos e clichês proferidos por essa horda de militontos que invadiu esse blog...

      Excluir
    5. Comentário ponderado já fazem o Gregorio Duvivier e Cora Ronai. A história se constroi com a subversão da ponderaçao. Bobinhos....

      Excluir
    6. Eu concordo The Fool que a economia está assim por causa da má administração do PT desde o segundo mandato do Lula, mas me referi à situação no geral do governo.

      Excluir
    7. TheFool não diz absolutamente nada de novo pra quem lê os colunistas da Veja e assiste GloboNews. Acho que encanta as pessoas aqui porque o pessoal só costuma acessar sacanagem e rede social.

      Excluir
    8. The Fool
      açucega minino. Isso aqui é variedades, tu tá fazendo papel de palhaço se levando a sério assim, aqui. Na sequência vem um post maravilhoso sobre a vida dos golfinhos, e tu potencializando uma situação que se assemelhava... bla

      Excluir
  18. Saudades da Mono pq teoria economica eu leio no jornal o dia todo. Nos comments eu quero é a manifestaçao do capeta em forma de comentário, ET, maçon e illuminati.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se isso não foi queima de arquivo do Mono não sei mais o que é.

      Excluir
    2. O que me estranha é que abduzida ela não foi, pois continua postando em seu blog. Ou então foi abduzida mas a nave dos amigáveis nígenas tem wifi.

      Excluir
  19. Nossa como ainda tem lulopetista em pleno 2015? Chegam aqui com conversinha de transformar tudo em humor ou trazem dados que se eu quisesse ia no transparencia brasil, essa praga de esquerdopatas comentando em blogs e redes sociais é pior que baratas, as ditas capazes de sobreviver a hecatombes... Pobreza intelectual disfarçada de boas intenções é phoda.

    ResponderExcluir