segunda-feira, 3 de agosto de 2015

CABEÇADA NA PAREDE

Logo depois de lançar com pompa o número comemorando seu 20o. aniversário, a revista gay francesa "Têtu" (que quer dizer "teimoso" ou, hmm, "cabeçudo") anunciou seu fechamento. Como presente de despedida, a edição derradeira pode ser baixada inteiramente grátis do site. Que talvez continue: a "Têtu" está procurando um novo dono, que lhe garanta sobrevida online. Tomara, porque, ao lado da americana "Out" e da britânica "Attitude", a "Têtu" era uma das três grandes publicações voltadas para o público homossexual masculino. Mas não chega a ser surpresa que ela tenha terminado. Os tempos estão bicudíssimos para qualquer coisa que se venda em bancas de jornais. Aqui no Brasil já perdi a conta de quantas já fecharam, de todos os gêneros. E pensar que há alguns anos tivemos um boom de revistas gays: de uma hora para a outra, surgiram a "Junior", a "Dom" e a "Aimé". Só a primeira sobrevive, e mesmo assim eu não tenho lhe dedicado muita atenção. Talvez porque eu não seja junior: me encaixava muito mais numa outra revista da mesma turma, a "H", com a qual eu tive o prazer de colaborar e que infelizmente durou pouco mais de um ano. Um dos problemas crônicos foi a falta de propaganda, que raramente furava o cerco de produtos e serviços dirigidos ao "mundinho". E ainda teve a épica "G Magazine", que em sua última fase diminuiu os paus duros e tentou ser fina como a concorrência, mas não adiantou. Putaria hoje em dia a gente vê na internet, e as notícias circulam nas redes sociais. Quase nem existem mais blogs... Mas eu vou continuar escrevendo, vou continuar dando cabeçada, nem que meu último leitor seja a Monotemática.

25 comentários:

  1. Hahahaha poxa Tony se a Monno for sua última leitora acho que vc devia ir no blog dela também e postar umas maluquices, falar de iluminatis, de horóscopo, de aliens e toda essa coisa boa.

    Sobre a Têtu é uma pena mesmo. Mas se bem que o conteúdo online deles é interessante também. Espero que consigam continuar com o site. Vou continuar a ler até Ed Kunha virar o Primeiro Ministro, quando ele instituirá a teocracia no Brasil e controlará a internet com seu exército de geek-crentes treinados pelo partido comunista chinês a censurar conteúdo imoral e impróprio para as pessoas de bem.

    ResponderExcluir
  2. A Mono cairá e eu ainda estarei aqui, meu amor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa me adora, me respeita e tem um profundo carinho por mim!...

      Excluir
    2. Você sabe que te amo desde antes de você fazer sua cirurgia de mudança de sexo, quando ainda era o então viril 5D! Beijo e me liga!

      Excluir
    3. Cairá meu cú!

      Traíra!

      Mas verdade, desde que virei a Monotemática fiquei um pouco mais aceita. Não sei se é porque decedi me assumir mulher! Então as anônimas se sentiram fortalecidas. Ou se deixei de ser The5DRaver então a xenofobia diminuiu contra minha pessoa! Sei que cai mais no gosto popular nessa mais recente afetada versão.

      Excluir
    4. Xenofobia? Nós nem sabemos sua etnia, nacionalidade ou procedência. A não ser que vc queira que deduzamos que vc é um filhote de alien e eu sou muito lerdo para ter percebido.

      Excluir
    5. É a numerologia do nome Monotematica que é mais forte pro apelo de massas que o 5DRaver. Liguei pra minha amiga Aparecida Liberato que confirmou. Os extraterrestres acreditam em numerologia? Os illuminattis e maçons a usam a seu favor?

      Excluir
  3. kkk ter um leitor como a monotemática é um privilégio! num mundo cheio de inimigos, Tony é um porto seguro... censurador da mono às vezes, mas ainda assim um porto seguro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bastaram uns elogios pro Bruno começar a se sentir todo todo hem...

      Excluir
  4. as redes sociais como fonte de informação tbm n vão durar, até pq o facebook é uma ferramenta de controle social americana, o seu feed pode ser manipulado para te instigar a acreditar em certas coisas, muitos dos 'coups' recentes tiveram o apoio do facebook; tunisia, egito, etc...a coisa é feia na rede social do Mark Zuckerberg...Hj acordei com raiva qdo assisti o Boechat falar da lava jato, impressionante como o brasileiro da tiro no proprio pé, n percebe q querem (USA) botar o psdb no poder pra que eles entreguem a tão cobriçada petrobras e n só isso estão mais uma vez quebrando nossas pernas, como o Eduardo Galeano já dizia....mas dessa vez isso vai acabar mal.

    Mono tamo junto!

    ResponderExcluir
  5. Que pena....adoro sentir a revista, pegar no papel, tipo ritual mesmo!!! Leio muito na internet...mas a revista e o livro impresso me fascinam.O problema era o preco que elas chegavam para o consumidor....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Miga, gosto de pegar e sentir mesmo é um bom pau. Revista é muito século passado...

      Excluir
    2. Nega. Para quem gosta, sentir a revista, pegar no papel, é tão bom em sua hora, quanto sexo. Mesmo porque, ninguém fica fazendo sexo o tempo todo. Amplie suas fontes de prazeres.

      Excluir
  6. O problema nao se encontra apenas nas publicaçoes destinadas ao público gls nas bancas de revistas. Os sites destinados aos gays estão amargando também e o fim já se anuncia. O ponto é que o gay não quer mais ser visto como público separado, personalidade específica, consumidor gay, pink business, marcas para gays, etc...ficou tudo muito cafona, o q o próprio gay, sempre muito moderno e antenado, evita. Resta ainda alguns poucos, tentando manter seus negócios, com festas e sites, atrás da popularidade que o meio permite por ser pequeno. Sendo honesto, não acho que esse seja um caminho ruim. O que o gay tem de positivo para contribuir para o mundo tem que ser partilhado em publicaçoes para todos e nao para gays apenas. Revistas como a GQ publicam esse monte de superficialidade que alguns gays adoram. O colunismo gay é tão cafona quanto coluna social de cidade pequena do interior de SP.

    ResponderExcluir
  7. Eu, gay, não quero fazer parte de um universo gay. Eu quero fazer parte do universo.
    Se o que o gay busca é fazer parte de um mundo diverso, por que segmentar? Artistas como Sam Smith, Rick Martin, etc...podem falar abertamente sobre seu trabalho em qualquer revista, seja ela de papel ou eletrônica.
    O Tony Goes hoje é um blogueiro gay que escreve na Folha para qualquer público. O caminho é esse...
    Todos sabemos que essa segmentação apenas alimenta o bolso de alguns empresários que reforçam estereótipos para lucrar sobre mentes extremamente vazias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A coluna do F5 dele não é voltada para o público gay.

      Excluir
  8. Sam Smith parece um garoto que trabalha no mc donald com a roupa da moda, e as guri adora esse chato.

    ResponderExcluir
  9. hahahahah adorei a homenagem pra monotemática. Tony, sou seu leitor assíduo desde 2010, apesar de não aparecer muito nos comentários... ;)

    ResponderExcluir
  10. Que pena que acabou.Continuaremos aqui com o Tony e a Mono.

    ResponderExcluir
  11. O mio babbino caro
    Agora o Monotemática é uma estrela. E agora que ele vai aloprar de verdade.
    Tudo muda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bicha, é só um blog! De guetto! Gay!

      Estrela?

      Não viaja!

      Seremos sempre subcelebridades que nadam em bosta de esgoto em qualquer chuvinha por local de nascimento!! Nunca esse papo furado de "estrela". Tudo leva tiro na cara em sinal vermelho. Ou é assaltado na rua.

      Nem vidro blindado esconde essa realidade!

      Excluir
  12. Shirley Rose - Petista Convicta3 de agosto de 2015 19:36

    É que antigamente conhecimento era coisa da elite.

    Hoje é do povo, tá na internet.

    Vários coxinhas aqui.

    ResponderExcluir
  13. Saudades da "G Magazine", na sua época áurea de paus duros (tristeza o que aconteceu depois, para concorrer com as "Juniors" da vida)... Quantas homenagens prestadas a Matheus Carrieri, Rodrigo Pavanello e tantos outros (Vampeta não, sorry)...

    Uma que também foi boa no segmento: "Homens"...

    E a melhor revista comportamental foi a "Sui Generis".

    ResponderExcluir
  14. Tempos difíceis, até o Mix Brasil sumiu, n tem mais notícia, Junior deixou de circular... Fora o site A Capa, n existe mais mídia gay hoje

    ResponderExcluir