sexta-feira, 31 de julho de 2015

HAVAS NAGILA HAVAS


Voltei a me encantar com uma voz feminina depois de um bom tempo só ouvindo marmanjos. A responsável pela minha cura gay auditiva é a britânica Lianne La Havas, filha de pai grego com mãe jamaicana. O som dela não traz novidades, mas é perfeito para se ouvir rolando entre lençóis. E o mais legal é que, apesar de possuir um vozeirão, a moça não é adepta da escola "The Voice". Não precisa urrar para mostrar que canta bem, o que já é um alívio.

15 comentários:

  1. Tony, que sintonia boa, rs. Estava ouvindo este álbum, (adoro o disco anterior dela) e na metade da audição, abro seu blog e, olha ela aqui, de novo!!! Voz linda e que, ao vivo, acho mais bonita ainda. Abraço! Ah...leio sempre seu blog, mas primeira vez comentando. Salve La Havas!!!

    ResponderExcluir
  2. Linda voz....
    Tony, você já assistiu Sense8?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, já fiz post a respeito aqui no blog e coluna no F5.

      http://tonygoes.blogspot.com.br/2015/06/orgia-telepatica.html

      http://f5.folha.uol.com.br/colunistas/tonygoes/2015/06/1644452-com-a-serie-sense8-os-wachowski-repetem-que-voce-pode-ser-outra-pessoa.shtml

      Excluir
  3. Kkkkk!!!! Viu o discurso da Dilma???? Quem escreveu aquilo pra ela?

    ResponderExcluir
  4. Esperando a Mono fazer um comentário sobre a estética da capa do album da moça e complementar dizendo que preto gosta de tudo vivo e colorido assim mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem tinha notado.

      Não cheirou nem fedeu quando vi o clipe. Mas agora aquelas folhas de banananeiras no fundo não me lembrou meu comentário sobre o pianista sem eu sequer ter tido ideia???

      Briincadeiras a parte, eles gostam mesmo! É uma caracteristica boa! Feliz!

      Excluir
    2. Mas podemos dismembrar semioticamente que ela está na frente de uma hóstia (estrela solar) e que as flores se diviem em 3 de cada lado.

      Ou seja o 33 mas de modo hermético: "assim na terra como no céu" que é o efeito espelhado do logo do X da caixa e do BB do Banco do Brasil.

      Que eram supotos de serem laicos, mas carregam simbologia maçônica às claras PARA AQUELES QUE TEEM O INTELECTO PARA DECODIFICA-LOS.

      Excluir
    3. Também acho. Branco tem muito mal gosto. Faz as coisas tudo sem cor, sem alegria. Música branca é só cópia do que outras etnias fizeram de bom, do Jazz ao Blues ao Rock ao Samba ao Hip Hop. Religião, só gente crucificada, chibatada e sofrendo. Aposto que inventaram esse papo de colônia só para roubar dos povos que eles invejavam.

      Excluir
    4. DESmembrar. Monogramática que não é!

      Excluir
    5. Valeu corretor automático!

      É Monosequela!

      Excluir
    6. Mono, bem?
      Juro que n te acompanho! Mas, adoraria!
      Galera pega no seu pé, to ligado... Mas qdo leio seus comments, me sinto mais Idiota/ Burro, de q qdo leio aos posts do Tony. Mas, devo ser eu. Relax!


      Bjo!
      Vgn

      Excluir
    7. É só ir no meu blog: the5draver.wordpress.com

      Tem coisas interessantes lá... É diferente daqui! (E acho que de qualquer lugar...)

      Mas não liga não, eu sempre fui considerado muito inteligente...

      "Eles" que me vigiam 24/7 já deixaram bem claro isso para mim através das pessoas que fazem "teatro" comigo (não escola de teatro, mas teatrinhos)... Minha mente realmente é interessante!

      Tanto é que faço o Sol emanar Raios Violetas (os mais altos raios da Criação) com eles... (meus pensamentos)

      Vamo levando um dia de cada vez, porque eu realmente não tenho a mínima ideia de onde esse jogo TÃO LONGO E CANSATIVO irá parar... (mais de uma década).

      Excluir
  5. Acabei de ouvir algumas musicas, e ela e realmente Foda. Ameiii!
    Mas fui guinchado pelas cuecas ao escutar a musica Is Ur Love Big Enough...something like that.
    As cantoras Pop brasileiras infelizmente n se inspiram nas cantoras europeias, muito triste. Preferem ir no easy...no ultimo grito americano, sempre.


    Vgn

    ResponderExcluir
  6. A voz me lembra um pouco Joss Stone e o estilo, Janelle Monae.
    Tokyo é minha preferida.

    ResponderExcluir