sexta-feira, 15 de maio de 2015

DIVA BEESHA PARA ADULTOS


Passei da idade de comprar um álbum inteiro da Britney Spears, e muito. Também não me identifico com os hinos de autoajuda da Katy Perry, nem com os conselhos para adolescentes feios da Lady Gaga. Ao contrário da Miley Cyrus, já descobri minha sexualidade há muito tempo. E mesmo Madonna, que é mais velha do que eu, às vezes envereda por umas letras sobre briguinha com namorado que faça-me o favor. No entanto, eu me recuso a encarnar o clichê da minha idade e migrar para Billie Holiday ou Maria Callas. Gosto de ambas, mas cresci na era da discoteca: ainda quero bailar, mesmo que mentalmente. Mas com quem? Com Róisin Murphy. A ex-vocalista do Moloko vem fazendo uma carreira solo interessante, mais preocupada em experimentar do que em vender zilhões. Em 2014 ela lançou um dos meus trabalhos favoritos do ano: o EP "Mi Senti", só com canções italianas clássicas em arranjos eletrônicos moderninhos. E agora ela volta com "Hairless Toys", seu primeiro álbum completo desde 2008. São só oito faixas, algumas longuíssimas - "Exploitaition", cujo vídeo está aí em cima, aparece numa versão com mais de nove minutos. Mas minha predileta é "Evil Eyes", menos agitada mas ainda sacolejante. É dance music para gente inteligente e de paladar apurado. Ou, em outras palavras, para idosos como o senhor vos fala.

15 comentários:

  1. Mudando de assunto, e o casamento do primeiro-ministro do Luxemburgo, Xavier Bettel.

    ResponderExcluir
  2. To aqui pesando se compensa ver ela num festival-de-música-eletrônica com um monte de jóvi indo pelos djs e pelo colocón de verão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O povo ainda se coloca? Que preguiça...

      Excluir
  3. E mesmo Madonna, que é mais velha do que eu, às vezes envereda por umas letras sobre briguinha com namorado que faça-me o favor. MANDOU BEM TONYAH

    ResponderExcluir
  4. Amava o Moloko, no início dos anos 2000. A vozinha da Róisin é qq coisa!

    ResponderExcluir
  5. Meu deus que triste que deve ser ficar velho

    ResponderExcluir
  6. Dá nojo o Twitter ultimamente. Os gays só falam na Britney. Nao tem gay metaleiro, nao? Parece que todo mundo é pop!

    ResponderExcluir
  7. Parece Ambient Music. Aliás, parece não, é! O que não quer dizer que seja ruim, mas tbm não é comercial

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que é ambient não! É minimal techno cantado. Que é muito mas muito raro. Com o final mais pra tech-house.

      Excluir
  8. Bom, eu continuo ouvindo rock. Sinto-me até antiquado, rock não está mais em alta, mas estou me lixando para isso.
    Os serviços de streaming abriram uma nova possibilidade. Ando encantado com Ella Henderson (que não é rock) e com Imagine Dragon (que é rock). Mas não ando me identificando com divas mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sandy ama imagine dragon kkkkk

      Excluir
  9. Amo a Róisin! Finalmente a mulé lançou um álbum novo! Overpowered é um dos meus álbuns preferidos da vida. E só tenho 37.

    ResponderExcluir
  10. Tá delícia esse álbum, Evil Eyes é minha fave tb. É uma de-lí-ci-a de ouvir chapado.

    ResponderExcluir
  11. Vários cartazes dessa mulher aqui nas ruas de Berlim (não, não sou o Daniel-Hansa)

    ResponderExcluir
  12. Por isso que eu tenho sido fiel a Grimes (claire boucher) porque ela é uma das poucas que surgiram com uma proposta nova de pop, com uma pegada bem alternativa (somos de gerações diferentes) sem sexismo e até um feminismo, alem de moda estilo e originalidade, as pessoas não deveriam ligar, mas a Billboard considerou o clipe Genesis um dos melhores desde 2010
    também tem a rapper Azealia Banks, também numa cena novaiorquina mais undergroud, uma puta cantora, mas porem não tem a atenção da midia musical porque fala muita besteira e arruma muita confusão e sofre um certo preconceito, ainda em 2015 por ser negra, a mídia dá atenção pra Iggy Azalea porque alem de um marketing fortíssimo $$$, ela também é mais neutra nas declarações, com neutra quis dizer cagona
    enfim, tem coisa muito boa que ninguém tem dado atenção.

    ResponderExcluir