sexta-feira, 24 de abril de 2015

NÃO ACHO AGRADÁVEL

Bibi Ferreira nasceu numa família de artistas, e passou a vida inteira dentro do teatro. Ou seja, sempre conviveu com gays. Por isto mesmo que é um pouco chocante sua resposta ao jornal "O Globo", quando lhe fizeram a inevitável pergunta sobre as lésbicas idosas de "Babilônia": "Essas coisas assim... não acho agradáveis nem modernas. Não acho bom." Muita gente já está atacando a veneranda atriz, outras tantas assinam embaixo de seu suposto preconceito. Não vou fazer nem uma coisa nem outra. Bibi tem 92 anos, e, por mais liberal que tenha sido sua criação, ela ainda cresceu numa época em que a homossexualidade era tabu. Ou seja: ela é fruto de seu tempo - aliás, como cada um de nós. Por isto não acho agradável condená-la, e ainda menos endossá-la. A esta altura, Bibi já está acima do bem e do mal.

38 comentários:

  1. Desculpe, mas não está não.
    Eu com apenas 29 anos adoro a Bibi. A mulher é um vulcão no palco e o desfile da Viradouro em homenagem a ela anos atrás me emocionou.
    No princípio pensei como vc. Pô, 92 anos, outra geração, etc e tal. Mas aí pensei no outro lado: familia de artistas, sempre a frente de seu tempo, conviveu com gays a vida toda e seu publico gay é considerável.
    A essas ponderações, acrescentei outra q pra mim foi definitiva em não ficar de boa com essa opinião lamentável dela: Fernanda e Nathalia não são muito mais jovens q ela e, no entanto, toparam fazer o papel e tão lidando exemplarmente com as críticas. Aliás, em sua declaração Bibi ainda acabou sendo um tanto deselegante com as companheiras de profissão.
    Por fim, todo mundo tem direito a ter sua opinião e eu, vc e todo mundo tb temos o direito de criticar essa opinião. Sinto muito por Bibi, mas não posso ter um peso e duas medidas de acordo com quem profere seus pensamentos homofóbicos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raramente não concordo com os posts de Tony, mas desta vez discordo completamente, inclusive pelo argumento principal que você apresentou: Por que a Fernanda(atriz da mesma geração) defende a causa gay?

      Faltou inteligência e sensibilidade a grande atriz Bibi Ferreira, e isso não a diminui como atriz, mas a diminui como ser humano.

      Excluir
    2. Raras vezes concordo com poste de quem assina "Anônimo". No inicio do poste de Tony, cheguei a concordar com ele. Mas com o seu argumento é impossível entender e defender "Bibi Ferreira". Isso deixa claro que preconceito não tem idade e classe social! Preconceito contra orientação sexual, é inadmissível, vinda de qualquer pessoa. Mas quando vem de um(a) artista é; INACEITÁVEL, INCOMPREENSÍVEL E CHOCANTE!!

      Excluir
  2. Homofobia tá na moda miga

    ResponderExcluir
  3. Errado Tony.
    Ninguém está acima do bem e do mal quando o assunto é direitos básicos de outro ser humano!
    E falar que ela é fruto do tempo dela pra permitir que ela reproduza preconceitos cruéis não é adequado.
    O tempo dela, e o seu, é agora! Alguém minimamente inteligente sabe ver que o mundo muda e que é preciso se adaptar sempre, e não ficar carregando pro resto da vida as lições erradas aprendidas.
    Não estamos em 1940, e ela é uma figura pública e ainda que tenha nojo de bichas, deveria ficar calada.
    Se não tem nada de bom pra falar do amor entre duas mulheres, honre os seus 92 anos de idade e fique calada.
    No mínimo, ela provou que é uma pessoa pouco inteligente e pouco educada. E isso nada tem a ver com idade.
    Se ela quiser, ainda dá tempo de aprender sobre o amor...

    ResponderExcluir
  4. O mio babbino caro
    Discordo. Enquanto há vida não há porque colocar pessoas acima do bem e do mal. É sim um desalento saber que durante todos esses longos anos essa senhora teve esse conceito sobre uma parcela da humanidade vítima de tantas atrocidades. Dia após dia ela conviveu conosco e foi incapaz de perceber o amor em nossos olhos. Me sinto devastado,traído, enganado

    ResponderExcluir
  5. 92 anos.. e tomando pela lucIdez, não aprendeu o básico!

    ResponderExcluir
  6. Acima do bem e do mal? Faz-me rir, Tony. Patético.

    ResponderExcluir
  7. Isso parece recalque dela. Filha de artistas consagrados mas nunca fez nada relevante na tv ou no cinema e por causa disso pouco sera lembrada... E nao me venha falar q ela é uma grande dama do teatro bla bla bla pq a verdade é q rainha mesmo é Fernanda, representante no nosso país de varias geracoes de atores e atrizes, cheia de sucesso e o mais importante: dona de uma percepcao bem clara de si mesma e do tempo e lugar que vive, é so dar uma lida em suas ultimas entrvistas pra se dar conta q a mensagem de tolerancia nao é so uma questao de contexto, é tb fruto de uma sensibilidade genuina, que nao depende de idade. Grande decepcao, Bibi Ferreira.

    ResponderExcluir
  8. Eu cresci em uma época em que "Os trapalhões" faziam piadas homofóbicas e racistas (como chamar um negro de "urubu"). E ainda assim quero crer que ao crescer eu não adquiri e nem passei estes vícios a outras pessoas. E se eu pude fazer isso, ela que viveu em círculos intelectualmente muito mais privilegiados do que eu poderia ter feito também. Mas não fez. A declaração dela mostra que ela parou no tempo, e que não consegue mais evoluir. Então é hora de botar o carimbo de VENCIDA nela, e aceitar que a contribuição dela para este mundo já foi dada.

    ResponderExcluir
  9. Tony, miga, para que tá feio de novo! Assentir que ela está "acima do bem ou mal" e que é "fruto do seu tempo" é quase a mesma justificativa que você usou (pessimamente) ao insistir em referir (erradamente) às travestis como os travestis. Pensando assim você dá espaço pra nossas inimigas nos atacarem dizendo que Deus fez Adão e Eva e não Adão e Ivo, ou que a família é fruto da união de homem e mulher. É o mesmo tipo de argumento preconceituoso e anacrónico. Shame on you!

    ResponderExcluir
  10. Seu texto parece de alguem que busca mais espaco no cenario artistico e nao pode criticar os colegas da panela. Vc critica todo mundo. Pq nao a Bibi? Se o mesmo ocorresse com uma senhora qualquer desconhecida a sua atitude seria a mesma?

    ResponderExcluir
  11. Tony, só um off topic aqui, rapidinho:
    - Você que é tão versado em cultura pop, já ouviu falar da Baronesa Nina van Pallandt?

    Ela formou com o seu ex-marido um duo (Fredrik & Nina), que fez um relativo sucesso na Europa nos anos 60, com canções estilo calypso (apesar de serem dinamarqueses).

    Ela também trabalhou no filme "American Gigolo", com o Richard Gere.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Nina_van_Pallandt

    https://www.youtube.com/watch?v=G3Q2STf_wvM

    ResponderExcluir
  12. Quando o bolsonaro completar 92 anos (gente ruim nao morre cedo) ele estara entao perdoado pela sua ignorancia. Homofobia eh uma prerrogativa dos jovens.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o Sarney, aquele câncer que deambula, acho que já está na hora de revermos nossos conceitos sobre o pobre e perdoa-lo por todo mal que causou e ainda causará ao país!

      Excluir
    2. Eu não ia responder a nenhum comentário, porque não consigo ser mais claro do que fui no post. Mas este aí acima é de uma imbecilidade total. Sarney fez o mal a vida inteira, roubou o quanto pôde e tornou o Maranhão um dos estados mais pobres do Brasil. Bibi é uma grande artista, e só manifestou que não gosta de VER o casal de lésbicas idosas na TV - não atacou o casamento gay nem disse que odeia os gays. Claro que ela tem inúmeros amigos gays, a começar por seu empresário. Mas ela vem de um tempo em que essas coisas eram escondidas. Não evoluiu? Não, e isto é ruim. Mas a comparação a um malvado de verdade como o Sarney não cabe, sorry.

      Excluir
    3. Hmmmm... Tb achei um pouco exagerada a comparacao com Sarney, um demonio em forma de gente, mas pense melhor comigo, Tony. Se ela diz que nao gosta de "ver" porque nao acha "legal" é perfeitamente natural pensar q existe ai implicito um juizo de valor moral que pode ser entendido TAMBEM como uma forma de discriminacao. Nao da p minimizar o efeito da dclaracao da Bibi agora dizendo "ela so nao gosta de ver", ate porque a impressao que se tem diante desse discurso e muito parecida com aquela que se tem quando alguem diz "nao sou homofobico, inclusive tenho varios amigos gays, so nao acho legal e nao gostaria de ver na tv". Ok, ela pode nao ter dito q odeia os gays mas esse discurso dela e mediano demais pra quem se considera uma artista.

      Excluir
    4. Pô, Tony... É vdd q não foi nada muito agressivo, mas não dá pra atenuar com esse "ela só disse que não acha legal de ver na TV". Não tenho certeza, mas acho q foi aquinmsm nesse blog q aprendi uma coisa: pra saber se é homofobia, troque gays por negros e se vc identificar racismo então tb haverá homofobia. E é exatamente este o caso. Troque o casal lésbico por um casal de negros ht ou msm um casal inter-racial e reproduza a fala de Bibi e BINGO! Racismo detected, portanto, homofobia detected também.
      Ngm deve perder a linha na crítica a Bibi. Primeiro pq acho pouco produtivo e segundo pq ela realmente não foi agressiva, mas não dá para deixar de criticá-lá só pq ela é a Bibi.
      Como disse um comentarista, tratando-se de dos humanos ngm está acima do bem e do mal.

      Excluir
    5. não sou homofóbico MAS não gosto de ver casais de lésbicas. É assim então, Tony?

      Excluir
  13. Existe alguém acima do bem e do mal? Por favor! Tire-a do pedestal. Se ela estava em tal privilegiada posição, depois do comentário preconceituoso, não está mais. E cuspir na cara de boa parcela de quem a admira...lamentável.

    ResponderExcluir
  14. Idade nao é desculpa. Meus avós, por exemplo, com mais de 80 anos os dois, nunca me recriminaram, ao passo que meus primos adolescentes sao estupidamente preconceituosos. E cresceram em cidade grande, enquanto os velhinhos passaram a vida toda no interior de Minas Gerais onde a palavra "homossexual" sequer era conhecida.

    ResponderExcluir
  15. Ela deveria se calar, no mínimo; ou confessar sua homofobia somente ao travesseiro. Bola fora total.

    ResponderExcluir
  16. Sou muito mais Natália e Fernanda. ...#bibirecalcada#

    ResponderExcluir
  17. Je suis Tony.

    No fim da vida, meu avô ainda achava que determinados comportamentos eram coisa de "desviado". Mesmo eu, com já 20-e-muitos anos na cara e assumidérrimo pra minha família, resolvi não fazer patrulha ideológica nele. Iria mudar o quê na vida dele, minha e de todo mundo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato. Obrigado.

      Bibi Ferreira não é homofóbica. É velha. Não é exatamente a mesma coisa.

      Excluir
    2. é velha E também homofóbica. Nâo é a mesma coisa mesmo. Tá cheio de velho aí que não é.

      Excluir
    3. e não é exatamente diferente. mas ela vai pro caixão em breve, realmente não vale a pena perder tempo com essa senhora.

      Excluir
    4. Ahhhh nao se deve questionar a declaracao da Bibi pq ela e velha e seu discurso e apropriado para a idade q ela tem. Inclusive a Fernanda Montenegro e a Natalia Timberg to achando hmmm modernetes demais, quem elas pensam que sao ne? Alguem, por favor, pra lembra-las das respectivas datas de nascimento? Obg? De nada.

      Excluir
    5. Tony, a Bibi é sua vó, também?

      Excluir
    6. Justificar algum comportamento com o argumento de que a pessoa é "velha" e que por isso pode tudo é gerontofobia da sua parte. Idosos não são coitadinhos, não são vítimas, não são menos nem mais do que ninguém. Só estão em uma fase diferente da vida, que precisa de alguns cuidados específicos.
      E quando você os poupa do debate, dizendo que a suas opiniões não devem ser contestadas, você está na verdade tirando eles do debate, dizendo que a opinião deles não conta! Conta sim! e quando estiver errada, tem que ser debatida e combatida.
      Respeito aos idosos inclui aceitar as suas opiniões como válidas e como parte da sociedade em construção...
      Eles não morreram ainda.
      Não tirem deles a chance de fazer parte do mundo, mesmo que seja da forma errada e exalando preconceito, como a Bibi.

      Excluir
  18. Na época dela divórcio era tabu. Sem mais.

    ResponderExcluir
  19. Indo um pouco além, não sabemos qual é a relação dela com suas contemporâneas Fernanda e Nathália. Normalmente essas reações me incomodam, mas não me pareceu algo que desabone a vida dela. Se formos comparar, Chico Anísio e Jeremy Irons foram bem mais infelizes do alto de seus inquestionáveis talentos...

    ResponderExcluir
  20. Jeremy Irons foi uma decepçao! Toda vez que o vejo me lembro de sua"opiniao" desastrosa!

    ResponderExcluir
  21. Nao me impressiona o comportamento dela por ser velha. Mas me impressiona o seu de defender um artista pq "pode tudo". Num momento de democratizacao e universalizacao da arte, fica fora de contexto defender velhos herois construidos pela elitista classe artistica brasileira. Os novos herois nao estao na Globo, mas na internet. Esses sim devem ser protegidos.

    ResponderExcluir
  22. Sempre a achei uma "patricinha" prepotente afetada. Então o que ela pensa para mim em termos de tudo, não vale nada!

    Minha avó é muito mais divertida e cabeça aberta. Adora me contar sobre os gays das novelas "tão divertidos" (na época do "Clô"), sem discriminação com eles ou comigo!

    VIVA A MINHA AVÓ!

    ResponderExcluir
  23. Concordo com o post.
    ps. Carinho respeito e abraço.

    ResponderExcluir