quinta-feira, 5 de março de 2015

GORILAS, GUERRILHA E GANÂNCIA


Todo mundo assina o Netflix para assistir "Breaking Bad", mas o serviço oferece muito mais do que séries badaladas. Como documentários que dificilmente chegariam ao Brasil de outra maneira: é o caso de "Virunga", indicado ao Oscar deste ano. Virunga é um parque nacional no nordeste no Congo, o último santuário dos cada vez mais raros gorilas da montanha. O lugar é deslumbrante, com um vulcão ativo e uma fauna de cair o queixo. Mas deu azar em dose dupla. A região é devastada por movimentos separatistas que no fundo só querem faturar um troco, e cobiçada por companhias inescurpulosas por causa do petróleo sob o lago Eduardo. Nesse fogo cruzado, sobra para os bichos e para a população. O documentário foca em alguns personagens do bem: um guarda florestal, um cuidador do orfanato dos gorilas, uma jornalista francesa. E termina com "disclaimers" legais da petroleira Soco, que, depois de anos trabalhando na surdina, foi desmascarada por causa do filme e agora se ve em palpos de aranha. A verdade é que precisamos prestar mais atenção no que se passa na África.

4 comentários:

  1. Os indicados ao Oscar de melhor doc esse ano são todos excelentes, doc é um dos meus gêneros favoritos ^^

    ResponderExcluir
  2. Só agora deixei pra ver BrBa. Em uma semana methei 4 temporadas.

    A África está cada vez mais uma terra de ninguém, sujeita a virar propriedade privada de diversas empresas.

    ResponderExcluir
  3. Tá brincando comigo!!!!! Nenhum post sobre o Janot livrando o Aécio???! Sobre o fato q não saiu em nenhum portal? Sobre o fato que a folha publicou o nome da Dilma junto com o Aécio pra livrar a cara dele?? Ahhhh bee! Vc é CIA total!

    ResponderExcluir