domingo, 15 de março de 2015

EU VIM DE GRAÇA

Sinto informar que não havia distribuição de paletas mexicanas, nem garçom circulando com Aperol Spritz. A manifestação de hoje na Paulista reuniu gente de todos os tipos e bolsos - principalmente aqueles bolsos que estão cansados de serem saqueados. Sim, havia sujeitos gritando "Fora Dilma!", mas muito mais cartazes pedindo punição aos corruptos do que impeachment. O grito de guerra mais popular era "eu vim de graça", uma referência aos cachês e sanduíches recebidos por alguns participantes das manifestações de sexta-feira. No mais, um clima bastante pacífico, sem black blocs nem arruaceiros (a PM conseguiu deter o grupo "Carecas do Subúrbio", que carregava rojões, e foi aplaudida pela turba).

Eu sou um veterano da Paulista: fui às passeatas pelas Diretas Já, às contra o Collor, a dezenas de paradas gays e a três manifestações de junho de 2013. Confesso que nunca vi tanta gente como hoje, principalmente entre a Augusta e o MASP. Simplesmente não dá mais para ignorar essa massa humana, nem dizer que são apenas coxinhas e madames. Quem age assim lembra a Dilma da capa da "Veja" desta semana, vendada pela faixa presidencial. O jogo de forças no Brasil vem se modificando, e é bom ficar atento. Está mais que na hora de começarmos um diálogo a nível nacional. Aquele diálogo que a presidenta prometeu que faria quando comemorou a vitória no segundo turno, lembra?

74 comentários:


  1. Vale lembrar que não tinha partido político, nem em bandeiras ou gritos de guerra.

    ResponderExcluir
  2. Gato...vcs foram enterrados, mas ainda é só o começo.

    ResponderExcluir
  3. O decreto 8.243 (aquele da participação social, sabe?) tentava isso, mas foi tachado de bolivariano e enterrado pelo legislativo. Fica difícil...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

      Excluir
    2. é uma piada esse comentário né? Aquele decreto queria colocar o MST para cuidar do Brasil.... esse mesmo que destruiu anos de pesquisa, ou seja, fação criminosa já basta o PT, que aliás é representado por aqueles que não tem caráter.

      Excluir
    3. A participação social está de volta no tal plano anticorrupção que vai ser anunciado. Eles não tomam jeito mesmo.

      Excluir
  4. Sobrevivência. Essa é a palavra em Brasília.
    E diante de um perigo de morte(da sua carreira política, do seu partido, do dinheiro de corrupção que eles tanto amam), eles farão de tudo para sobreviver, sem qualquer limite moral, já que quebrar a moral é muito melhor que perder a vida!
    A única chance que temos é se cada um deles resolver tentar sobreviver por si só, porque aí uns passarão por cima dos outros e tudo pode implodir.
    Mas, o que é a política senão a arte de sobreviver em circunstâncias adversas?
    Executivo e Legislativo vão acabar chegando num acordo pra se manterem todos vivos e roubando.
    Foi assim em 2013, e ali havia uma grande eleição iminente que deixava todos de orelhas em pé.
    Agora, os 50 milhões que perderam as eleições serão solenemente ignorados por mais 4 anos. E quanto mais protestarem, mais impostos pagarão.
    Vamos aguardar a PF, o MPF e o STF trabalharem...
    As armas que eles tem contra o Partido são melhores que qualquer intervenção militar ou impeachment.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei muito da sua análise, Bruno. Realmente virou questão de sobrevivência política.

      Excluir
  5. Na sexta, a PM disse que tinha 12 mil... A Datafolha disse que tinha 42 mil... Hoje a PM disse que tinha um milhão e a Datafolha disse que tinha 210 mil... peraí, como pode um erro tão grotesco? Mas, convenhamos né Tony que sexta tinha um monte de gente simples que faz muita diferença 3,50 do ônibus e hoje tava lotado de gente de classes altas que não tem problema nenhum com falta de dinheiro... São extremos da sociedade...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na sexta, quem passava no estacionamento do Estádio do Pacaembu em SP, via as dezenas de ônibus alugados pela CUT que trouxeram os "manifestantes" que subiram para a paulista.. Ninguém ali pagou "3,50 do ônibus"... Se tivesse mais gente pra trazer, a CUT e o PT teriam custeado o transporte dessa "gente simples'...
      E manda a Dilma passear na 25 de Março em SP, ou em qualquer rua de comércio popular no Brasil e você vai ver a imensa vaia que ela vai levar...

      Excluir
    2. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

      Excluir
    3. Em Recife teve gente ganhando R$ 50 pra participar do protesto de ontem. PSDB finalmente aprendendo com o PT que tem que comprar as massas. E até pagaram mais.

      Excluir
    4. kkkkk que piada, Daniel!

      Excluir
    5. kkkkk, num print de alguma coisa que vi no twitter. Até parece que eu vou me incomodar com isso e salvar.

      É ÓBVIO que o protesto de ontem foi muito mais espontâneo que o de sexta. O que não impede de ter tido manifestante pago aqui e ali, especialmente longe do Sãopaulistão.

      É ÓBVIO que o protesto de sexta foi überpatético. Aliás, se eu for listar tudo que eu acho errado que o PT/Dilma/governo andam fazendo, melhor eu voltar com meu blog.

      Excluir
    6. Volta
      volta
      volta

      Excluir
    7. Sorry. I have a life now.

      Excluir
  6. Shirley Rose - Petista Convicta15 de março de 2015 20:23

    Onde estão os pardos e negros?

    Tony, vc se uniu a uma minoria BRANCA e PRIVILEGIADA! Que não quer repartir o BOLO! Que nega os avanços deste Brasil; um Brasil que tem Belo Monte, Jirau, Santo Antônio, concessões, estádios, MCMV (Minha Casa, Minha Vida, para quem não lê).

    Enfim, isso tudo não passa de gente branca que passa férias em Miami mas esquece a dívida que o Brasil tem com seu povo.

    Dilma, que Deus lhe ilumine. O golpe jamais virá!

    Suzy Shirley.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não aguento mais a fala "só tinha branco de classe média"...E mesmo que fosse verdade, essas pessoas não são brasileiras? Não podem protestar, tem menos direitos, são menos cidadãos? O discurso petista está cada vez mais raivoso, sem noção...

      Excluir
    2. O pior cego é aquele que não quer ver.

      Excluir
    3. Shir, faz um favor rápido, vai ver a foto da posse da Dilma junto com os 39 ministros e me diz quantos NEGROS vc vê lá , e aí quem sabe podemos conversar sobre gente branca que passa férias em Miami.

      Excluir
    4. Negação da realidade é sintoma de doença mental. Convém procurar um psiquiatra. Principalmente quando se vê golpe em qualquer manifestação oposta a sua opinião.

      Excluir
    5. É foi ridiculo. Desse jeito n vai dar...vcs só seguram os votos no PSDB mantendo a desigualdade social

      Excluir
    6. Para mim a situação no país está terrível. Mas isso não me fez ir às manifestações, até porque elas são endossadas por gente do nível de Feliciano e Bolsonaro. Também não me faz pedir a cabeça da Presidenta, afinal, ela foi eleita, inclusive, com meu voto.
      Mas não é só a elite branca que está descontente, esta é ruidosa, detentora dos meios de comunicação e formadora de opinião no país. Soma-se a ela o trabalhador que perdeu sua ocupação e não consegue se recolocar no mercado de trabalho, o que comprou o primeiro carro e vê seus recursos se esvaindo em combustível, o que não consegue mais honrar seus compromissos pelo preço da inflação, o que levou um susto e tem a impressão de que estão cobrando até pela luz do sol, só para ficar em alguns exemplos.
      Esta parcela da população não ficará satisfeita até que o PT seja um mero coadjuvante no jogo político nacional. Eu me dou por satisfeito quando a Presidenta vier a público e admitir que mentiu para ser eleita, assumir os erros na gestão passada e propor medidas que surtam efeitos positivos para o país voltar ao eixo.
      E Dilmusa sai do Palácio do Planalto em 31 de dezembro de 2018. Aceitem que dói menos!

      Excluir
    7. Meu caro, não é porque Bolsonaro e Feliciano endossam as manifestações, que são direitos em lugares que não são ditadura, que elas perdem o valor. Tanto que Bolsonaro foi vaiado no Rio quando tentou discursar.
      Tinham pessoas à favor do impeachment, mas era minoria. A maioria estava por lá para mostrar descontentamento com a corrupção e com o estado do país que foi levado pela Dilma. Quem vai sofrer mais são os mais pobres. Negar o estado do país, deixado pelo PT e por Dilma, é negar a realidade. ACEITA QUE DÓI MENOS. Ela tem todo o direito de governar e tentar reparar a cagada que é ÚNICA E DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DELA. E espero que consiga. Para o bem de todos.

      Excluir
    8. E quem vai "endireitar" o Brasil? O PSDB, partido dos maçons?

      Os Militares, que acumularam dividas históricas junto com mortes de "vagabundos impertinentes"?

      Voce é um direitista sem noção!

      Se ela sofre o impeachment, quem entra é o PMDB, outro partido de maçons - esses cobras criadas mais velhas que as do PSDB.

      O problema do Brasil é a maçonaria.

      Se gabam serem os responsáveis por libertar os escravos, mesmo quando o Brasil foi o ÚLTIMO a faze-lo no MUNDO INTEIRO.

      Por aí já se sabe a mentalidade desses criminosos mafiosos mentirosos narcisistas vazios.

      Excluir
    9. 5D, os ET's te trouxeram de volta?

      Excluir
    10. Assinei como 5D, ô tonta?

      Excluir
    11. Quando a gente se chama Suzy Shirley só mesmo apelando pra Deus. Oh glória

      Excluir
    12. Relaxa um pouquinho, anônimo das 13h25. Só brinquei. E pra quem se acha um esquerdista tão cheio de noção, fica bem feio usar o feminino para se referir a gays como forma de tentar desmerecer.

      Excluir
  7. Enquanto não perceberem que esse modelo (PT ou PSDB na Presidencia + apoio do PMDB no congresso) não funciona para avançar o país, nós vamos continuar andando em círculos para sempre.

    ResponderExcluir
  8. O que mais me chamou a atencao foi o patrocinio e incentivo ostensivo da Rede Globo. Conseguira fazer o que fz em 64 ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, inclusive porque a Globo só foi fundada em 1965.

      Excluir
    2. E virou esta Globo imensa e tendenciosa durante a ditadura... Esqueceu esta parte, né Tony?

      Excluir
    3. Ja existia como jornal.. Pesquise no google o famoso editorial do Globo de 2 de abril de 1964. A concessao de televisao de 1965 foi a paga dos militares pela participacao ativa do Roberto Marinho do golpe.

      Excluir
    4. humm.. diz que foi de graca, mas recebe salario da Globo. Rs

      Excluir
    5. Gato, toda a imprensa da época apoiou os militares. UFA ainda bem, quem ia querer que isso aqui virasse Cuba?

      Excluir
    6. Ah q pena Tony, q n vai durar nem mais 10 anos...Eu já fui torturada pela UDN, Vc ve q coisa...

      Excluir
    7. Ao anônimo das 21:09: não recebo não, não sou mais funcionário da Goobo. E eu já era contra o governo antes de ir para lá.

      Excluir
    8. A Globo foi fundada em: 26 de Abril de 1965!

      2 + 6 + 4 + 1 + 9 + 6 + 5 = 33.

      33 graus da maçonaria.

      http://pt.wikipedia.org/wiki/Rede_Globo

      Pergunta se Roberto Marinho não era maçom?

      LIXO. LIXO. LIXO.

      "Suicídio" de Getúlio Vargas em 24 de agosto de 1954 (20 anos antes da Globo ser fundada):

      2 + 4 + 8 + 1 + 9 + 5 + 4 = 33.

      http://pt.wikipedia.org/wiki/Get%C3%BAlio_Vargas

      É o que eles sabem fazer: serem racistas (preto não podia entrar na Maçonaria), misógenos (mulher também não), assassinos (tanta morte em dias com simbolismo "coincidentais") e mentirosos (as mortes são dadas como 'suicídio' pelos irmãos da perícia; não libertaram niguém, mas sim seguraram a soltura dos pretos o quanto puderam - afinal foram os últimos do mundo) e homosexuais enrustidos e homofóbicos (sim, eles existem).

      Instalaram a Ditadura Militar no Brasil com ajuda da Rede Globo (fundada numa data 33, um ano após o ínicio da DITADURA).

      "Ditadura militar no Brasil foi o regime instaurado em 1 de abril de 1964 e que durou até 15 de março de 1985. De caráter autoritário e nacionalista, teve início com o golpe militar1 que derrubou o governo de João Goulart, o então presidente democraticamente eleito.2 O regime acabou quando José Sarney assumiu a presidência, o que deu início ao período conhecido como Nova República.3 Apesar das promessas iniciais de uma intervenção breve, a ditadura militar durou 21 anos. Além disso, o novo governo pôs em prática vários Atos Institucionais, culminando com o AI-5 de 1968, que vigorou por dez anos. A Constituição de 1946 foi substituída pela Constituição de 1967 e, ao mesmo tempo, o Congresso Nacional foi dissolvido, liberdades civis foram suprimidas e foi criado um código de processo penal militar que permitia que o Exército brasileiro e a Polícia Militar pudessem prender e encarcerar pessoas consideradas suspeitas, além de impossibilitar qualquer revisão judicial.4

      O novo regime adotou uma diretriz nacionalista, desenvolvimentista e de oposição ao comunismo. A ditadura atingiu o auge de sua popularidade na década de 1970, com o "milagre brasileiro", no mesmo momento em que o regime censurava todos os meios de comunicação do país e torturava e exilava dissidentes. Na década de 1980, assim como outros regimes militares latino-americanos, a ditadura brasileira entrou em decadência quando o governo não conseguiu mais estimular a economia, controlar a inflação crônica e os níveis crescentes de concentração de renda e pobreza provenientes de seu projeto econômico,5 o que deu impulso ao movimento pró-democracia. O governo aprovou uma Lei de Anistia para os crimes políticos cometidos pelo e contra o regime, as restrições às liberdades civis foram relaxadas e, então, eleições presidenciais foram realizadas em 1984, com candidatos civis."

      http://pt.wikipedia.org/wiki/Ditadura_militar_no_Brasil_%281964-1985%29

      Excluir
    9. 5D Raver é você, amor? Os Alienígenas Illuminatis te abduziram, fizeram mudança de sexo e te devolveram pra nós como Monotemática?

      Excluir
    10. 33 não era a idade daquele rapaz cabeludo que andava com um bando que tocava o terror na Galileia e adjacências pedindo o impeachment do imperador Tibério?

      Excluir
  9. Suzy Shirley,

    Veja neste link abaixo a "elite branca" a que você se refere:
    https://pbs.twimg.com/media/CAK0h1lWMAArUmD.jpg:large

    ResponderExcluir
  10. Pessoas que são a favor da impeachment e/ou intervenção militar.

    Pessoas que defendem um partido que DIZ que é de esquerda (fake) mas que faz coligação com partidos fisiologistas corruptos e evangélicos fanáticos.

    Por favor parem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente o que eu penso, AliKerouak.

      Excluir
    2. Acho muito bom o PT sentir a faca no pescoço do descontentamento do povo.

      Mas eu morreria de vergonha de estar num ato com suásticas, pedidos de intervenção militar, de dissolução do STF, de "entrega da presidência pro Bolsonaro". Viram o protesto em NY (wtf?)? Muita gente ali vai morrer de vergonha daqui a uns 15, 20 anos.

      Excluir
    3. Não dá pra concordar com absolutamente todas as expressões individuais num ato com milhares de pessoas, em dezenas de cidades. Eu mesmo morria de vergonha da exposição exagerada e desnecessária de sua condição médica no seu blog, mas nem por isso deixaria de ir a uma parada gay por você estar lá.

      Excluir
    4. Aquele blog que virou lixo espacial orbitando a internet?
      Até porque eu vou em parada gay protestar por mais tarjas pretas, né?

      Excluir
    5. Apagado mas não esquecido. E você era bem mais divertido pulando do carro de papai e culpando a mamãe por tudo do que defendendo a Dilmusa.

      Excluir
  11. Esse povo não quer o fim da corrupção, quer o PT fora do governo, achando que livrando-se de um, automaticamente livra-se do outro. Santa ingenuidade. A Dilma faz um governo merda e merece todas as críticas e cobranças, mas o objetivo ali é outro. É trocar os "ladrões" e os "corruPTos" pelos "corretos, honestos e éticos". É aquele povo formado por cidadãos "de bem" (e eles "existem" em todas as classes), com muitas pautas em comum, quase sempre conservadoras. Tenho uma grande desconfiança de que a maioria ali também é contra os "privilégios" pleiteados pelos homossexuais. Outra coisa irritante é a presença de crianças. Quase tão irritante qto criança em culto religioso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Disse tudo.

      Excluir
    2. Eu só quero trocar os ladrões.

      Excluir
  12. Tony, a globo vai contra seus interesses, mas n é só a Globo, temos a elite mais nojenta do mundo!!!!! Podre! Não existe mobilidade social no Brasil.

    ResponderExcluir
  13. Eu espero que os liberais saibam aonde estão se metendo nesse caldo conservador...

    ResponderExcluir
  14. O mio babbino caro
    Nunca havia presenciado tanta gentileza de tropa de choque com manifestantes. Lembrei-me de J. Baldwin afirmando que em qualquer parte a policia sabe muito bem quem são seus patrões. Sim, havia sujeitos gritando pela "volta dos militares" . Democracia é vendida como sendo isso aí. ....

    ResponderExcluir
  15. Tony, o mais triste n é a mídia corrupta, a PM ou a influencia do governo americano mas o poder e controle do tráfeco/crime organizado sob nossas instituições e deles. Aquele aeroporto construido com dinheiro publico para transporte de drogas, políticos atuantes no tráfeco, mostra q o crime organizado tem um poder desproporcional ao prazer temporario q proporciona. Mataram os Kennedys, os 3...pai, filho, irmão. A legalização de todas as drogas + prostituição é a única maneira de afastarmos esse poder, eles contaminam TODAS as áreas. Os EUA já estam fazendo isso com a maconha, agora devemos nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cumpra seu dever de correção ortográfica sem gracinhas, por favor!

      Excluir
    2. Morro de medo do TRAFECO. Uma vez ele mordeu um amigo meu.

      Excluir
    3. Não é TRAFECO, ó anônimo inguinorante, é TRÁFECO.

      Excluir
  16. Sou favorável as manifestações. Creio que existem vários grupos de diversas classes sociais que estão insatisfeitos. Claro que faz barulho, incomoda, mas 2 milhões que seja é muito pouco, se pensarmos que Dilma teve 53 milhões de votos. Tem que crescer ainda mais e ser um processo constante e não um evento isolado. Eu já ficaria feliz se essa medida saísse do papel: http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2015/03/1602944-levy-cede-sobre-tributacao-de-ricos-e-propoe-ao-planalto-taxar-heranca.shtml

    ResponderExcluir
  17. Viu essa? Dilma virou piada internacional no "last week tonight"
    http://youtu.be/ghoaqQxRES4

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sorry, o link correto é este: http://youtu.be/Z29XCQjMEqA

      Excluir
    2. Obrigado pela dica, já subi um post a respeito.

      Excluir
  18. Voltou a ler a Veja, Tony? Ou só viu a capa? Nao sabia que tinha saído da Globo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, não voltei a ler a Veja. Só vi a capa na banca.

      Saí da Globo em dezembro e agora estou na Fremantle, a maior produtora de TV do mundo. Mas resolvi ser mais discreto na minha vida profissional, por isto não fiz alarde aqui no blog.

      Excluir
    2. q legal Tony, parabéns. Anuncie seus projetos.

      Excluir
  19. Coxinhas vcs colocaram 1 milhao de pessoas.na avenida paulista, nos.colocamos 52 milhoes de votos nas urnas. É la que se ganha eleição. Aceita coxinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corra que a polícia vem aí 52 milhões e 1/4.

      Excluir
  20. Atacar o diretório do PT em Jundiai, segundo a Globo, foi ato de manifesto. Se fosse do PSDBosta era atentado terrorista... Dois pesos, duas medidas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O trauma da GLOBO é foda. Assista ao Canal Brasil, que você vai ficar satisfeito. Pena que a Teresa Cruvinel não está mais lá.

      Excluir
    2. Acho que você quis dizer TV Brasil, o canal estatal criado pelo Lula e onde a Tereza Cruvinel trabalhou. O Canal Brasil pertence à Globosat. Mas normal, todo mundo confunde o tempo todo.

      Excluir