domingo, 1 de março de 2015

50 ANOS PASSAM LOGO

Um dos meus maiores orgulhos aos quatro anos de idade era saber desenhar direitinho o logo do IV Centenário do Rio de Janeiro. Criado por Aloísio Magalhães, o mais influente designer brasileiro de todos os tempos, aquele símbolo "clean" era moderníssimo para a época, e se mantém forte até hoje.

Mas é de uma rigidez incrível perto da marca polivalente escolhida para os 450 anos da cidade. Dá até para escolher novos olhos, penteados e acessórios para aquela carinha no site oficial da comemoração. Claro que eu me sinto antigo por lembrar tão bem daquele grande aniversário de meio século atrás. Mas quero estar firme e forte no quinhentão.

6 comentários:

  1. Eu tambem lembro e acho mais bonito que esse novo.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  2. E eu lembro que, de início, achei a antiga logo pouco marcante. Mas fui obrigado a mudar de idéia quando, no carnaval, o Cacique de Ramos veio todo, de índio preto e branco, é claro, mas a pintura nos rostos da galera era a dita logo feita com tiras de esparadrapo branco. Glorioso designer o Aloísio Magalhães.

    ResponderExcluir
  3. Nada fez além de agradar os seus "irmãos" maçons desenhando - e repartindo - o quadrado do grau azul da maçonaria...

    http://a-partir-pedra.blogspot.com.br/2011/05/maconaria-e-filosofia-pitagorica-o.html

    Eu acho o fim da falta de criatividade.

    E puxa-saquismo!

    ResponderExcluir
  4. O mio babbino caro
    Cara. Gosto muito do Rio. Meu filhão é de lá, e acumulo muitas lembranças legais.
    "Vento do mar no meu rosto
    E o sol a brilhar, brilhar
    Calçada cheia de gente
    A passar e a me ver passar
    Rio de janeiro, gosto de você
    Gosto de quem gosta
    Deste céu, desse mar,
    Dessa gente feliz"

    ResponderExcluir