quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

MICHELLE PFEIFFER, THAT WHITE GOLD

Mark Ronson é dos poucos produtores musicais que são conhecidos, se não pela sua mãe, pelo menos por um público maior do que só os executivos de gravadoras. Foi ele quem criou o new soul de Amy Winehouse, e, nos últimos anos, emprestou seu toque de Midas para nomes tão variados como Duran Duran e Paul McCartney. Mas é quando faz seus próprios discos que Ronson expõe melhor o próprio talento. Ontem ele ganhou o Brit Award de melhor single britânico por "Uptown Funk", esse petardo comandado por Bruno Mars onde só mesmo o produtor não é americano. Uma canção sem refrão definido, que no entanto grudou no meu ouvido há mais de um mês. É o carro-chefe de "Uptown Special", o novo CD, digamos, solo de Mark Ronson. Na verdade é um tributo à black music dos dois lados do Atlântico, com participações que vão do deus Stevie Wonder ao jovem rapper Mystikal, um clone de James Brown. Um disco que com certeza será lembrado nas indicações ao próximo Grammy, e que só tem pela frente a concorrência de outro trabalho autoral de produtor: o que Giorgio Moroder está terminando de gravar.

12 comentários:

  1. Tá aqui no iTunes há dias, qse esqueço de ouvir, farei-o já. Ronson é playboyzinho mimado mas se criou com a negrada, tem meu respeito.

    ResponderExcluir
  2. Também estou com essa música na cabeça, ela é gostosa de ouvir. E o video é bem legal também.

    ResponderExcluir
  3. eu amo qd a tonyah vem e assume SOU FORMADOURA DE OPINIÃO MESMO - não gostou? morre que passa.

    ResponderExcluir
  4. Tony, tu acha que a Moroder pode trazer algo novo ou vai keep it safe? Pavor da RCA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Algo novo? Novo é uma palavra que não se pratica há umas décadas.

      Excluir
    2. Não sacrifica nem vamos discutir se o novo na arte existe ou não existe PFVR. Vocês entenderam o que eu quis dizer q eu sei mt bem vem pra cá com essa /RESPECT

      Excluir
    3. Mesmo que o Giorgio Moroder fique dentro de sua zona de conforto - que é beeeeeem larga - aposto que o resultado será maravilhoso.

      Moroder über alles.

      Excluir
  5. Ronson tem toque de Midas total. Somebody to love me ainda tá grudada na cabeça.

    ResponderExcluir
  6. Eu daria para o Bruno Mars só por causa da dancinha dessa música, SO SEXY!!!

    Aliás o Bruno Mars é o dono absoluto dessa música. Nunca vi uma feat dominar 100% da música.

    ResponderExcluir
  7. O mio babbino caro
    Sabe das coisas!

    ResponderExcluir
  8. Desculpa, mas quem é a mãe do Mark?

    ResponderExcluir
  9. Ele é mto playba pra mim...nessas horas valorizo o Tupac

    ResponderExcluir