sábado, 7 de fevereiro de 2015

BITOQUINHA ANGOLANA

Angola está em chamas por causa do primeiro gay exibido por uma novela local. Os atores Pedro Rossi e Lialzio Almeida trocaram apenas um selinho numa cena de "Jikulumessu", mas foi o bastante para a emissora estatal tirar o programa do ar. É incrível como quase toda a África, com a honrosa exceção da África do Sul, está na idade das trevas quando o assunto é viadagem. Só imagino o fuzuê que vai ser quando "Amor à Vida" passar na TV angolana - quer dizer, se passar.

5 comentários:

  1. Ah jesus! Que povo puritano!
    Mas gostei do sotaque.

    ResponderExcluir
  2. Ja vistes a novela angolana que passa na TV Brasil? É uma Vale Tudo piorada com atores negros de cabelo alisado.
    Não sei se Angola não sabe fazer melhor ou se é cota diplomática da TV Brasil.

    ResponderExcluir
  3. Bom, foi bem mais sensual que o beijo de Amor à Vida...

    ResponderExcluir
  4. O mio babbino caro
    A humanidade é meio esse lixo mesmo, houve coisa muito pior quando uma mulher resolveu não levantar de um assento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não gosto dos comentários desse "mio babbino caro"

      Excluir