terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

ACUSANDO O ACUSADOR

O PT tem uma tática curiosa de se defender: ao invés de negar as acusações, prefere denegrir o acusador. É o que estão tentando fazer com o juiz Sérgio Moro, e o que já fazem há tempos com Joaquim Barbosa. Voltaram à carga este carnaval, depois que o ex-juiz do Supremo defendeu a demissão do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Em qualquer país civilizado, a conduta de Cardozo - que se reuniu com adovgados das empresas evolvidas na Lava Jato - seria caso de polícia, mas por aqui um episódio grave como esse rende discussões inócuas. Os petistas dizem que Barbosa "oculta" intenções políticas, como se isto fosse pecado. Se o algoz dos mensaleiros têm mesmo tais intenções, então fez a coisa certa ao pedir demissão. Fora que os partidários do governo não entendem que Barbosa só é um vilão para eles mesmos. Para boa parte do Brasil, é o magistrado íntegro que conseguiu colocar corruptos na cadeia, ainda que impetuoso e cheio de vaidades. Quem sabe um dia os petistas irão perceber que essa estratégia de difamação, que deu tão certo contra Marina Silva e outros menos cotados, não é infalível nem eterna.

37 comentários:

  1. Quando as pessoas se acham - ou tem certeza - que estão acima do bem e do MAL porque "os fins justificam os meios" tudo vira escárnio!

    ResponderExcluir
  2. ..."magistrado integro que colocou corruptos na cadeia..." Vc não é ingênuo querido, ele é um canalha que engavetou processos que não lhe interessavam por às claras.
    Se ele fosse morar de vez em Miami, seria uma grata recompensa pros brasileiros.
    E talvez, pra alguma mulher espancada também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E se você fosse morar na Venezuela, com o defunto Chavez e o vivaz Maduro prendendo empresários, jornalistas e oposicionistas - todos esses grandes filhos da puta enquanto aqueles são Deus - isso seria excelsa recompensa para os brasileiros que pensam. Digo Venezuela, uma vez que Moscou virou coisa da Máfia e Cuba está loquita para se acercar más y más de los yankees.

      Excluir
    2. Tony, o post apresenta uma falha no trecho 'Barbosa só é um vilão para eles mesmos [os partidários do governo]. Você esqueceu de dizer que esses partidários do governo apresentam-se sempre em número confirmadamente decrescente e certamente com um puta perigeu nesse mandato de Frau[de] Roussef.

      Excluir
  3. Concordo totalmente que atacar a pessoa do agressor é o argumento mais desesperado em qualquer debate. E acho gravíssimo darem essas interferências no trabalho do Judiciário.

    Mas vamos botar os pingos nos is:
    -Qualquer advogado pode ingressar livremente em qualquer edifício ou recinto em que funcione repartição judicial ou outro serviço público onde o advogado deva praticar ato ou colher prova ou informação útil ao exercício da atividade profissional, dentro do expediente ou fora dele, e ser atendido. Art. 7, inciso VI, alínea c do Estatuto da OAB. E bem ou mal, o ministro da Justiça é o chefe da PF que está conduzindo o inquérito.

    -Aliás, Barbosa sempre demonstrou desprezo pelos advogados, esquecendo que não existe hierarquia ou subordinação entre eles. Não por acaso ele quase teve o pedido de voltar a advogar negado pela OAB-RJ.

    -Agora que é aposentado, o Joaquim Barbosa pode falar o que quiser. Mas ele foi péssimo no julgamento do mensalão. Violou todos os limites da função, adiantou decisões, atuou como promotor e quase legislador. E o melhor que eu consegui entender do julgamento é que foi uma forçação de barra pra mostrar trabalho Não que os réus não merecessem ser condenados, mas achei as provas todas um bom bando de conjecturas. A investigação é que deveria ter sido melhor conduzida.

    Barbosa nunca escondeu sua tucanofilia. Seu filho trabalha na Globo pro Luciano nariz de tucano Huck.

    -Aliás, o filho dele, antes de trabalhar na Globo, trabalhava pra Tom Brasil que estava sendo investigada no mensalão (oh!). Misteriosamente, a Tom Brasil ficou de fora do processo.

    -Barbosa não tem nada de íntegro ou probo. Tirava férias à la volté para saracotear pela Europa... ganhando diárias do STF!

    -Mas O Eduardo Cardoso e o Gilmar Mendes foram flagrados em conversa telefônica com o governador do MT quando ele foi preso ano passado (aqui). A parte do Cardoso mostra muita intimidade, mas ele não promete resolver nada, nem dar jeitinho. Mesmo assim é uma conversa que não deveria acontecer. Já o Gilmar Mendes (era AGU do FHC e foi nomeado ministro no apagar das luzes daquele governo) já praticamente confessa que vai praticar um tráfico de influência, promete até conversar com o min. Dias Toffolli.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daniel, você esqueceu de dizer que marcar reunião com ministro do governo federal é uma barbada, é vapt vupt. É só telefonar, mandar email ou SMS e pronto, está agendada a reunião. Valendo para os 3.500.000 advogados de todo o nosso Brasil...

      Excluir
    2. O que seriam 'férias à la volté'? Seriam férias em vôo?

      Excluir
    3. O seu parágrafo inicial apresenta um ato falho esquerdóide verdadeiramente ridículo: chamar quem faz uma crítica ao comportamento de um ministro de 'agressor' é inominável.
      Mas, se considerarmos que foi a pressa ou excitação excessivas na hora de escrever, aí a coisa fica mais ridícula ainda: o conteúdo desse primeiro parágrafo simplesmente anula os demais sete parágrafos, que passam a ser apenas fofoca de cabeleireiro e manicure.

      Excluir
    4. Ai, ai... (bocejo)

      -Anônimo 1: O encontro no mínimo vai exigir alguma formalidade como carta, petição na secretaria do ministério, IDENTIFICAR-SE, mas, sim, vale pra todo advogado. Só não usa que não quer ou não sabe. Aliás, Barbosa era quem ignorava essa lei e não atendia advogados.

      -Anônimo 2: pior que atacar a pessoa com quem se argumenta é apontar os erros de digitação e soltar um "HA HA" do Nelson Muntz. Era pra ser à la vonté, mas o corretor automático me traiu. Está feliz agora? Seu pau cresceu 30 centímetros depois de achar esse erro nefasto no meu texto?

      -Anônimo 3: Não sei de onde você tirou o "esquerdóide". Meu 1º parágrafo expressa CONCORDÂNCIA com boa parte do post. Aliás, acho que eu o Tony passamos bem longe de sermos "esquerdóides". Eu não disse que é algo inominável. Apenas que é um golpe baixo e desesperado do PT, sim, senhor. E caso você não saiba, não fui eu quem inventou isso. Dê uma lida, caso você saiba interpretar textos melhor do que fez agora, em Chaïm Perelman, um dos maiores nomes em teoria da argumentação do pós-Guerra.
      E não tem nada de ridículo no texto. O segundo parágrafo já começa com um "mas", pois não concordo que Barbosa seja íntegro como a imprensa mainstream pintou ele. Aliás, nenhum advogado que eu conheço gosta dele, justamente por causa dessas "fofocas", que todo o mundo jurídico sabe que são verdade. Ele já tinha condenado todo mundo antes do julgamento, ele queria porque queria que todo o STF votasse igual a ele, esquecendo que aquilo é um colegiado de decisões que não precisam ser iguais. Ele foi relator e presidente do STF, mas jamais poderia se colocar acima dos próprios colegas.

      Excluir
    5. Eu tenho várias discordâncias com o Daniel, mas concordo com o que ele fala.

      Acho que o Joaquim Barbosa não é exemplo algum de agente público. É agressivo, desrespeitoso com os seus pares, etc. Eu, como advogado de 26 anos, e na época muito mais novo, fiquei enormemente ofendido quando Joaquim disse que advogado acordava tarde. Advogado não dorme, ganha que nem taxista (não tem carteira assinada na maioria das vezes), ou seja, quanto menos trabalhar, menos ganha, e ainda tem que aturar toda uma máquina estatal diariamente para seu cliente, o qual, por sua vez, não compreende que a morosidade não vem do trabalho do advogado, mas sim dos problemas estatais mencionados. É uma profissão sofrida e que ainda sofre com os estereótipos da sociedade. É muito engraçado falarem que advogado é "FDP", mas na hora em que há um extravio de bagagem, uma negativa de cirurgia de urgência pelo plano de saúde, e várias outras questões cotidianas do nosso Brasil, o advogado é o primeiro a ser contatado pelo amigo, pelo amigo do amigo, pela tia, pela avó, etc. Pensem nisso. Sob a ótica da classe da advocacia, o Joaquim Barbosa não é bem visto. E essa é a minha opinião; todos são livres para discordar, sem partir para a agressão

      E, sinceramente, uma pessoa que massacra os outros dessa forma não deveria ter o prestígio que ganhou da população. Até porque não foi ele que deu luz ao julgamento do mensalão; foi um colegiado, que tem pessoas incríveis, que mesmo indicadas pelo PT, mostraram-se independentes do viés ideológico. Em vários momentos do julgamento do Mensalão, ele claramente queria falar para as câmeras, ofendendo colegas. Ao final da ação chegou a citar "estagiários" extraoficiais dele! Surreal! Todo mundo sabe que o um juiz tem assessores, mas admitir que ele chamou pessoas estranhas, de fora do Judiciário, para ajudá-lo, é ABSURDO -- inclusive, ele foi repreendido pelos colegas nesse momento.

      Sejam críticos. Em relação a qualquer pessoa endeusada...pensem, reflitam. Vejam as opiniões de quem TRABALHA no meio e depois partam para suas conclusões.

      Excluir
    6. João, desça de seu disco-voador que o tema aqui é MINISTRO DO PT, que recebe advogados de empreiteiros corruptos na calada do entardecer, sem registro, e depois mente que foi problema de TI. O seu trauma com Joaquim Barbosa deve ser tratado na terapia.

      Excluir
    7. Daniel, você estava rebolando por aí e não deve ter lido que:
      1. o Presidente da OAB disse que os ENCONTROS DO MINISTRO DA JUSTIÇA COM ADVOGADOS DEVEM SER PÚBLICOS.
      2.a primeira desculpa do Cardosão para a presença do advogado do empreiteiro corrupto em seu gabinete foi que ele ia receber em audiência o Papa petista Sigmaringa Seixas e como o tal advogado tinha acertado um jantar com esse Papa, marcaram de se encontrar aonde???? No Gabinete do Ministro. Só isso.
      Detalhe: o ministro só empresta seu gabinete para encontros amorosos de petistas e heteros, pois com trepadas gays os evangélicos massacram a Dilma.

      Excluir
    8. Anônimo, discussão se faz com argumentos e não com ataques pessoais. Não é trauma com o Joaquim, mas sim uma crítica a uma pessoa endeusada pela imprensa leiga, que no Brasil é avessa ao juridiquês, mas ama o economês. Apenas isso. O assunto é sobre o ministro do PT, mas surgiu o tema Joaquim, então meu comentário é pertinente.

      Excluir
    9. Daniel e João, parabéns pelo nível dos comentários!

      Joaquim Barbosa é o "anti-Lula" ideal pra mídia. Negro e de origem pobre, é um grande trunfo para quem é contra cotas e programas sociais.
      É o "messias" implacável com os "petralhas"; a meritocracia encarnada. E, ainda por cima, ama um confete...



      Excluir
    10. Pura e simplesmente se o ministro resolvesse interferir no judiciário, seria dever do juiz denunciar o caso. Nós vivemos num sistema de pesos e contrapesos. Ministro não é rei.

      Excluir
    11. Aliás, o Moro não deixaria essa passar em branco (como não deixou, mas ninguém se disse influenciado pela reunião), so keep calm and carry on.
      Isso parece quando a Dilma fez escala em Lisboa e resolveram checar até se ela fez airbnb.

      Excluir
  4. o mio babbino caro
    "conseguiu colocar corruptos na cadeia", mas a maioria ainda esta a solto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas você há de convir que, com o Joaquim Barbosa, foi a primeira vez que políticos importantes, aliados e amigos do presidente da república, et caterva foram para uma penitenciária.

      Excluir
    2. maioria = tucanos e peemedebistas

      Excluir
  5. A própria OAB ficou a favor de Cardozo no caso. A nota do presidente e dirigentes: "O advogado possui o direito de ser recebido por autoridades de quaisquer dos poderes para tratar de assuntos relativos a defesa do interesse de seus clientes. Essa prerrogativa do advogado é essencial para o exercício do amplo direito de defesa. Não é admissível criminalizar o exercício da profissão".

    Seria a OAB petralha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A oab é pelego petista.

      Excluir
    2. O Presidente da OAB acaba de declarar que os encontros com advogados têm de ser públicos. Entendeu ou quer que desenhe?

      Excluir
    3. O encontro poderá se tornar público ou não. É o que está em leis e regulamentos. É também o que dita o bom senso. Entendeu ou quer que eu desenhe, anônimo rola bosta?

      Excluir
  6. E o fato de que foi só Cardozo dizer que a Petrobras deveria ser investigada desde a época de FHC que começou a perseguição a sua figura pela imprensa? Ou vai dizer que foi só coincidência?

    O PSDB está sendo claramente e vergonhosamente blindado pela imprensa. E o governo de FHC virou "o governo anterior ao PT". Como se chama esse fato?

    Antes que me chame de petralha, considero que o PT e o PSDB são dois lados da mesma moeda; o sujo falando do mal lavado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Globo deu uma ordem geral pra não divulgar nada que envolva os tucanos no petrolão.

      E não é a toa que eu chamo de PTSDB...

      Excluir
    2. Um exemplo de como a Globo anda blindando o PSDB é o que anda acontecendo no Paraná. Muitas manifestações dos professores estaduais e funcionários da saúde do estado em frente ao palácio do governo, mas, como o Beto Richa é do PSDB, pouco tem se falado sobre isso nos jornais da grande mídia.

      Excluir
    3. A Globo esta blindando tanto o PSDB que para isso tem como seu maior anunciante o Grupo JBS/Friboi que é totalmente financiado pessoalmente pelo Lula atraves do BNDES.
      Pelo o que vcs acreditam entao o Lula protege os Tucanos, ou voces realmente nao percebem que o PT filtra as noticias da Globo

      Excluir
  7. O problema não é a conversa acontecer. Isso é normal num pais democrático. Como todos os juízes, o próprio Juiz Sérgio Moro tem o dever legal de conversar com os advogados, dentro dos limites previstos em lei. É a sua fama de incorruptível que nos deixa tranquilos!
    A mesma fama não tem o dito Ministro nem o seu Partido, eis porque a situação ganha váaaarios tons de cinza...
    Quanto à tática do PT, funciona Tony.... Eles estão pregando pros já convertidos.
    Ser perseguido pelo demônio sempre nos evoca a busca por Deus(ou por Lula...)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruno, que maldade. Você não confia no PT, nem em seu ministro da Justiça? Que injustiça! Só por que ele corre para defender as doações feitas para o PT, o tesoureiro Vaccari, a Dilma et caterva...

      Excluir
    2. Só por que ele corre para defender as doações feitas para o PT...
      ... que por acaso alimentaram as campanhas do PSDB e do PSB, nessas últimas eleições?

      Excluir
  8. "O PT tem uma tática curiosa de se defender: ao invés de negar as acusações, prefere denegrir o acusador."

    Inclusive o PSDB fez a MESMA coisa no caso Siemens...http://oglobo.globo.com/brasil/psdb-acusa-pt-de-adulterar-documento-do-caso-siemens-10886073

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Argumento fajuto: nesse caso, o PSDB não estava denegrindo ninguém, mas fazendo uma acusação direta ao tradicional partido dos aloprados, vulgo PT.

      Excluir
  9. Sendo um bunda mole, o Cardozo era o herói de nossa imprensa. Se não me engano, o imortal Merval defendeu sua permanência no segundo mandato da presidenta. E, como o Merval é o maior pensador e articulador político do Brasil desde a época do Descobrimento, creio que o Cardozo era mesmo irrepreensível.
    De repente, quando ele pede que as investigações da Petrobrás se estenda "ao período anterior ao PT" no Planalto, o cara virou o Satanás. Pode isso, Arnaldo?
    O Joaquim Barbosa dispensa comentários... Seu principal defeito é ainda estar vivo.

    ResponderExcluir
  10. http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/171656/Entidade-de-advogados-diz-que-Moro-usa-pau-de-arara.htm

    ResponderExcluir
  11. http://www.ocafezinho.com/2014/10/27/a-historia-do-doleiro-que-a-midia-nao-contou/

    ResponderExcluir
  12. http://www.plantaobrasil.com.br/news.asp?nID=86908

    ResponderExcluir