terça-feira, 20 de janeiro de 2015

A PRESIDENTA APAGADA

Mas então, trata-se de uma paida elaborada? De uma maxi-pegadinha? O novo governo não tem nem um mês e já conseguiu romper quase todas as promessas da campanha. Está acontecendo tudo o que diziam que se passaria caso a oposição fosse eleita, do aumento de impostos à escolha de ministros ligados ao mercado financeiro. E como é que a "Pátria Educadora" começa cortando sete bilhões do orçamento da educação? Nesse contexto trágico, o apagão de ontem soa como galhofa - ainda mais lembrando que São Paulo teve seu dia mais quente em 72 ANOS. Mas o PT não tem como jogar esse desastre na conta da "herança maldita". Está há doze anos no poder, e é óbvio que não está fazendo o que deveria no setor energético. Sem ter como se justificar, Dilma permanece calada. Também parece continuar no escuro, sem ter ideia de como conduzir o país.

37 comentários:

  1. A vaca tossiu!

    São tantas mentiras que não sei se consigo lembrar de todas:

    1- Dilma disse que não mexeria em direito trabalhistas "nem que a vaca tussa" e já no primeiro mês alterou o seguro desemprego e as regras para pensionistas

    2- Dilma disse que Marina Silva iria entregar a economia aos banqueiros e nomeou um ex-diretor do Bradesco para Ministro da Economia

    3- Dilma disse que não iria arrochar salário e desempregar para combater a inflação, a inflação está nas alturas e o salário não acompanha, está mais que roxo, está preto.

    4- Dilma foi vendida na campanha como Dilmãe, a mãezona de todos os brasileiros. Que mãe é essa que não "aparece" nem para desejar um "Feliz Natal" para seus filhos?

    Depois de tantas mentiras contadas na campanha, ela vai fazer o que fez os últimos quatro anos: se esconder e ignorar a tudo e a todos, até o povo ir lá balançar o Palácio do Planalto novamente.

    VACA!

    ResponderExcluir
  2. Tony, agora vossa mercê repercute a capa da Veja? Já falei isso aqui e vou repetir: migo, para que tá feio! Assim não tem como te defender...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem como defender a MIM?

      Rysos

      Excluir
    2. E tem como defender a Dilma, fofo?

      Excluir
    3. Nunca! Não defendi a Dilma, só observei que perde a razão quem cita/repercurte/se inspira no panfleto da marginal...

      Excluir
    4. Eu não leio a Veja há anos. Mas não é preciso lê-la para perceber que Dilma está descumprindo suas promessas, e que é uma administradora para lá de incompetente.

      Excluir
    5. Há anos????? Vi post seu do ano passado falando que deixaria de ler a tal revistinha por conta de entrevistas com homofóbicos de carteirinha.
      Cantando:- " ...mas sua tucanês......não lhe deixa ver.....
      Se for falar mal de políticos e questões políticas, deveria pelo menos ser imparcial. São Paulo e a Cantareira vão bem obrigado.

      Excluir
    6. Exatamente, anonimo das 15h12! A agua em Sao Paulo vai acabar por falta de investimento no setor e má administração do PSDB em 20 anos de governo e ninguém fala nada! Ontem tivemos um apagão de menos de 1h devido ao aumento do consumo energético causado pelas altas temperaturas, e isso vira motivo de estardalhaço! Daqui a pouco estarão ate pedindo o impeachment da presidenta por má gestão no setor energético, duvida?

      Excluir
    7. Anônimo, eu deixei de assinar a "Veja" há pelo menos cinco anos, talvez mais. E hoje em dia evito a revista o mais que posso, pois não concordo com a maioria de suas posições.

      Por quê que eu tenho que ser imaprcial em política? Não posso ter um político que seja mais do meu agrado?

      Mas te garanto que não são os do PSDB. Não votei no Alckmin, e só votei no Aécio no segundo turno (no primeiro eu fui de Eduardo Jorge) porque era contra a Dilma. Os fatos recentes mostram que eu tinha razão em não querer que ela continuasse no governo.

      Excluir
    8. "Se for falar mal de políticos e questões políticas, deveria pelo menos ser imparcial."

      Quem cagou a regra?

      Excluir
  3. O Jornal da Cultura para mim é melhor telejornal do Brasil, com todas as notícias importantes sendo comentadas por dois convidados. Um dos convidados de ontem disse muito bem o que ocorre no Brasil: A classe média paga a conta da corrupção e da ineficiência do governo. Taxas de juros de 12% ao mês no Brasil, quando nos Estados Unidos, Japão e Europa os juros estão entre 0 e 0,5%. Enquanto Obama aumenta os impostos de quem tem renda superior US$ 500 mil ao ano, aqui aumenta-se impostos de quem ganha menos. Já os milionários e os banqueiros que financiam as campanhas eleitorais, tem seu rendimento protegido e seu lucro multiplicado pelos juros abusivos que nós pagamos. Até quando gente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade a taxa que o Obama está criando nos Estados Unidos é de 2% ao ano para quem tem rendimento anual superior a 1 milhão de dólares. Isso nunca vai acontecer no Brasil.

      Excluir
    2. Aqui no Brasil existe previsto na Constituição Federal o Imposto sobre grandes fortunas. Isso desde 1988. Só que nunca foi regulamentado(único imposto federal previsto na CF que não saiu do papel até hoje).
      Há projetos no Congresso que tramitam há anos, sem que haja "interesse" na sua aprovação.
      Só o povo nas ruas pra isso sair do papel.

      Excluir
    3. Não ocorre porque as oligarquias de comunicação pressionam, os banqueiros e altos executivos financiam campanhas e os políticos se elegem exatamente para que isso não aconteça.

      Excluir
  4. E os bovinos do curral que reelegeram a vaca de presepio continuam achando bonito.
    Alem dela fazer tudo o que disse que nao ia fazer, que somente os outros fariam, esta fazendo pior.
    Aumentar os impostos significa ela dizer, "vou continuar gastando o dinheiro de voces, nao vou cortar gastos e voces que se virem pra pagar a conta!"
    O PT quer apagar o Brasil!

    ResponderExcluir
  5. Tony,
    E ainda há a hipótese de que este cataclisma ambiental foi criado por eles. O corredor de umidade que começa na Colômbia e vai até o sudeste está se precipitando muito na micro-região de Rondônia e Acre, região que sempre foi quente e úmida, mas que atravessou um período de seca durante a "destruição construtiva" de Santo Antônio e Jirau e agora enfrenta chuvas torrenciais quase todos os dias. A água que deveria cair aí, está ficando toda por aqui. Porto velho virou quase um grande Igapó, o centro da cidade terá que ser quase todo realocado. O pior é que além de tudo, a energia no estado de Rondônia ainda é a mais cara do país e o estado foi também colocado na tarifa vermelha, sendo que ar-condicionado não é um luxo aqui, é um item como a geladeira é na maior parte do país. Não há compensação ambiental e nem econômica para o povo daqui.

    ResponderExcluir
  6. Acho que voltarei diversas vezes para ver o que os "defensores" irão dizer.
    Estão fazendo tudo que disseram que não fariam na campanha ... vamos aguardar...

    ResponderExcluir
  7. Nenhuma crítica à gestão tucana no estado de SP? A falta d'agua e o apagão de energia em São Paulo não tem nada a ver com a má gestão tucana? VEJA bem!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ridícula essa argumentação de que se os Tucanos fazem errado os Petistas tem carta branca pra fazer o que quiserem...
      Ou que se criticarmos os Petistas temos que criticar os Tucanos.
      É a confissão de que a Dilma não tem defesa. Porque se houvesse qualquer outro argumento melhor, ela usaria.
      Pobre do País cujos governantes têm como melhor argumento contra suas trapalhadas o fato de que os outros também são ruins!
      Quanto à Veja, você é Charlie ou não é? Se falam ao meu favor, são republicanos. Se falam contra mim, são golpistas?
      Quem tem mais poder sofre mais crítica. É natural.
      Alkmin fez, faz e fará merda, mas é apenas um mais governador de competência questionável, como tantos por aí.
      80% dos brasileiros nem devem saber quem é o Alckmin...

      Excluir
    2. O ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) determinou uma redução na transmissão de energia em Estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste na tarde desta segunda-feira (19), o que provocou um apagão em partes dessas regiões. O corte aconteceu por volta de 15h (de Brasília). De acordo com o ONS, a normalização da distribuição foi autorizada pouco antes das 15h45.

      fonte:http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2015/01/19/falta-de-luz-afeta-parte-da-grande-sao-paulo.htm

      1- Questão do apagão não foi responsabilidade dos Estados.

      2- Acho que ninguém aqui tá falando que a gestão de água não seja um problema... agora.. justificar um erro com outro erro...

      Excluir
    3. Que ridícula essa argumentação de que se os Tucanos fazem errado os Petistas tem carta branca pra fazer o que quiserem...
      Ou que se criticarmos os Petistas temos que criticar os Tucanos.
      É a confissão de que a Dilma não tem defesa. Porque se houvesse qualquer outro argumento melhor, ela usaria.
      Pobre do País cujos governantes têm como melhor argumento contra suas trapalhadas o fato de que os outros também são ruins!

      (2)

      Excluir
    4. Não é justificativa, apenas uma observação: tal como a Veja, o blogueiro só critica o PT, como se o PSDB não cometesse gravíssimos erros que não mereciam críticas também.

      Excluir
    5. Anonimo descontente com a "não crítica" ao PSDB. Com certeza há blogs na situação oposta.. apenas criticando o PSDB. Agora sim, fiquei com a mesma impressão que o Nelson... pelo menos o que pareceu é que vc tentou justificar um erro com "outro"... E talvez tivemos esta impressão pq. infelizmente é sempre o que vemos como argumento quando alguém critica o ParTido..

      Excluir
    6. Nunca votei em Dilma, o grande mal dos tucanos é achar que quem os critica são petistas. Acontece que, tal como a Veja, o objetivo de criticar o PT é vender a ideia de que eleger o PSDB seria a grande solução para todos os problemas do Brasil. O que é uma grande mentira. Basta vermos o que está acontecendo com Alckmin em SP (falta d'água, poluição, caos, cartel no metrô, PM assassina) e o nível de rejeição que Aécio tem em Minas devido a tudo que ele aprontou por lá.

      Excluir
    7. Entendo.. mas também há outro grande erro... achar que são tucanos todos que criticam o governo... E não concordo que a crítica é pra vender a ideia que o PSDB é solução... A crítica neste caso existe pq a coisa não tá indo bem... Se tivesse tudo as mil maravilhas e houvesse crítica, concordaria com você. Agora, você acha que não há motivos para crítica?? O país tá essa maravilha toda?? E não to dizendo que é culpa de um partido ou de outro. No final é tudo farinha do mesmo saco. Agora.. um exemplo: Os argentinos saíram protestando exigindo apuração da "morte" do promotor. Enquanto aqui... qualquer governo faz o que quer.. aumenta imposto, aumenta salário próprio, continua gastando além da conta e o que acontece??? A gente fica na briga: partido A x partido B... E acho que os governos adoram isso.. pq enquanto ficamos nessa briguinha "o meu é melhor que o seu"... ninguém vai atrás do que deveria: Dos direitos!

      Excluir
    8. Eu não acho ridícula a comparação, não. A mídia só passou a falar de SP depois da reeleição do Alckmin. Mesmo antes de iniciado o período eleitoral, nada era falado.

      Mas, na verdade, o grande problema de São Paulo e do Brasil é a ausência da DESCARGA A VÁCUO. Isso mesmo. Essa que você acha linda nos banheiros americanos, especialmente nos shoppings e aeroportos. Ela gasta 1,5L de água contra 6L a 12L de uma descarga comum. Além disso, não entope facilmente e ameniza o mau cheiro. Nos EUA, a obrigatoriedade de descargas do tipo vem dos anos 90, por meio de uma lei federal aprovada na época. Aqui no Brasil, o assunto passa longe...

      Excluir
    9. João.. você mora no RJ?? Pq. aqui em SP se fala todo dia da falta de água.. inclusive mostrando dia a dia o nível dos reservatórios.. Então.. não sei se é bem isso que vc falou.. que a midia não fala... Talvez no resto do país.. mas aqui é assunto diário.

      Excluir
    10. A incompetência e a corrupção é generalizada. Em nível federal, estadual e municipal. PT e PSDB são farinha do mesmo saco. Quando se aponta o dedo só para um, parece que o outro está indo muito bem, o que não é o caso, temos que tirar os dois partidos do poder urgente.

      Excluir
  8. Relaxa Tony. O PT já morreu. A dúvida é o que vem depois. Já que o PSDB também já morreu.

    ResponderExcluir
  9. Eu concordo mais com essas escolhas do que com as promessas de campanha nas quais nunca acreditei mesmo.

    Agora esse apagão... PT chutou tanto FH pelo racionamento e fez o que? Belo Monte já!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daniel,
      Acabaram com a micro-região de PortoVelho-Rio Branco, mas fizeram Santo Antônio e Jirau. Se você fez o ensino médio nos anos 90 que nem eu, é bom esquecer Itaipu. O maior produtor de energia do país é, atualmente, Rondônia.

      Excluir
  10. Venho aqui só ler os comentários. Bichas bem educadas falando de política é tão sexy.

    ResponderExcluir
  11. O mio babbino caro
    É um milagre estarmos vivos apesar do calor, d'água e da política!

    ResponderExcluir
  12. Os dois projetos políticos da redemocratização (PSDB e PT) falharam no poder.
    Talvez o sec 21 seja a derradeira decadência e fim da ideia de Brasil. Países também acabam.

    ResponderExcluir
  13. Dilma está fazendo o que Marina ou Aécio também fariam. Claro que ninguém iria dizer em campanha que os impostos subiriam e os investimentos seriam cortados. Ninguém disse isso. O brasileiro prefere ouvir mentiras agradáveis aos ouvidos e segue o barco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correção: o SER HUMANO prefere ouvir mentiras agradáveis

      Excluir
    2. Não sei se dá para generalizar. Em vários países, o nível de consciência política das pessoas é bem diferente do Brasil. Não existe tanta corrupção, os cidadãos e consumidores são mais conscientes de seus direitos e deveres e por isso não existe tanta mentira por parte dos políticos e das marcas por exemplo. O Brasil é o país da mentira.

      Excluir