segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

WHO COULD ASK FOR ANYTHING MORE?



Ir ao teatro logo no primeiro dia de uma viagem, depois de um longo voo mal dormido, é para os fracos. Fomos a duas peças no nosso domigão em Paris: "Kinship" de Isabelle Adjani à tarde, e "An American in Paris" à noite. Esta superprodução franco-americana estreou no Theatre du Chatêlet antes de embarcar para a Broadway no ano que vem, e é nada menos que espetacular. Trata-se da primeira adaptação para o palco do filme do mesmo nome, estrelado por Gene Kelly. O elenco é todo americano, assim como a concepção cênica - mas assistir a uma coisa dessas em Paris, só quando a gente nasceu com o rabo virado pra lua. Música de George Gershwin, coreografias de tirar o fôlego (tem mais dança que canto), cenários magníficos, um público empolgado e Paris de verdade ao redor: I've got music, I've got rhythm, I've got my man, who could as for anything more?

7 comentários:

  1. Fica até quando em Paris? Fiquei com vontade de ver, mas não sou fã da cidade. Ainda mais nessa época do ano até março.

    ResponderExcluir
  2. Leia essa notícia antes de votar no PSBD http://www.diariodocentrodomundo.com.br/militares-ainda-se-orgulham-da-tortura-afirma-escritor/ EU APOSTO q nada passava de sadismo e q alguma coisa além de espancar manifestantes

    ResponderExcluir
  3. Será que o Tufvesson não sabe mais escrever o próprio nome?

    ResponderExcluir
  4. É o máximo da ousadia, recriar aquela obra-prima em um palco. E sem Kelly e Caron. Mas imaginação e criatividade não têm limites e, se conseguiram fazer daquele Victor Hugo tenebroso e com 900 sangrentas páginas um ícone dos musicais, tudo é possível.
    Você bem que poderia ter filmado com seu smartphone uns trechos da coisa para os Parisless.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uai, mas tem várias cenas do espetáculo no vídeo aí em cima, e muito mais se você procurar no YouTube.

      Excluir