quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

TODAS AS FAMÍLIAS EXISTEM

A Câmara de Deputados deve votar hoje o tenebroso Estatuto da Família, que não só redefiniria a união entre homem e mulher como o único arranjo familiar possível como ainda proibiria a adoção de crianças por casais do mesmo sexo. Seria um gigantesco passo atrás, digno de republiquetas africanas. A enquete que rolou na internet terminou com ligeira vantagem para o lado do bem, mas isto não quer dizer muita coisa. Apesar da intensa campanha promovida por militantes progressistas - o vídeo acima, dirigido pelo João Junior, é um ótimo exemplo - parece que a intenção dos nossos nobres congressistas é mesmo aprovar tal descalabro, para forçar a Dilma a vetá-lo. Há uma parte de mim torce por isto: a presidenta precisa fazer alguma coisa prática em prol dos homossexuais, ao invés de só usar-nos politicamente quando isto lhe convém. Mas há uma parte que não, porque não quero viver num país onde se aprova uma lei que prefere que crianças órfãs mofem nos orfanatos do que sejam criadas por casais gays.

12 comentários:

  1. Para os religiosos defensores deste estatuto da intolerância:

    "If the concept of God has any use, it is to make us larger, freer, and more loving. If God can't do that, it's time we got rid of him."
    James Baldwin

    Com sinceros votos de que o amor ilumine nossos corações e mentes neste Natal. E sempre.

    ResponderExcluir
  2. Posso mudar de assunto? VAZOU O CD DA MADONNA! AHAHAHHA

    https://www.sendspace.com/file/ahehrk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "vazou" é ótimo...
      salve-se quem puder...

      Excluir
    2. Essa sim uma preocupação das gays. Parabéns.

      Excluir
    3. UAHUAHUHUAAHUAHAUHUAH Isso é que importa pras guei!! Isso que move o mundo! :p

      Excluir
    4. É por coisas assim que os evangélicos estão ganhando.

      Excluir
  3. Eu não estava por aqui pra ver e não sei que forças neste país permitiu(apesar de tanta gente do mal) uma Constituição tão boa e que nos protege das atrocidades que brasileiros de todos os níveis e profissões insistem até hoje em cometer...
    Essa lei, se aprovada, vai sofrer de tantas inconstitucionalidades que eu nem me preocupo com ela...
    Esse Congresso do apagar das luzes é como uma criança malcriada que só quer aparecer.... Tá escolhendo a forma errada, e a mamãe-constituição vai dar uma cacetada neles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa Constituição, foi permitida quando saíamos das páginas infelizes de nossa história , que alguns saudosos, hoje, conclamam: "Intervenção militar já!"

      Excluir
  4. O mio babbino caro
    Somente o infinito daria a dimensões da crueldade de certos seres humanos.

    ResponderExcluir
  5. Que a lei seja aprovada pela Câmara, pois a maioria dos deputados foram eleitos por grupos conservadores que querem que ela seja aprovada. Quem não concorda, deve aprender a votar corretamente para eleger seus representantes. Tudo bem que Dilma vai vetar, mas quem sabe com esse susto as gays aprendem a votar. E outra, nós vivemos num país onde a maioria das pessoas são machistas, preconceituosas e homofóbicas, então melhor que tudo fique as claras. Chega de varrer a sujeira para debaixo do tapete, apenas para passar a falsa imagem para os gringos de quem somos liberais. Abaixo a hipocrisia.

    ResponderExcluir
  6. Queria saber de historias sobre os pais dos coleguinhas dos filhos de casais gays , do que acham dos filhos conviverem com eles e se lidam bem com isso.

    ResponderExcluir