terça-feira, 30 de dezembro de 2014

MEUS PROGRAMAS DE 2014

Ou melhor dizendo, minhas séries de 2014. Porque televisão para mim agora é isto: séries. Claro que eu ainda vejo novela, jornal, propaganda, mas o que me prende mesmo na frente da telinha são as séries. Acho que o formato seriado de TV atingiu seu ponto máximo, e os bons exemplos são tão abundantes que eu não consegui escolher os 10 melhores. Minha lista tem 12, das quase 30 séries que eu acompanhei este ano. Mesmo assim, deixei de ver tanta coisa badalada que quase que dá para fazer a lista dos melhores seriados que eu não vi: "Scandal", "Olive Kitteridge", "Transparent", "How to Get Away with Murder"...
Minha favorita continua sendo "Game of Thrones". A quarta temporada me deixou tão fissurado que precisei comprar os livros para saber o que vai acontecer. Da Inglaterra veio a terna "Call the Midwife" e, do Canadá, a inusitada "Orphan Black". Eu finalmente me apaixonei por "House of Cards", e viajei com "Marco Polo". "The Knick" foi um choque. No quesito terror, o péssimo final de "True Blood" foi facilmente superado pela suntuosa "Penny Dreadful". Este também foi ano em que terminei "Breaking Bad", mas essa conta mais como 2013.
Os dramas andam melhores que as comédias, mas algumas entraram na lista. Quase todas da HBO: "Veep" e "Girls" voltaram melhores do que nunca, e as novatas "Sillicon Valley" e "Looking" foram melhorando ao longo de suas primeiras temporadas. A segunda safra de "Orange is the New Black" também demorou para engrenar, mas o último episódio foi de chamar a polícia de tão bom.
Mas a maior novidade de todas foi a maneira de consumir televisão. Ainda vejo muito os canais abertos e fechados, mas gasto a maior parte do tempo no Now e no Netflix. A tsunami que essas plataformas estão provocando mal começou, mas cada vez mais gente está montando sua própria grade de programação e assistindo-a quando bem entender. O mundo vai virar de cabeça para baixo.

12 comentários:

  1. Orange entra pro rol das séries com primeira temporada maravilhosa e a segunsa toda cagada. Tipo Heroes. Penny foi a melhor coisa e vou achar um absurdo, pra sempre, terem ignorado Eva Green nas premiações!

    ResponderExcluir
  2. acho louie a melhor série da atualidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Louie" é incrível. Está exopandindo os limites da comédia. Mas não entrou na lista porque só consigo assistir em aviões. Não passa em nenhum canal pago brasileiro, nem estea disponível no Netflix.

      Excluir
  3. The Affair, Transparent e Fargo são as séries mais bacanas que assisti em 2014. Assista The Affair Tony... bem boa mesmo! Mas olha, acabei de me render a JANE THE VIRGIN. Odeio ver como os americanos conseguem pegar uma história absurda (mas muito original) de novela mexicana e transformar em algo bacana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou doidinho para ver todas essas que você mencionou.

      Excluir
  4. Legal você ter se lembrado da Orphan Black!! ;)

    Queria muito ver a segunda temporada, mas ainda não colocaram no Netflix... se é que algum dia irão fazê-lo...

    ResponderExcluir
  5. The Comeback voltou com tudo.
    The Fall tbm voltou bem e deixou gloria perez com mais inveja.
    Homeland voltou nova e só cagou no final.
    The Newsroom deixou saudade.
    The Missing tbm cagou no final.
    Nunca é tarde pra lembrar do zumbi gay de The Flesh que tbm voltou bacana.
    The Americans recomeça em janeiro, amém!
    E por fim The Leftovers, que saciou quem gosta de série sem sentido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu AMO The Americans! Engraçado como ela e Homeland são parecidas, The Americans veio 2 anos depois de Homeland, mas pra mim, é infinitamente superior!

      Excluir
  6. E quando teremos o TiVo, mas o TiiiiiiiiiVo mesmo? ia ajudar tanto!

    ResponderExcluir
  7. Homeland que amo cada dia mais!!!! Tyrant que é um Homeland+novela mexicana. The Knick vi 20min do cap1 e abandonei.

    ResponderExcluir
  8. Já tinha pensado em comentar antes com você, mas agora é o momento oportuno: por favor, não deixe de assistir How To Get Away With Murder. Viola Davis está absurdamente fantástica, irá ganhar todos os prêmios esse ano!

    ResponderExcluir
  9. Não sei como você não se rendeu ainda à American Horror Story (e de quebra se curvar pra sempre pra Jessica Lange). Tá certo que Freak Show não é a melhor das temporadas, mas ainda assim mereceria destaque.

    ResponderExcluir