terça-feira, 30 de dezembro de 2014

MEUS DISCOS DE 2014

Dois fatores influenciaram fortemente a música que eu ouvi em 2014: a iTunes Store e a França. A lojinha da Apple se impôs no meu modo de comprar álbuns, ainda mais porque minhas lojas favoritas já foram quase todas para o grande shopping do céu. Mas a variedade que se encontra online é muito maior que a de qualquer megastore: o mundo inteiro está ali se oferecendo, a um dólar e pouco por faixa e a apenas alguns cliques de distância. Como posso resistir? Não posso, e faço ainda pior. Se gosto muito de alguma coisa, compro também o CD físico depois de adquiri-lo em mp3. Vai ver que é por isto que eu ainda sou pobre.
Duas viagens seguidas a p\Paris também contaminaram a minha lista de melhores do ano. Na verdade, alguns francophones já estavam lá desde o começo do ano: Etienne Daho, Katerine e o belga Stromae, além do trovador medieval Luc Arbogast e dos euro-argentinos do Gotan Project com Catherine Ringer (ex-Les Rita Mistsouko) cantando em espanhol no Plaza Francia. Mas aí minhas temporadas francesas me apresentaram a Florent Pagny, Zaz e Calogero.
Claro que também dei ouvidos ao resto do mundo. Vibrei com rapper chilena Ana Tijoux, relaxei com a bossa nova gringa do Thievery Corporation e me rendi ao talento superior do Blood Orange. Mas só um brasileiro entrou na minha lista dos top 20, o Silva. Sim, vinte: não consegui reduzi-la a dez. Lá vai ela, em ordem alfabética - só adianto que meu disco favorito de 2014 foi o do Clean Bandit.
Amo Miguel Bosé - Bailar en la Cueva Jorge Drexler - Les Chansons de l’Innocence Retrouvée Etienne Daho - Cupid Deluxe Blood Orange - Dominae Ejecta - Les Feux d’Artifice Calogero - Ghosts of Download Blondie - The Inevitable End Röyksopp - It’s the Girls Bette Midler - Magnum Katerine - New Eyes Clean Bandit - A New Tango Song Book Plaza Francia - Oreflam Luc Arbogast - Paris Zaz - Racine Carrée Stromae - Settle Disclosure - Vengo Ana Tijoux - Viellir Avec Toi Florent Pagny - Vista pro Mar Silva
A retrospectiva não fica completa se eu não lembrar de algumas faixas que não fazem parte dos discos citados, mas frequentaram muito os meus ouvidos: Ancora Tu Róisin Murphy - Beijinho no Ombro Valesca Popozuda - Everything's Embarrassing Sky Ferreira - Habits (Stay High) Tove Lo - Lepo Lepo Psirico - Money on My Mind Sam Smith - País do Futebol MC Guimê - Problem Ariana Grande feat. Iggy Azalea - Rise Lke a Phoenix Conchita Wurst. Sim, ouvi muito Valesca e Psirico - algum problema?

4 comentários:

  1. Engraçado como nossos gostos ~cinematográficos~ são parecidos, mas musicalmente não são. Ah, e alguns desses álbuns são de 2013... De qualquer maneira, listas de blogs são PESSOAIS, e não faz muito sentido ficar discordando. Tenha um ótimo 2015, meu blogueiro favorito! Continue sendo amazing. :)

    ResponderExcluir
  2. Adorei seu gosto diversificado e eclético. A música deve ser vivida sem preconceitos!
    Mas eu senti falta de um rock bebê! kk

    Almeida

    ResponderExcluir
  3. High all the time with money on my mind ;P

    ResponderExcluir
  4. você teria 5 minutos para ouvir a palavra de iamamiwhoami? :D ficadica

    (e obrigado pelo Arbogast, estou apaixonado)

    ResponderExcluir