quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

A FUNDO PERDIDO

Tem coisa mais fofa do que essa campanha promovida pela militância petista para que todos comprem ações da Petrobrás? O mais divertido são aqueles que se jogam no ativismo virtual, mas na hora do vamovê dizem que estão sem dinheiro. E claro que a cotação da empresa na Bolsa não subiu um pentelhésimo, porque os investidores sérios sabem que o buraco por lá é bem mais fundo que o mais fundo dos pré-sais. Agora, patética mesmo é a defesa de que, com corrupção e tudo, a Petrobrás ainda é "nossa". Sim, nossa: nossos impostos, nossa decepção, nossa vergonha.

16 comentários:

  1. Com militantes acéfalos assim, quem precisa de oposição?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certissimo!!!! Adoro uma frase que diz que a diferenca entre a estupidez e a inteligencia e que a inteligencia tem limites.....

      Excluir
  2. Nossa, que vontade de postar no face e marcar todos os meus amigos petistas essa sugestão de compra rsrsrs

    ResponderExcluir
  3. O nosso erro é achar que os petistas estão se importando com a Petrobrás, ou com os nossos impostos, nossa decepção, nossa vergonha....
    A fonte da Petrobrás secou pra eles e parece que estão com dificuldades até de financiar a festa da posse da Dilma, mas eles vão driblar essa dificuldade momentânea e achar dezenas de outras formas de se sustentar no poder.
    Custe quem custar.
    E nós? Eles ainda são mais que nós. Bem mais.

    ResponderExcluir
  4. O que vocês coxinhas estão reclamando?
    Agora a Petrobrás está com preço acessivel a todos!
    Qualquer trabalhador que ganha um salário mínimo consegue pagar!
    Qualquer recebedor de bolsa família consegue pagar!
    Qualquer pedinte de rua consegue pagar!
    A Petrobrás agora é de todos, não é mais só pra as elites brancas!
    O Verdadeiro socialismo no Brasil!
    Viva o PT!
    #Brasilpaísdetodos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Agora a Petrobrás está com preço acessivel a todos!"

      hahahahahahahahahahhahahahahahahha

      acessível a todos = não vale nada

      Excluir
    2. Tipo xepa na feira, acessivel sim, porém podre.

      Excluir
    3. Dando nomes aos bois: aqueles que dizem que não tem dinheiro = José de Abreu, o mais ridículo militante dessa cambada de ladrão e seus coniventes, desde os que roubam junto até os que votam neles. TODOS.

      Excluir
  5. A ideia é boa, mas a execução dela, além do dinheiro, passa por outros poréns. Os acionistas atuais, sobretudo os estrangeiros, poderiam pensar que a corrupção foi planejada para, além de encher alguns bolsos e partidos, forçar a queda no preço e o repatriamento da estatal. Isso provocaria guerras infinitas na justiça, sobretudo na americana, e indenizações milionárias, que deixariam um rombo nos cofres da Petrobrás tão grande quanto o rombo do petrolão.

    ResponderExcluir
  6. PS: Lógico que a desvalorização da Petrobrás passa também pelas páginas policiais que deixaram a empresa ainda mais famosa. Mas, a batalha da OPEP contra o xisto americano reduziu o barril a um preço baixíssimo, e todas as empresas de petróleo estão enfrentando esse momento de baixa. Mas a imprensa brasileira e seus empregados falam só da Lava Jato.
    A Petrobrás é nossa sim, com corrupção e sem corrupção, mas se depender dos desejos incofessáveis de alguns, poderia ser mais uma filial da Chevron.
    Por que será que o Tony não se incomoda de a Sabesp distribuir lucros milionários lá fora e faltar água aqui em SP?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porque ele não precisa nem tem pretensão de ser imparcial. Porque você não consegue defender o PT sem apontar pros outros? Se concentre no PT e o defenda. Consegue?

      Excluir
  7. Privatização já! Quem sabe, eliminando as propinas, as boquinhas e os apadrinhados, a gasolina não fique mais barata (ou menos cara)?

    ResponderExcluir
  8. O mio babbino caro
    Tá tudo certo...Isso tudo não é nada . Quero ver quando começar os tais distúrbios raciais, sim, como nos Estados Unidos; quando matarem mais um jovem preto no Brasil. Como diria Gilberto Dimenstein: Essa moleza vai acabar. É questão de tempo, ou algum inocente aqui tem dúvida.

    ResponderExcluir