sexta-feira, 7 de novembro de 2014

POR FAVOR, ATIREM EM MIM

A vaidade humana não conhece limites? Eu já tinha achado uma estupidez o tal Robert O'Neill sair por aí dizendo que foi ele quem matou Osama Bin Laden. Pra quê se transformar num alvo fácil para qualquer terrorista? Agora surge a versão de que esse ex-oficial da marinha fazia mesmo parte do grupo que invadiu a casa do líder da al-Qaeda, mas que as balas fatais não saíram de sua arma. Ou seja, o cara quer arriscar o pescoço por algo que não fez. Talvez mereça mesmo levar chumbo.

Um comentário:

  1. Já vi esse filme, The Man who soot Liberty Valance... Foi o John Wayne

    ResponderExcluir