segunda-feira, 3 de novembro de 2014

O ELLO QUE NOS UNE

Faz cerca de um mês que boa parte do mundo ficou sabendo da existência do Ello, a rede social "simples, linda e sem anúncios" criada por um grupo de artistas e designers. O Ello foi apontado como uma alternativa ao ultracomercial Facebook, que ainda por cima caiu na besteira de exigir que seus frequentadores usassem seus nomes verdadeiros (uma regra equivocada que já foi abolida, tamanha a gritaria). Por enquanto, funciona como o Orkut dos primórdios: só se entra com convite. Mas você pode solicitar um, e foi o que eu fiz. Passou-se um mês, a vida seguiu, esqueci completamente do assunto e meu convite chegou. Enviado por um certo Todd Bergher, talvez um dos artistas criadores da rede - não faço a menor ideia, só sei que ele é o barbudo que aparece na fotinha acima. Pois bem, aceitei o convite e agora tenho apenas o sr. Bergher como amigo na minha timeline. Ele posta imagens belíssimas que não me interessam nem um pouco, mas é o que temos para o momento. Tenho direito a dez convites e já disparei alguns, para ver se dou uma animada naquela pasmaceira. Mas desconfio que o Ello me será ainda mais inútil que o Google+.

3 comentários:

  1. https://m.youtube.com/watch?feature=youtu.be&v=QfPNdSY7vUg

    ResponderExcluir
  2. O Todd me enviou um convite também.. bonzinho ele,. não?

    ResponderExcluir
  3. Aff, o Google +...Nem lembrava mais dele..

    ResponderExcluir