sábado, 15 de novembro de 2014

CRIANDO BOBAGEM

Alguns líderes teocráticos já perceberam que o casamento gay veio para ficar e não querem mais dar murro em ponta de faca. Assim, para se manter nos holofotes, inventam novas batalhas. É o caso do Infeliciano, que andava quietinho: esta semana o deputado do PSC, reeleitíssimo em SP, apresentou um projeto de lei que inclui o criacionismo no currículo escolar brasileiro. O texto é cheio de pegadinhas: em nenhum momento ele diz que o criacionismo deve ser considerado ciência, apenas que ele deve ser ensinado ao lado do "evolucionismo". Mas não se deixe enganar. O objetivo é mesmo que o criacionismo seja apresentado como uma explicação fundamentada cientificamente para a origem do universo e da vida. Não é. É fé, é religião, chega a ser mistificação. Não existe liberdade religiosa nem de expressão que garanta a paridade dessa mitologia com a teoria da evolução (e não "evolucionismo", o que não existe, assim como não existe "cientificismo" - existe a ciência, e existem coisas que não são ciência, ponto). Mesmo que um projeto absurdo desses passe no Congresso, ainda precisará ser sancionado pela Dilma, não exatamente uma pessoa religiosa. E como ela está meio rompida com os fundamentalistas e não precisando de favores, a hipótese dessa bobagem ser aprovada é remota. Mesmo assim, pode ser que venha um debate imbecil por aí, com os evanjas se fazendo de vítimas mais uma vez. Mas ninguém está cerceando a liberdade do Infeliciano de falar merda, como se pode comprovar pelo meigo tuíte que liustra este post.

14 comentários:

  1. Sinceramente, eu já cansei de discutir com esses monstros. Por outro lado, não falar ou não fazer nada é o mesmo que lhes dar carta branca para criar outros imbecis iguais a eles.

    ResponderExcluir
  2. O duro é a CF prever ensino religioso nas escolas.

    ResponderExcluir
  3. Feliciano dando aula de genética e argumentando que o DNA de Jesus era diferente.
    Com sorte paro de rir até 2019.

    ResponderExcluir
  4. tentando imaginar o raciocínio que poderia justificar aquele "portanto"...

    ResponderExcluir
  5. Com perdão ao nosso marido Oscar, mas me deu uma vontade louca de te dar um beijo na boca ao ler isso: "Não existe liberdade religiosa nem de expressão que garanta a paridade dessa mitologia com a teoria da evolução". Te amo!

    ResponderExcluir
  6. Eu passei as eleições do primeiro turno sondando de longe essa sacripanta, e observei que ele não se envolveu em polêmica alguma. Não xingou a presidente, não demonizou os homossexuais nem fiscalizou o ânus alheio (sua função primordial neste planeta), nem tampouco endossou algo que Silas Satanás Malafaia proferiu aos berros em seu twitter. Foi só ganhar a eleição que colocou as manguinhas de fora! Deus tá vendo essa iniquidade, viu?

    ResponderExcluir
  7. Feliciano!

    O Brasil é uma "piada" pronta.

    The 5D Raver
    www.the5draver.info

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não quero parecer clichê, mas acho que devo. É muito fácil chegar e falar que o Brasil é uma piada e pronto. No caso específico do debate Criacionismo vs. Teoria Evolutiva, ao menos estamos muito melhores que os EUA, em que escolas de alguns estados podem incluir no curriculo a "alternativa ao evolucionismo". Aqui o MEC não permite. E mais: temos pastores super-retrógrados, mas temos cientistas fantásticos que merecem mais destaque, tipo o Marcelo Glazer, a Suzana Houzel, o César Ades (falecido infelizmente) e o Miguel Nicolelis (um pouco babaca, mas brilhante).

      Excluir
    2. Oh baby, e quem disse que os EUA também não são uma piada?

      Excluir
    3. Sp acho engraçado que um fundamentalista homofóbico com cara de mona passivona seja chamado Feliciano, que remete a Felicidade que é sinônimo de Alegria que é Gay em Inglês.

      É uma piada pronta ou não?

      Os EUA não são uma piada. São criminosos satanistas vingativos.

      Eu NUNCA teria saído do Canada do jeito que saí a não ser por causa dos EUA - de maneira sorrateira e sem deixar "provas" FORÇARAM minha "escolha" de sair do Canadá invandindo minha casa e fazendo joguinhos psicológicos com a minha pessoa. Chamado "Gaslightning" em inglês:

      http://en.wikipedia.org/wiki/Gaslighting

      Termo que vem de um filme ANTIGO de 1944 com Ingrid Bergman:

      http://www.imdb.com/title/tt0036855/

      Um país desses não pode NUNCA ser sério.

      Trouxe todos os cientistas nazistas (tipo Menguele) na surdina, debaixo dos panos com a Operação Paperclip e SE FAZEM de bonzinhos para a população menos esclarecida.

      Ou seja: UM LIXO.

      Tipo Hollywood, festas dos Oscas, Las Vegas, etc...

      The 5D Raver
      www.the5draver.info

      Excluir
  8. Pra que dar atenção para esses idiotas? Eles vivem disso, se forem ignorados, eles somem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo em parte. Quase tudo o que o Infeliciano propõe não é para valer, é só para conseguir espaço na mídia. Seria maravilhoso se pudéssemos ignorá-lo. Mas não podemos: se não prestarmos atenção, aí sim é que projetos como este podem ser aprovados na surdina. O preço da liberdade é a eterna vigilância...

      Excluir
  9. A grande verdade é que esta boçalidade de alguns evangélicos -- sobretudo quando se poem contra contra os gays --- é uma grande mina de votos.

    ResponderExcluir