quarta-feira, 26 de novembro de 2014

CRACK E AS LOURAS

Os setores mais xiitas do movimento negro continuam reclamando de "Sexo e as Negas" (por que, como todo mundo sabe, os negros se reproduzem por osmose). Perdem tempo e garganta com um programa que não tem nada de racista nem de machista, mas não vi nenhum deles reparar no singelo fato da nossa querida mídia só se importar com um viciado em crack quando ele é louro de olhos azuis. Este é o tema da minha coluna de hoje no F5, que já tem chamada na home do UOL e está bombando de compartilhamentos. Estão até me chamando de Zambininha no Twitter, ô glória.

20 comentários:

  1. "Racista, eu? Eu tenho vários amigos meio moreninhos! como você ousa, sr Tony Goes???"
    Mas, você não está só na ousadia. Junto às suas palavras as do Caetano Veloso:
    E quando ouvir o silêncio sorridente de São Paulo
    Diante da chacina
    111 presos indefesos, mas presos são quase todos pretos
    Ou quase pretos, ou quase brancos quase pretos de tão pobres
    E pobres são como podres e todos sabem como se tratam os pretos
    E quando você for dar uma volta no Caribe
    E quando for trepar sem camisinha
    E apresentar sua participação inteligente no bloqueio a Cuba
    Pense no Haiti, reze pelo Haiti

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que você tem de decodificar dessa estória toda (e seus responsáveis) está "escondido' no número 111.

      Pesquise.

      The 5D Raver
      www.the5draver.info

      Excluir
  2. A moça é notícia porque tinha futuro em uma carreira supostamente "glamourosa", não porque é loira. Dê uma voltinha pelo centro de São Paulo e você vai ver a quantidade de viciados - muitos negros, sim, mas também montes de loiros, ruivos, bolivianos e tudo mais. Tem até um sul-africano loiro de olhos azuis que parece saído de um pornô da Bel Ami (sempre pedindo dinheiro no metrô República, a quem possa interessar). E nenhum deles é notícia, porque o que vira noticia é a história que tem mais apelo popular, e não a cor de cabelo.

    Claro que ninguém discorda que a nossa sociedade é mesmo muito racista, mas acho que neste caso específico você errou no diagnóstico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ivan, você é loiro ou tem os olhos claros?

      Excluir
  3. Eu já tinha lido sua coluna no f5 mais cedo. Concordo quase que totalmente.
    Acredito que, se fosse uma modelo negra, a maioria consideraria que um futuro de protistuta estaria de bom tamanho para ela. Um homem negro, ainda que bonito, caberia bem no papel de mendigo drogado, até de bandido. Infelizmente, o Brasil é assim mesmo, estereotipado.
    Mas tem outro lado da moeda: os negros têm dificuldades até de se chamarem de negros. Preferem o "pardo", uma contribuição perversa do nosso sistema racista. Afinal, são 45% pardos e 5% negros na população, de acordo com o IBGE (usando o critério da autodeclaração de raça). Talvez por isso o título da série "O sexo e as negas" incomode tanto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estava pensando nisso hoje com um documento "oficial" nas mãos onde me considero pardo.

      Mas nem "pardo" sou. Considernado o quanto de gente negra se considera "parda".

      Triste a coisa.

      The 5D Raver
      www.the5draver.info

      Excluir
  4. Outro texto que aborda a questão de maneira racional: https://www.facebook.com/quebrandootabu/posts/790868370969552

    ResponderExcluir
  5. Tony, o link para sua coluna está quebrado. Ele está colocando "http://tonygoes.blogspot.com.br/2014/11/Minha%20coluna%20de%20hoje%20no%20F5.%20" antes do endereço correto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou CHATO para CARAI!

      Tanto é que os EXTRA-terrestres me visitam tanto...

      Presentinho pra voce mamuda:

      http://tinyurl.com/nhlvp2f

      É o que me faz "atrair" eles para mim:

      NÃO ACEITAÇÃO.

      AWARENESS.

      The 5D Raver
      www.the5draver.info

      Excluir
    2. Tonynho, te amo, mas bloqueia esse 5D, por favor? Ele realmente acrescenta alguma coisa por aqui?

      Excluir
  6. Tem até um sul-africano loiro de olhos azuis que parece saído de um pornô da Bel Ami (sempre pedindo dinheiro no metrô República, a quem possa interessar) EU TO INTERESSADO COMOFAZ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha nao tenho o contato, mas na hora que vc ver vai saber que eh ele. So fala ingles e tem as maos cobertas de pontos queimados pelo uso frequente do cachimbo.

      Excluir
    2. Gente, o uomini está DES MAI A DO. Chama, chama o xamu! ai errei

      Excluir
  7. Queremos ver a redenção e salvação da modelo ou no fundo estamos esperando a recaída e uma nova matéria sobre a volta dela ao crack?
    Talvez as duas coisas. Mas acaba que queremos ver o sucesso, a batalha vencida depois da queda, mas precisamos depois ver a derrocada final.

    ResponderExcluir
  8. O mio babbino caro
    Enquanto isso lá fora: "Chanel convoca Pharrell Williams e acirra disputa com a Victoria's "
    Oh meu Brasil!

    ResponderExcluir
  9. a zambininha já ta ficando sem graça. muito repetitiva. acho que nesse caso foi ofensa mesmo a vc, tony

    ResponderExcluir
  10. Quando alguém de boa aparência tem alguma atitude auto destrutiva ou algum comportamento não esperado, as pessoas logo comentam: "Nossa, mas ele é tão bonito" Quer dizer, se fosse feio estaria liberado para viver todo tipo de desgraça. Tenho certeza absoluta que tem muita história mais interessante na cracolândia do que a de uma aspirante a modelo que não deu certo. Isso sem falar do tal mendigo gato. Negro, pardo, feio pode morrer drogado aos milhares, mas um bonito, loiro de olhos azuis viraliza na internet ou sai na capa da Veja. É preconceito internalizado sim.

    ResponderExcluir
  11. Existe um estudo antigo de criminologia que ensina a reconhecer os criminosos pela fisionomia. Historicamente as pessoas são julgadas pelo padrão de beleza. Existe a cara da riqueza e cara da pobreza. A cara da virtude e a cara da marginalidade. Apenas quem quebra essa dualidade chama atenção.

    ResponderExcluir
  12. Queria saber qual a cor da pele do ex-jogador Perivaldo. Como sabemos, a mídia, o encontrou em Lisboa em condição indigente e essa história comoveu tanto que inclusive fez com que o Sindicato dos Jogadores de Futebol do Rio de Janeiro se movesse para arrumar um emprego para ele. Após isso, inclusive rolou um encontro dele com Marinho, outro jogador que também teve um auge mas perdeu tudo. Aliás, também queria saber qual a cor da pele do Marinho, que também teve sua triste situação recente descoberta pela mídia.
    Também gostaria de saber que grande diferença há no roteiro da vida de Loemy Marques e o de Paulo Cezar Caju além do fato de o jogador em questão, bem mais famoso do que a Loemy, ter vivido o inferno do vício em drogas por um período de tempo bem maior do que o da senhorita de 24 anos em questão. Alguns poderão argumentar que o tricampeão mundial não se prostituiu, mas o mesmo lembrou de ter transformado em pó dois imóveis que tinha, o que também é uma senhora degradação. Como sabemos, Caju também teve sua situação descoberta pela mídia e o caso teve muito mais espaço de notícias do que o da ex-modelo.

    Só falei de jogadores de futebol? OK, vamos pegar outro profissional de outro ramo cuja morte por causa de drogas causou comoção no começo deste ano: qual é a cor da pele de Antônio Firmino?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca ouvi falar dessas pessoas. Saíram na capa da Veja, viralizaram na internet e foram pauta disputada pelos programas de mais audiência do Brasil para ser a matéria mais importante da semana?

      Excluir