sábado, 11 de outubro de 2014

DOIDONA O TEMPO TODO


Depois dos Estados Unidos e da Grã-Bretanha, a Suécia é o país que mais lançou estrelas do pop internacional - muito mais do que França ou Itália, talvez porque lá ninguém tem prurido de cantar em inglês. Desde que surgiu o ABBA, o país virou um celeiro de compositores de melodias agradáveis. Hoje eles alugam seus serviços para gente como Britney Spears ou os concorrentes do Eurovision, seja lá de que país forem. E também fornecem material para revelações locais como Tove Lo, que está subindo nas paradas com "Habits (Stay High)". A novidade dessa música é que a droga não é usada como metáfora, tipo "estou viciada em amor"; aqui são drogas mesmo. Mais ousado ainda é o clipe, acho que o melhor do ano até agora. "Queen of the Clouds", o disco recém-lançado, parece uma coleção de grandes sucessos; quase todas as faixas poderiam tocar no rádio. Estamos longe dos experimentalismos de novatas como Banks ou Jhené Aiko, mas pelo menos Tove Lo não segue a linha cachorra-no-cio da maoria das americanas. Ela agora vai abrir os shows de Katy Perry na Austrália. Em breve a veremos por aqui, aposto.

7 comentários:

  1. Achei o álbum bom de ouvir, é um pop bem atual. Além de Habits, que você postou, Moments e I Like 'Em Young são muito amor.

    ResponderExcluir
  2. ainda bem que ninguém mais faz clipe pensando na MTV, porque senão esse aí seria censurado igual ao de Smack My Bitch Up (que aliás, é bem parecido com esse)

    ResponderExcluir
  3. Adoro essa música e o clip é muito bom.

    ResponderExcluir
  4. nada se compara ao pop da europa oriental, mas que poucos conhecem, infelizmente, alias foi de la que a Gaga tirou muitas referencias.

    ResponderExcluir
  5. Obrigado pela dica. Já encontrei no Spotify,
    Facilidades da vida moderna.

    ResponderExcluir