quinta-feira, 18 de setembro de 2014

SATANÁS PARA COLORIR

Sucumbindo à pressão de grupos ligados a igrejas evangélicas, um tribunal do estado americano da Flórida decidiu que é perfeitamente legal que panfletos religiosos sejam distribuídos aos alunos da rede pública. Mas, como nos Estados Unidos a lei vale mesmo para todos, os ativistas do Templo Satânico correram para produzir um livrinho de atividades voltado ao público infantil. Não, não se trata de um culto diabólico: o Templo Satânico na verdade é uma ONG que luta pela total separação entre Igreja e Estados, assim como pela mais ampla liberdade religiosa (inclusive a de não ter religião). O livro pode ser baixado de graça aqui, e, além de ilustrações fofíssimas de Baphomet ou do pentagrama invertido, também é recheado de mensagens de tolerância e boa convivência. Adoraria que algo semelhante acontecesse aqui no Brasil, onde a bancada fundamentalista tenta impingir sua agenda na legislação. Quem se habilita?

20 comentários:

  1. Adorei a idéia, mas isso aqui no Brasil é bem utópico
    Teria que mudar toda mentalidade tacanha de governantes
    e população!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Se você fizer isso no Brasil, algum fundamentalista te mata, com requintes de crueldade. E os evanjas vão aplaudir, dizendo que o santo que fez isso derrotou satanás.

    ResponderExcluir
  3. Você acha que com trocentos estados americanos com constituições estaduais banindo o casamento entre pessoas do mesmo sexo, a lei vale mesmo para todos?

    O Brasil é muito mais avançado que eles...assim como o Canadá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada vez mais estados americanos estnao aprovando leis que pemritem o casamento igualitário.

      Enquanto isto, no Brasil... (grilos)

      Excluir
    2. Enquanto isso no Brasil, a união civil é lei que vale para todos os estados! Mania de babar ovo de americanos como se eles fossem um exemplo para alguém. Tão anos 80 isso.

      Excluir
    3. Lei não é, não. dsclp.
      E agora mesmo que não deve ser tão cedo. Vai todo mundo lavar as mãos já que o Judiciário tomou a frente no assunto.

      Excluir
    4. Na boa, não entendo a questão. Já está resolvida, nem precisa mais do Judiciário. Cartório nenhum pode recusar o casamento homoafetivo. Mania de querer legislar.

      Excluir
    5. A questão é que a situação é precária. Há uma decisão do STF igualando as uniões estáveis independentemente dos sexos envolvidos e uma resolução do CNJ mandando os cartórios firmarem casamentos civis homoafetivos. Mas não há lei nenhuma que ampare essa resolução.

      Excluir
    6. "Mania de querer legislar"...sim tem legislar mesmo, principalmente num país que cria impasses para concretização até mesmo do que já está aprovado no papel. A união estável e o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo pode sofrer banimento sim e não regulamentos por lei não são levados tão à sério. Por que você acha que um grupo de casais gays de Manaus teve que se casar juntos num evento na sede da OAB local? Pois alguns cartórios se recusaram aceitar as uniões e não foram penalizados por causa disso, como deveriam ter sido.

      Excluir
    7. Nelson, princípio é norma. Está tudo amparado nos princípios da constituição. Simples assim.

      Claro que seria lindo se o Congresso aprovasse os projetos de lei que modificassem a lei.

      A questão é: direito não se resume ao que está escrito na lei. Direito nem sempre está escrito.

      O Reino Unido não tem constituição escrita. Isso mesmo. Mas ela existe e é mencionada. A constituição deles vêm dos séculos de tradições, que foram se sedimentando e formando a democracia que é o Reino Unido hoje em dia.

      Excluir
    8. Princípio é norma abstrata e pode ser relativizado e reinterpretado a qualquer momento. Insisto na precariedade dos direitos que conseguimos.

      Excluir
  4. Satanás, o anjo caído a mim parece ser mais interessante, tem mta bixa satânica por ai tbm, so que são enrustidos na religião tbm
    Sou um ariano (signo) que adora baphomet, YES IS TRUE!
    Carneirinhos são doceis, mas defendem seu territorio, somos destruidores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom encontrar alguém que pense como eu! Sou ateu de carteirinha, mas nunca entendi o por que de demonizar tanto o pobrezinho do Lúcifer. Só por que ele tentou destronar seu Pai, o Deus vingativo, punitivo, sanguinário, genocida, misógino, retrógrado, homofóbico e intolerante? Se fosse meu pai, eu só não destronava como mandava prender. Minha gente, Satanás deveria ser endeusado por tentar nos livrar dessa praga que nos assola há milênios e não ser o culpado de todas as mazelas da humanidade.

      Excluir
  5. O povo fica adorando coisas satânicas, atraindo coisas ruins pra si e sua família, depois, quando algum ente querido morre num desastre ou num assalto, ou pega uma doença horrível, ou um filho nasce com um grave defeito, ficam se perguntando porque aquilo tá acontecendo com ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem gente que não faz nada disso e ainda reza, paga os impostos em dia, trata bem o próximo e os animais, e mesmo assim um ente querido morre num desastre ou num assalto, ou pega uma doença horrível, ou um filho nasce com um grave defeito.

      Excluir
    2. E o povo que adora a Deus e paga o dízimo em dia não envelhece, não adoece e não morre nunca.

      Excluir
  6. Na verdade é uma provocação inteligente. Irreverente mesmo. Infelizmente no Brasil os ateus, militantes gays e afins são mais chatos que os evangélicos. Não sabem usar o humor para desconstruir seus adversários. Os evangélicos são bem mais inteligentes inclusive. Atacam os gays, porque sabem que eles farão escândalos e ganharam com isso mídia espontânea, os gays caem como idiotas na armadilha e são usados como trampolim eleitoral para figuras até então irrelevantes como Feliciano, que hoje é apontado pelo IBOPE como um dos cinco deputados com maior intenção de votos em SP, vive dando entrevistas em Tv, sites e revistas. Tudo isso graça as bichas burras! Se não fosse elas, continuaria irrelevante!

    ResponderExcluir
  7. Toninho do Diabo tá aí candidato.

    ResponderExcluir
  8. Galinha Preta Pintadinha nas escolas JÁ!

    ResponderExcluir
  9. Na verdade, se o Brasil fosse um país de pessoas inteligentes o segundo turno seria disputado entre Eduardo Jorge e Luciana Genro.

    É quase inacreditável que tanta gente prefira que o futuro do Brasil seja entregue para uma irmã da Assembleia de Deus, para uma pseudo gerente que faliu loja de 1,99, falsificou o mestrado e não fala lé com cré ou para um playboy bêbado.

    ResponderExcluir