quinta-feira, 28 de agosto de 2014

O MÉDICO É O MONSTRO


Chegamos ao ponto em que a estreia de uma nova série da TV paga é mais aguardada do que a de um filme indicado ao Oscar. E como não esperar muito de "The Knick"? A direção é do Steven Sodebergh, o protagonista é feito pelo Clive Owen e a direção de arte esmerada reconstrói a Nova York de 1900 nos mínimos detalhes. Mas os dois primeiros episódios dessa superprodução do canal Cinemax não me fisgaram. Há um excesso de sangue, tripas expostas e corpos sendo retalhados por bisturis - muito mais do que em "E.R.", que já era meio barra pesada. Isto até dava para relevar, mas o que realmente compromete o interesse do espectador é o personagem principal. Os roteiristas não devem ter lido direito o livro "Homens Difíceis", tanto que só deram defeitos para o cirurgião-estrela do hospital Knickerbocker. O doutor John Thackery é grosseiro, arrogante, racista e viciado em qualquer droga que lhe passar pela frente. Por causa deste sujeito desagradável, a perspectiva de assistir ao terceiro capítulo do seriado me parece tão atraente quanto ser operado de uma hérnia sem tomar anestesia.

Um comentário:

  1. Achei chato demais. Abandonei nos 20min do cap 1. Pra mim a série do momento é Tyrant no FX.

    ResponderExcluir