domingo, 17 de agosto de 2014

MEU BEM VOCÊ ME DÁ ÁGUA NA BOCA

Muita gente implica com o "comercial". O filme blockbuster, a música para tocar no rádio, a telenovela. Acontece que quando o "comercial" é bem feito, é irresistível feito um bolo de chocolate. Não traz nada de inovador nem muda a vida de ninguém: só é bom pra caralho. A versão musical de "Se Eu Fosse Você" cumpre todos os quesitos para se encaixar nessa categoria, sem subestimar a inteligência da plateia um segundo sequer. A comédia de maior sucesso de todos os tempos do cinema brasileiro ganha vida no palco ao som de algumas das melhores músicas de Rita Lee (nem todas sucessos conhecidíssimos), que se encaixam na trama tão bem que até ajudam a contá-la. Um tributo à nossa rainha do rock muito mais certeiro que o pífio "Rita Lee Mora ao Lado". O elenco principal é assombroso. Nenhuma surpresa com Cláudia Neto e Fafy Siqueira, que arrasam faz tempo. Mas Nelson Freitas me foi uma revelação: eu, que praticamente só o conhecia do "Zorra Total", quase caí da cadeira ao vê-lo cantar com voz firme, dançar incrivelmente bem e ainda exibir um corpaço aos 52 anos. Como se não bastasse, o texto ainda está cheio de piadas boas. "Se Eu Fosse Você - o Musical" é mais um sinal da maturidade que nosso teatro está atingindo nesse gênero, sem dever nada aos importados da Broadway. Comercial, sim, e com muita honra. Um bolo de dar água na boca.

Um comentário: