sexta-feira, 1 de agosto de 2014

A PERSISTÊNCIA DO CHUCHU

Desafia o bom senso a contínua popularidade de Geraldo Alckmin em São Paulo. Esta é a terceira vez em que ele ocupa o Palácio dos Bandeirantes, e a quarta já está à vista: é o franco favorito para as eleições de outubro, com 50% das intenções de voto até o momento. O que explica tanto sucesso? Ainda mais se levarmos em conta que o último ano não foi bom para o "picolé de chuchu", como Alckmin foi apelidado por José Simão. Além da inevitável "fadiga do material" depois de tantos anos no poder, o governador de São Paulo se desgastou demais com as manifestações do ano passado, quando sua polícia exagerou na dose. E na sequência veio o caso Alstom, o aumento dos índices de criminalidade, e agora o racionamento-de-água-que-não-ousa-dizer-seu-nome. Mas seu prestígio continua quase intacto, principalmente no interior. Acho que aí está a chave para entendê-lo: ele é cara do estado. Não da capital, onde chegou em terceiro lugar quando tentou ser prefeito - e muito menos do Brasil, haja vista sua derrota para Lula em 2006. Mas seu jeitão insosso, sério sem ser pesado, talvez seja o que melhor traduza os valores tradicionais do "hinterland" paulista. Não, não vou votar nele, porque acho que está na hora da alternância de partidos. Aliás, ainda não tenho candidato em SP - sugestões?

50 comentários:

  1. Eu voto sempre contra o PT, porque sou contra a corrupção e a favor da democracia.

    ResponderExcluir
  2. Vamos ver o que as petistas empedernidas tem pra dizer!

    ResponderExcluir
  3. Qualquer um que não seja do PT

    ResponderExcluir
  4. Talvez os candidatos adversários seja uma explicação. Quem confia no Padilha, ex-Ministro da Saúde, um verdadeiro caos no país? Quem confia no Skaff? Outro picolé de chuchu (melhor ficar com o original). Na eleição passada lembram do Mercadante? A antipatia em pessoa! Tinha também o Russomano.Complicado...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que acontece no estado é exatamente o que ocorreu no governo federal: falta de opções da oposição. Quem tentou bater o PT nas urnas? Duas vezes o Serra e uma vez o próprio Alckmin. Que carisma eles poderiam ter em relação ao Criador e a Criatura? Estou esperando pra ver o que o Skaf tem a oferecer, caso contrário 'na falta de tu vai tu mesmo'.

      Excluir
  5. acredito que nos dias de hoje a escolha do voto está no menos pior. o alckim não é popular mas tbm não é populista, tem uma trajetória razoavelmente idônea e uma imagem descolada da bandidagem que se banalizou na política. eu não pretendo votar nele porque acredito assim como vc no rodizio de poder, mas acho que ele está muito acima da média das opções

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então conclua: ou vota no chuchu original [com camarão é ótimo, Carmem Miranda adorava] ou anula ou voto. Responda com sinceridade: tem condição de bancar a vestal e anular o voto?

      Excluir
  6. Alckmin é ruim mesmo. Mas, ainda é o menos pior.... e ele é tão menos pior que os outros que está muito à frente nas pesquisas.
    Num mundo ideal, pessoas de bem entrariam para a política no Brasil. No mundo em que vivemos, elegemos sempre o cara que seja o menos pior ou o cara que se apresente como a cara da esperança...

    ResponderExcluir
  7. Não voto em SP, mas fico de cara quando vejo o governador que ficou inerte diante da crise da água na Cantareira, que faliu a USP e que quase não inaugurou novas estações de metrô estar com 50% das intenções de voto. Aliás, inaugurar estação de metrô, só agora que é ano eleitoral. Por outro lado o Haddad implementa programa inovador para tirar as pessoas do vício do crack, criou corredores exclusivos para ônibus e melhorou a reciclagem na cidade, e mesmo assim é considerado pelos paulistanos um dos piores prefeitos da história da cidade de SP. Desculpe, Tony, mas o paulista da capital não parece mesmo diferente do paulista do interior.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como vc não vive em SP, cabe aqui uma explicação de quem vive: os tão alardeados corredores de ônibus não estimulam os motoristas a andar de transporte público, eles o punem. Haddad está criando uma cultura de demonização do motorista e não oferece nenhum estímulo para usar o transporte público. O que vc preferiria? Ficar uma hora em pé num ônibus lotado ou duas horas sentado no seu carro?

      Excluir
  8. Alckmin ganha por WO. Mas pra mim o mais grave da administração tucana é essa crise hídrica, tudo bem que a seca foi gravíssima, mas faltou planejamento, já houve crise em 2000, portanto não era tão imprevisível assim, poderiam ter construído mais reservatórios. No entanto, o medo do PT é tão grande que Alckmin deverá ser reeleito. Vejam os Estados governados pelo PT: DF, RS e BA, neles o PT será exterminado, quem é governado pelo PT não esquece, fica um trauma. No DF, o atual governador petista é rejeitado por 50% dos eleitores e ele pode perder as eleições para um ex-presidiário, de tão ruim que ele é

    ResponderExcluir
  9. Hahahaha. Hinterland.

    Agora queria um post sobre a pendente derrota do Suplicy pro mais insosso Serra. Já faz uns 15 anos que desencantei com o PT, mas acho que ele ainda merece o voto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você certamente não mora em SP e conhece pouco daqui. Suplicy é divertidíssimo, mas é uma figura folclórica, quase um velhinho gagá. Serra é um cara sem graça, mas um excelente gestor. Aqui a gente vota na competência e não na aparência. Serra vai levar de lavada, merecidamente.

      Excluir
    2. Não me lembro de nada que Suplicy tenha feito por São Paulo. Como para todo petista, o partido é mais importante que o Brasil.
      Serra, embora tenha carisma zero, foi o melhor prefeito de São Paulo nas últimas duas décadas e o melhor ministro da saúde no período pós-democratização.

      Excluir
    3. É verdade. Não acompanho o que o Suplicy fez por SP. Mas também posso garantir que os senadores do Rio sao igualmente invisíveis.

      Excluir
  10. O paulista autêntico vota nele porque ele é um autêntico paulista. Na capital, por morar muito forasteiro equivocado, acontece de o PT ganhar as eleições.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei a expressao "forasteiro equivocado". Ha muitos em SP !!!

      Excluir
    2. Vergonha alheia de gays passado preconceito adiante.

      Excluir
  11. Ué a paulistanada não vive pedindo mudanças e melhorias. Adoram criticar o que está aí querendo algo diferente, mas pelo jeito vão deixar o cabra no poder mais uma vez. Quanta controvérsia e decepção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo adjetivo "cabra" vejo que voce nao e' paulista, muito menos paulistano. Deve ser la do N...... oops, nao posso ser politicamente incorreto !!

      Excluir
    2. Vergonha alheia de gays passando preconceitos adiante.

      Excluir
  12. Proteção da mídia e do Judiciário... Além disso tudo que você falou ainda tem a falência da USP, o caos ambiental que fechou a USP Leste, CPI dos pedágios rolando, aumento recente dos pedágios, a dívida milionária da Santa Casa, três secretários dele mais o Aloysio Nunes são réus no caso do cartel dos trens e metrô que não 'surgiu' agora, mas está sendo enrolado há 12 anos na Justiça, a truculência da desocupação do Pinheirinho, um viaduto na Rodovia Anchieta e uma viga do monotrilho que caíram, obras não entregues (ponte Santos-Guarujá que virou túnel subterrâneo, linha de trem pro aeroporto de Guarulhos...), obras entregues inacabadas (Rodoanel sem sinalização), o ritmo de ampliação do metrô ter caído pela metade desde que o PSDB assumiu... Os jornais sempre amenizam pro lado dele e sempre tem um juiz ou procurador muy amigo pra engavetar o caso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É assim mesmo. O que os olhos não lêem o coração não sente.

      Excluir
    2. Que preguiça dos petistas com dor de cotovelo.

      Excluir
    3. E de quem enxerga PT em todos os lugares e assuntos.

      Excluir
    4. Por que os petistas e os radicais religiosos são tão chatos?

      Excluir
    5. Por que só quem reclama da "chatice" alheia são os próprios chatos? Projeção?

      Excluir
    6. Além de gostar dos políticos do PT vc tb admira o Malafaia?

      Excluir
    7. Daqueles que fraudam até CPI? Quem gosta de PT é você, que tem mania de perseguição e os enxerga em todos os lugares. Eu sou livre.

      Falar mal de Alckmin não torna ninguém petista, taí Tony que não me deixa mentir. Cresça...

      Excluir
    8. Hummm Gigi irritadinho!

      Excluir
  13. São Paulo não é o estado mais rico da federação a toa certo? Enfim... fica aí o comentário

    ResponderExcluir
  14. Aponte uma única administração estadual no Brasil que seja mais competente do que a do estado de São Paulo. Simples assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Trsite, mas verdade.

      Excluir
    2. Vamos falar sobre o cartel do metrô? Denunciado pelas próprias envolvidas? :)

      São Paulo continua sendo o lar do "rouba mas faz".

      Excluir
    3. Pois é, João, podemos até falar do cartel do metrô. Mas continuaremos falando da administração estadual mais competente do país. Lide com isso.

      Excluir
    4. Só falta revelar qual é a métrica.

      Excluir
  15. Paulista é o fim da picada e bicha paulista então, sai de de baixo. Tem o Alckmin para votar e ainda reclama. Queria ver ter de escolher entre o Crivela e o Garotinho, ou seja IURD x Assembléia de Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anastasia Beaverhousen2 de agosto de 2014 12:23

      Pois é, amigo carioca.
      Em São Paulo a gente não quer 8 ou 80. A gente quer 88!

      Excluir
  16. O mio babbino caro
    O que explica tanto sucesso?
    Além da blindagem da mídia e do judiciário diante dos tantos escândalos. Um passeio pela Paulistânia de Antonio Cândido e a Revolução de 32, ajuda a explicar esse insulto.
    Sugestão? Padilha.

    ResponderExcluir
  17. O mio babbino caro
    O que explica tanto sucesso?
    Além da blindagem da mídia e do judiciário diante dos tantos escândalos. Um passeio pela Paulistânia de Antonio Cândido e a Revolução de 32, ajuda a explicar esse insulto.
    Sugestão? Padilha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creddoo além de burra a moça do "O mio babbino caro" tb é petista?

      Excluir
    2. Vindo de "a moça", é um elogio.

      Excluir
  18. Meu palpite para o Alckmin ter essa margem grande em relação aos outros candidatos ao governo é que apesar de uma gestão longe de merecer esse apoio e ratificação dos paulistas, ele faz o estilo do administrador sério, que tem muito mais apelo com o eleitor daqui do que a imagem do proletariado que o PT possui, tanto que o Haddad só venceu o Serra porque esse estava com a imagem muito desgastada por não cumprir os mandatos até o final.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como assim Aecim que constrói aeroporto público na fazenda da família é considerado "administrador sério" e Dilme que parece que bate ponto no Planalto antes e depois da hora não? Por favor, não respondam com justificativas sobre o governo local. Mas acho que o governo FEDERAL nunca teve alguém tão oficialmente neutro e imparcial. Ne FHC, do alto dos diplomas dele foi tão imparcial. Até dele dava as suas carteiradas.

      Excluir
    2. Onde você leu sobre o Aecim no comentário??

      Excluir
  19. O sucesso de Alckmin só pode ser Síndrome de Estocolmo... Quem odeia PT pode votar cegamente no Skaf... Mas o povo continua com Alckmin

    ResponderExcluir