sexta-feira, 29 de agosto de 2014

A INVASÃO DOS EXTRA-TERRESTRES

Não sei vocês, mas eu estou me divertindo muito com a campanha eleitoral deste ano. Claro que para dar risada a gente precisa esquecer da tragédia de duas semanas atrás, mas foi ela que embaralhou tudo. Já estava previsto um embate pesado, com a popularidade da presidenta caindo junto com os indicadores econômicos; agora virou vale-tudo de MMA no gel. Nas redes sociais, amigos petistas desconstróem Marina como se ela fosse o demônio fantasiado de banqueiro. E ainda tentam taxá-la de "inexperiente" - ora, tendo sido deputada, senadora e ministra, ela já tem um currículo mais parrudo do que Lula ou Dilma quando foram eleitos. Enquanto isto, os aecistas não anotaram a placa do avião que os atropelou, e muita gente boa defende o voto em Luciana Genro (sim, porque a extrema esquerda deu suuuper certo em todos os países onde chegou ao poder). O curioso é que, entre meus mais de dois mil amigos no Feice, não vejo um só pedindo votos para Marina. Será que os marinistas existem mesmo, ou são só mais uma invenção do PIG? Você conhece algum em carne e osso?

22 comentários:

  1. Acabou de sair no G1 o programa de governo de Marina Silva:

    Só digo uma coisa, vai dar chabu. Aguardem pronunciamentos exaltados de Malafaia, Feliciano e Bolsonaro contra Marina.

    Combate à discriminação
    “É preciso olhar com respeito às demandas de grupos minoritários e de grupos discriminados. A população LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais) encontra-se no rol dos que carecem de políticas públicas específicas. O direito de expressar sentimentos e vivenciar a sexualidade deve ser garantido a todos. As demandas da população LGBT já estão nas agendas internacionais. No Brasil, no entanto, precisamos superar o fundamentalismo incrustrado no Legislativo e nos diversos aparelhos estatais, que condenam o processo de reconhecimento dos direitos LGBT e interferem nele."

    Casamento gay
    "Apoiar propostas em defesa do casamento civil igualitário, com vistas à aprovação dos projetos de lei e da emenda constitucional em tramitação, que garantem o direito ao casamento igualitário na Constituição e no Código Civil."
    "Eliminar obstáculos à adoção de crianças por casais homoafetivos."

    Direitos da população LGBT
    "É preciso olhar com respeito às demandas de grupos minoritários e de grupos discriminados. A população LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais) encontra-se no rol dos que carecem de políticas públicas específicas. O direito de expressar sentimentos e vivenciar a sexualidade deve ser garantido a todos. As demandas da população LGBT já estão nas agendas internacionais. No Brasil, no entanto, precisamos superar o fundamentalismo incrustrado no Legislativo e nos diversos aparelhos estatais, que condenam o processo de reconhecimento dos direitos LGBT e interferem nele."

    "Incluir o combate ao bullying, à homofobia e ao preconceito no Plano Nacional de Educação, desenvolvendo material didático destinado a conscientizar sobre a diversidade de orientação sexual e às novas formas de família.”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sério isso?? O PSB nunca foi um partido muito pró-LGBT e nem muito homofóbico (claro que nunca devemos nos esquecer que o PSB aloja o retrógrado Pastor Eurico). Mas toda essa vanguarda nesse programa?? Sei não. Só acredito vendo. Posta ai o link

      Excluir
    2. Parabéns a Marina pela coragem, mas analisando friamente, creio que ela foi muito ingenua ao ser a única candidata com chances reais de vitória, a divulgar, justo agora, quando virou alvo de todos, um programa tão liberal. Isso vai ser tão usado da forma mais baixa imaginável pelas campanhas adversárias. Vão dizer que ela quer destruir as famílias, que é à favor da pedofilia e outras baixezas que sempre acontecem quando alguém ousa mexer com os pilares do conservadorismo desse país. Ela que se prepare!

      Excluir
    3. http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/08/1508239-em-programa-de-governo-marina-defende-que-casamento-gay-vire-lei.shtml

      http://g1.globo.com/politica/eleicoes/2014/noticia/2014/08/veja-os-principais-pontos-do-programa-de-governo-de-marina-silva.html

      Excluir
    4. http://g1.globo.com/politica/eleicoes/2014/noticia/2014/08/programa-de-governo-de-marina-defende-que-casamento-gay-vire-lei.html

      Excluir
    5. Calma, gente, já vi. Já soltei até um post a respeito.

      Excluir
  2. Será que merecemos ter uma presidente (Marina) que acredita nesse tipo de coisa?

    https://www.youtube.com/watch?v=NqkEL3W0bBA

    ResponderExcluir
  3. Marina é de aquário, geralmente são pessoas a frente do seu tempo, com ela o brasil ate pode evoluir mais
    se ela for eleita a bancada ruralista vai ficar mais organizada, mas tbm vai surgir um novo grupo com ela na frente, nos temos que parar de desmatar e nos informar mais sobre as coisas que consumimos, ou vc acha que seu macbook não foi feito de metais pesados que foram pros rios, e de trabalho escravo nas fabricas da foxconn?
    Se ela for eleita o pais pode sair do setor primário e evoluir pra outra coisa, não necessariamente produtor ou montador de tecnologia.
    e sobre os marinistas, talvez eles estejam na saia jeans dela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela dicona sobre Marina ser de aquário! Super me fez mudar meu voto!

      Excluir
    2. Não quis mudar seu voto #TONTO

      Excluir
  4. Eu conheço um marinista, já até discuti com ele duas vezes nesses dias no Facebook.
    Em tempo: eu não confio na Marina. Sabe a antipatia que você pega pela pessoa que a ciência não explica? Então. Pode ser bobo, mas lá no fundo da minha mente tem uma voz que diz: "ela mente em tudo".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me desculpe, mas quem provoca isso é a Dilma

      Excluir
  5. E vc Tony? Vai de quem para presidente e governador (SP? RJ?) no primeiro turno? E supondo que no segundo dê Marina e Dilma?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu voto em SP. Não quero votar no Alckmin: acho que já deu. Mas no Skaf eu não voto nem a pau, porque o PMDB é a maior merda política que existe nesse país. E também não voto no Padilha, porque está na hora do PT calçar as sandálias da humildade. Então (ainda) não tenho candidato.

      No Rio eu votaria no Pezão, mas não por convicção: como voto útil mesmo, para evitar a volta do Garotinho, que é declaradamente contra os gays e ainda por cima é ligado à bandidagem.

      Entre Marina e Dilma, nenhuma dúvida: Marina! Marina! Marina!

      Excluir
    2. Sobre Skaf, além do partido, a agenda dele é totalmente comprometida com a indústria, o que é bastaaaaante perigoso.

      Excluir
  6. Ninguém precisa ser marinista. Basta estar cansado, ser equilibrado e saber ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anastasia Beaverhousen30 de agosto de 2014 15:41

      Marina representa o 'voto do saco-cheio'.

      Excluir
  7. No programa dela , ela também fala em Internet como essencial, legal não é?
    http://exame2.com.br/mobile/tecnologia/noticias/programa-de-marina-fala-em-internet-como-servico-essencial?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter

    ResponderExcluir
  8. Conheço vários. Talvez você não tenha visto ninguém, pois SP é território forte do PSDB e provavelmente muitos dos seus amigos vão votar no Aécio...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com exceção dos amigos dele, a preferência por Aécio só existe nas nossas ideias preconcebidas:

      http://g1.globo.com/sao-paulo/eleicoes/2014/noticia/2014/08/em-sao-paulo-ibope-aponta-marina-35-dilma-23-e-aecio-19.html

      Excluir
  9. Tony, minha empregada é da Rocinha e disse que vai votar na Marina por que todo mundo lá está votando nela.

    ResponderExcluir
  10. Eu também não conheço nenhum fã de Marina Silva. Quanto a Luciana, ele me fez repensar a minha anulação de voto para presidente. Não decidi por completo, mas creio que votarei nela. Já sei que não ganhará, então no segundo turno eu anulo.

    ResponderExcluir