sexta-feira, 25 de julho de 2014

SALVE GEORGE

Alain Resnais sabia que "Amar, Beber, Cantar" seria seu último filme? Provavelmente - aos 91 anos de idade, tudo o que se faz deve ter sabor de última vez. Talvez por isto mesmo ele tenha escolhido adaptar para o cinema a peça inglesa "Life of Riley". São seis personagens que parecem ter só uma preocupação na vida: falar de George, um amigo comum que foi desenganado pelos médicos. Mas o tom é de farsa, não de tragédia. Todos querem ligar para George, sair com George, convidar George para fazer teatro amador, fugir com George para Tenerife. Resnais optou por literalmente filmar a peça, com um cenário estilizado e assumidamente artificial. No começo é engraçado, mas lá pelas tantas fica monótono visualmente. Pelo menos os diálogos são fantásticos e os atores idem. E é irresistível pensar que Resnais gostaria de ser George: mesmo depois de sua morte em março, continuamos falando dele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário