quinta-feira, 10 de julho de 2014

O CRISTO É NOSSO

A arquidiocese do Rio de Janeiro acha que o Cristo Redentor é dela, mas não é. O Cristo é do Rio, do Brasil e do mundo. É inadmissível a censura ao segmento "Inútil Paisagem", um dos dez que compõem o filme "Rio Eu Te Amo". Dirigido por José Padilha, o curta mostra Wagner Moura voando de asa delta e dialogando com a estátua. Mas a Igreja achou-o "ofensivo", e a produtora Conspiração, com medo de um processo, deixou-o de fora do corte final do longa, que precisa estrear em setembro. Faltou-lhe o culhão da Bel-Ami, que rodou a abertura de um de seus pornôs gays em pleno Vaticano. Está mais do que na hora da prefeitura desapropriar o símbolo máximo dos cariocas. Fica a dica para o próximo alcaide.

9 comentários:

  1. Mas o monumento é da Igreja sim. É santuário católico, foi construído com doações de fiéis em terreno doado à Arquidiocese pela União.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O terreno é da Igreja, mas a imagem do monumento... Parece que eles têm o "direito de imagem" da estátua. Parece meio surreal, mas é verdade. Igual a FIFA ser dona da expressão "Copa do Mundo".

      Parece que o prefeito Eduardo Paes tomou as dores dos produtores do filme. Quem sabe isso não muda algo?

      Até o U2, banda ultra-católica, teve o direito de FILMAR um clipe lá negado. Alugaram um helicóptero e filmaram assim mesmo.

      Excluir
    2. Escrava Isaura Pífia10 de julho de 2014 20:50

      Que bapho, não sabia....

      Excluir
  2. Temer um processo da igreja é ridículo. O Cristo aparece em todas as novelas gravadas no Rio, em todos os comerciais, em inúmeras campanhas publicitárias e até em aberturas de filmes pornôs gravados no rio. E o que falar de charges e memes web a fora envolvendo a estátua? E o "Keep Cam and Carry Oca" no blog do Tony Goes?

    ResponderExcluir
  3. Qual é Tony você acha que a Igreja vai liberar seu rico cofrinho. INOCENTE!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Escrava Isaura Pífia10 de julho de 2014 20:49

      Quanta animósidádcheee, jent, ateh onde minha burrice me permite o post do Tony é sobre um troço e vcs tão entendo outro, liberdádchee de expressão não interfere nisso e naquilo suas najas.

      Excluir
  4. A Igreja faz isso só para dar um "sustinho" na produção. Puro terror psicológico.

    Qualquer juiz decente julgaria improcedente um pedido (no caso de uma eventual ação judicial). Pessoalmente, eu ainda condenaria em litigância de má-fé.

    ResponderExcluir
  5. Tony, vc viu essa notícia?
    Abaixa a bola, pobre’, afirma mulher durante discussão em shopping

    Read more: http://oglobo.globo.com/sociedade/abaixa-bola-pobre-afirma-mulher-durante-discussao-em-shopping-13218736#ixzz37AalCa4z

    ResponderExcluir