sábado, 14 de junho de 2014

VARINHA NOVA

Vamos direto ao que interessa: Daniel Radcliffe beija e transa com homem em "Versos de um Crime". Ou seja, Harry Potter agora brinca com outro tipo de varinha mágica. Está tudo aí nos vídeos que ilustram este post, mas o filme tem outros encantos. O maior deles é o novato Dane DeHaan, que parece uma versão do Tintin para maiores de idade. O roteiro reconstitui o crime passional que marcou a juventude de Allen Ginsberg, o poeta gay da geração beat - a mesma de Jack Kerouak, que também aparece na história. Depois de ter estrelado um musical na Broaway, Radcliffe mostrou ousadia ao aceitar um papel como este. Está feinho que dói, mas já vai bem longe de Hogwarts.

7 comentários:

  1. Dane é incrível, não é exatamente bonito mas tem o tal do "it" que é tão difícil de explicar. Está maravilhoso na última campanha de verão da Prada.

    ResponderExcluir
  2. Por algum motivo as letras estão cinza escuro... então não dá para ler.

    ResponderExcluir
  3. Não é verdade!

    Ele já brincava há muito tempo!

    http://bbsimg.ngfiles.com/1/17269000/ngbbs48b01b0a2cbff.jpg

    The 5D Raver
    www.the5draver.info

    ResponderExcluir
  4. O povo vai ficar doido quando estiverem assistindo ao filme e de repente verem a cena mostrada no vídeo acima. E ficariam mais doidos ainda se o filme Hoje eu quero voltar sozinho fosse transmitido nas redes de cinema tradicionais, mesmo sendo bem ameno. Seriam 3 filmes próximos um do outro com gays, e isso seria a pura demostração de o fim dos tempos está chegando rs.
    Não vou ver o vídeo. Prefiro esperar o filme e me surpreender com ele.

    ResponderExcluir
  5. Não sei como é lá fora,mas aqui no BR,esses filmes de temática gay atraem pouco público.Enquanto qualquer comédia da Globo já vende 500.000 ingressos no primeiro fim de semana,o de Wagner Moura,Praia do Futuro,até hoje só vendeu 115.000.

    ResponderExcluir
  6. Vou ter que discordar de ti quando fala que o Radcliffe tá fein' que dói - não sei se devido às minhas preferências por "esquisitinhos de óculos" ou por minha "empolgação em demasia" nas cenas do Allen com o falso Lucien, hehe.

    O ex-Harry Potter, aliás, realmente merece aplausos por topar um papel desses; e, se sua performance não é excepcional, ao menos está correto, sem exageros ou deixando a desejar.

    ResponderExcluir