quarta-feira, 4 de junho de 2014

O MIMIMI HOMOFÓBICO

Desde segunda-feira que vários amigos e leitores estão me mandando o looongo artigo que Felipe Moura Brasil publicou no site da Veja esta semana. A princípio eu não quis tomar conhecimento, mas a insistência foi tamanha que eu acabei tendo que ligar a pachorra na velocidade 20 e ler a catarata de asneiras que o sujeito cometeu. E aqui está o post que vocês queriam! Ah, meu público, o que é que vocês não me pedem chorando que eu não faço sorrindo?

Enfim, gente, nada de pânico. O texto do cara é cheio de meias verdades - por exemplo, os cientistas não "desistiram" de procurar o gene da homossexualidade porque ele simplesmente "inexiste". Como retrucou o biólogo Eli Vieira, a ciência atual tende a acreditar que pelo menos parte do comportamente homossexual seja causada por uma combinação de genes, e essas pesquisas estão só começando. É desinformação e/ou má fé, portanto, dizer que nada disso existe.

Moura Brasil também faz comparações disparatadas. Um comerciante "cristão" (põe aspas nisto) que se recusa a atender um cliente gay não é equivalente a um judeu que se recusa a atender um nazista, pelo meigo fato dos gays jamais terem mandado os "cristãos" (põe aspas nisto) para os campos de concentração. O colunista quer transformar os homofóbicos em vítimas de cruéis perseguições, mas este argumento não resiste dois segundos à luz do dia.

Por fim, há mentiras puras e simples. De onde foi que ele tirou que sacerdotes estão sendo presos e processados na Europa e no Canadá por "pregarem o que a Bíblia diz claramente"? Esses países garantem total liberdade de culto, e não consta que algum religioso tenha ido em cana por mal interpretar um texto considerado sagrado. Na boa: se alguém tiver tal notícia, por favor me mande. Mas antes cheque a fonte, OK?

Resumo da ópera: Moura Brasil adota um tom bem machão, cheio de verbos fortes, mas na verdade está descambando para o mais meloso mimimi. Um mimimi muito pior do que ele acusa seus detratores, porque revela um medo profundo - típico dos "bullys" quando são peitados. Medo do mundo novo que toma forma, tão diferente daquele para o qual foram preparados. Mas não adianta choramingar. A história vai para a frente, e ai de quem não consegue ir junto. Só não vamos tripudiar muito dele, genteee, porque é judiação. O cara é frágil feito uma miosótis. Pode ficar com sequelas.

Para terminar, é lamentável como a Veja caminha para a irrelevância, se não para a autodestruição. A marca, pelo menos, já foi para a cucuia. Não sobra quase nada da revista que desempenhou um papel fundamental nas Diretas Já e no impeachment do Collor. Ainda há grandes profissionais trabalhando lá dentro, mas não o suficiente para recuperar o antigo prestígio.

A Veja está se tornando a versão brasileira da Fox News, e periga cair na mesma armadilha que o canal de notícias do Murdoch: falar para um público cada vez mais velho - e, portanto, cada vez menor. As novas gerações são liberais. Não se assuste se milhares de jovens deram "like" para a revista ou para o colunista no Feice, porque eles não são representativos das tendências macro. Há cada vez menos o que temer desses reacionários.

Mesmo assim, nada de colocar azeitona na empada deles: quem tiver coragem de ler a coluna do Moura Brasil deve clicar aqui, para cair no site naofo.de e não dar audiência para a Veja. Ai, como eu tô bandida.

42 comentários:

  1. É um imbecil mesmo. A começar pelo fato de a legislação canadense prever, quando trata do casamento entre pessoas do mesmo sexo, que as denominações religiosas são livres para não aceitar o casamento para fins religiosos dentro de suas instituições.

    ResponderExcluir
  2. Na verdade, a maior parte do texto não é do Moura Brasil. Trata-se de uma tradução de um artigo de um tal Stephen Baldwin. Enfim, veiculou a merda de qualquer forma.

    ResponderExcluir
  3. Como se não bastasse ser porta voz da direita alienada e reaça, agora está usando da desonestidade para propagar e afirmar preconceitos com a Tríade do Mal formada por Rodrigo Constantino, Reinaldo Azevedo e Felipe Moura Brasil. Quem escreveu o texto original em inglês foi o Stephen Baldwin, aquele menos famoso dos irmãos Baldwin, renascido em Cristo como Joelma, Mara Maravilha e Sarah Sheeva, criacionista e inimigo declarado do casamento gay. Resumindo, não é autoridade nenhuma em nada, a não ser em ser um ator fracassado, que virou piada e não conseguiu mais papeis depois de se assumir "Jesus Freak" (termo americano para evangélicos fundamentalistas fanáticos). Acho que tá explicado, ne?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo?

      O irmão dele deu meio que mole para mim no restaurante em que eu trabalhava no Canada anos atras!

      O Daniel...

      Renasceu em Cristo e escreveu esse texto longo e entediante?

      O irmão falou até que queria se mudar por Canadá!

      Acho que foi porque foi depois de ter me visto! ;)

      The 5D Raver
      www.the5draver.info



      Excluir
    2. Este Stephen é o mesmo cara que fez aquele filme THREESOME? Onde ele deixa o amigo pegar na bunda dele enquanto ele come uma fulana? Falassério...

      Excluir
  4. Não há novidade neste texto dele, como há pelo menos uns cinco anos não há novidade nas colunas de Veja, vc sintetizou bem: a publicação envelheceu, não soube se reinventar, lamentável, tb já não leio faz tempo, não me acrescenta, não me representa, não define o que tem sido os anos da década de 10 deste século.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A revista Veja na época do primeiro asilo gay dado nos Estados Unidos a um homosexual, meteu lenha no Marcelo Tenório e falou que ele ganhou "na lábia o que muitos não ganham trabalhando nos EUA".

      Anos depois mais de 100 gays brasileiros ganharam asilo pelo mesmo motivo da "lábia" do Marcelo Tenório.

      É uma revista de Maçons para enganar os Profanos trouxas!

      Foi fundada no 11 de Setembro que os Maçons ADORAM.

      The 5D Raver
      www.the5draver.info

      Excluir
  5. My Personal Toilette Paper4 de junho de 2014 01:19

    Homofóbicos não dizem seu nome, ou seja não assumem que praticam homofobia, tal como ocorre com racistas, que chamam negros de moreninhos e depois cochicham entre si palavras depecreciativas, enfim, hipocrisia das hipocrisias, estes textos nada mais são que bravatas de um hipócrita destinadas a outros hipócritas, enquanto coisas ofensivas não tiverem legislação ferrenha em cima vai ser isso dia sim no outro tb, incrível.

    ResponderExcluir
  6. Esse "tipo" de materia da lucro pra zoia e os bobos caem… ignorem, plisss!

    ResponderExcluir
  7. Posso dizer uma coisa?Não perderei tempo em ler o original, sua critica ja foi o bastante para entender que não passa de um monte de bazófias o que a Veja tem deixado fazer em seu nome. Tenho uma antipatia profunda em Rodrigo Constantino, e agora colocarei esse Moura Brasil na lista dos "não lidos"...como dizem os atendentes de telemarketing: não estarei lendo nada disso...abração Tony.

    ResponderExcluir
  8. Stephen Baldwin? Não havia ligado o nome a pessoa, o ator fracassado "renascido em Cristo", no melhor estilo Mara Maravilha. Realmente, uma sumidade em pesquisa científica.

    ResponderExcluir
  9. Discussão sobre nascer gay versus virar gay: até quando? Que diferença faz?

    O que ele quer mesmo é viver em Uganda junto om o Feliciano, a Mara Maravilha, a Sheirazeda e afins. Lá a sociedade funciona do jeito que eles sonham.

    Eles: Uganda. Eu: Dinamarca.

    ivan

    ResponderExcluir
  10. Acho a reflexão um pouco contraditória, no contexto atual, uma vez que diz que não se deve levar em conta esse tipo de pensamento, já que a nova geração seria supostamente mais liberal, no entanto a grande luta dos "movimentos" gays brasileiros ainda é a respeito da crescente violência contra LGBT's.
    Se temos crimes de homofobia, se tempos uma sociedade que se recusa - por meio de seus legisladores - a puni-los com mais severidade, se temos textos como esse e tantos outros sendo publicados em sites e revistas de veiculos de comunicação de massa, então sinceramente não acho que seja o caso de achar o cara um pobre coitadinho, não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estou me referindo ao contexto mais amplo, a "the big picture". A igualdade de direitos para os homossexuais é uma tendência irreversível. É só olhar no mapa e conferir quantos países já têm o casamento gay. Ao mesmo tempo, os jovens estão muito mais tolerantes que seus pais e avós, como todas as pesquisas indicam.

      Fenômenos como Moura Brasil acontecem em todos os países onde os gays avançaram como cidadãos. Caras como ele dão voz ao setores retrógrados da sociedade, que ainda podem nos criar obstáculos. Mas nnao devemos levar essa gente muito a sério: a guerra está ganha.

      Excluir
  11. É de coçar a cabeça de desespero. Parabéns pela paciência e civilidade, Tony. Texto irretocável.

    Até quando a direita brasileira vai continuar sendo representada por nulidades como ele, Mainardi, tio Rei e companhia? É muita indigência intelectual.

    Engraçado que nessas horas nenhum gay tem coragem de se juntar a ele e engrossar o coro contra o abominável "politicamente correto".

    ResponderExcluir
  12. Caro Tony, me permita uma digressão.

    Há muitos motivos para que consideremos que VEJA caminha para a irrelevância. Talvez, a mais importante tenha a ver com excesso de editoriais travestidos de reportagens. Mas algo em particular me chama atenção: o economista Rodrigo Constantino e seu blog. Talvez, para que nunca me falte argumentos, leio as postagens dele com alguma regularidade. Não raro ele se volta aos seus “inimigos” na mídia. De modo recorrente repete sobre estes algo como: “como um pobre coitado tem espaço na grande mídia”. A leitura dos seus textos também me remete ao mesmo pensamento,

    A Folha, certa vez, publicou lado a lado um artigo do Pondé e outro da Barbara Gancia sobre os “rolezinhos”. Constatino fez o seguinte registro: “O que a Folha fez hoje não se faz! (...) O contraste salta aos olhos. Conteúdo e forma, diga-se de passagem. Pondé faz uma análise precisa do fenômeno, enquanto Gancia apela para o lugar-comum da elite politicamente correta: os brancos têm medo dos pobres!”.
    Em um tom que considero educado mandei um comentário no post afirmando que no que diz respeito à forma ele ainda tinha que comer muito feijão com arroz. Não era um ataque, apenas uma constatação: seu texto não tem brilho; sua ironia, se é que podemos falar de algo assim é, no mínimo, rasteira demais; não há nenhuma “sacada” original; seu pecado original pra mim não é ter ideias com as quais não concordo, a questão é que lhe falta estilo. Parece que toquei no calcanhar de Aquiles do sujeito: o comentário não foi publicado. E note-se que ele é bem “generoso” nesse quesito.

    Mas a porca entorta o rabo mesmo quando se mete a falar sobre cultura, artes em geral. Ele parece pretender ocupar um espaço, que nem sei se está vazio, mas que bem ou mal, com mais e menos brilho, foi ocupado por gente como Paulo Francis, Daniel Piza, Diogo Mainardi, Reinaldo Azevedo (vide República e Bravo). Uma turma que pretendia transitar da economia ao cinema, da política internacional às artes plásticas, da politicagem tupiniquim aos textos clássicos da literatura. Nem sempre os textos originários dessa gente prezaram pela elegância, mas alguma verve lhes deve ser reconhecida. Mas coitado do Constantino, como lhe falta estofo intelectual para isso. Tudo bem, ele pode não pretender ser um crítico de arte, mas daí fazer um amontoado de clichês e ser levado a sério! Que o site da revista de maior circulação nacional abrigue esse pensamento pra mim é apenas uma comprovação daquela irrelevância já apontada. E mais, me parece desonesto quando aponta o dedo para alguém acusando de escrever textos com um “amontoado de clichês”.

    Vejam-se alguns casos notórios.

    Sobre literatura:

    “Não tinha lido nada de Tezza ainda, inclusive seu livro mais famoso, O filho eterno, vencedor de inúmeros prêmios. Comecei pelo último, e gostei muito, o que certamente me levará aos outros. Trata-se de excelente literatura, do tipo que enriquece nossas vidas. Alimento da alma.”

    “Finalmente terminei o novo livro de Tom Wolfe, Sangue nas veias, uma história envolvente que se passa em Miami, em meio ao caldeirão étnico e cultural repleto de latino-americanos e com poucos americanos “legítimos” (i.e., WASP). Wolfe é mestre em capturar o zeitgeist e também entrar na mente das pessoas, por meio de seus personagens complexos, e esmiuçar seus motivadores psicológicos, sempre movidos ou mexidos pela vaidade. Uma mistura de romance policial com debate racial, contando com ataques irônicos ao mundo das artes contemporâneas, as mais de 600 páginas prendem o leitor do começo ao fim”.

    Sobre cinema (“Caçadores de Obras-Primas”)

    “(...) protelei assistir “The Monuments Men” (...) Grande erro. O filme é muito bom. E a mensagem é muito bonita. Mais do que bonita: importante, fundamental”.
    Vai dizer que isso não é ginasial?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que é!

      Este é meu maior problema com o Constantino: ele realmente escreve muito mal.

      Porque até dá para ler alguém cujas ideias são opostas às nossas, mas o texto tem que ser bom. Paulo Francis, por exemplo, era sensacional - sempre divertido, sempre brilhante, mesmo quando falava barbaridades.

      Constantino é uma coxinha em forma humana.

      Excluir
    2. Paulo Francis djyva, sdds. Tenho um livro de quotes dele fenomenal.

      Excluir
    3. E o embate dele com o Duvivier?

      "Marcando a categoria de humor, escrevi a sugestão de um esquete para o Porta dos Fundos. Claro, ironizando a própria esquerda caviar, brincando com o fato de que essa turma adora viver no conforto do Leblon, juntar mais e mais dinheiro de forma bem gananciosa, tudo isso sempre criticando o capitalismo e enaltecendo o socialismo.

      Surpresa (nem tanto, nem tanto): nunca tive que apagar tanta ofensa na seção de comentários! Gregório Duvivier divulgou o texto em seu canal (como podem ver abaixo), mas seus fãs – e são fãs bem irracionais que não podem ver o ídolo como alvo das piadas que faz com outros – invadiram o blog em grupo para me xingar. “Otário”, “babaca”, “medíocre”, “bosta”, “merda”, sou tudo isso e muito mais, pois ousei ridicularizar de forma sarcástica um típico casal (imaginário) da esquerda caviar."

      http://naofo.de/cja

      Excluir
  13. muito bom em dizer "cristão", uma vez que as ideologias cristãs só servem para eles qual é o objetivo de criticar o ponto de vista deles? os homossexuais tem todo direito em buscar direitos, mas fazer isso tirando o do outro? o que acontece é que existe imbecil dos dois lados, "cristão" querendo impor modo de vida e homossexual querendo impor represaria a divergência. os homofóbicos tem que cair, e um direito homossexual que destrói o direito de opinião do outro não pode existir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nenhum homossexual quer tirar nenhum direito de ninguém. Não caia nessa esparrela, isto é propaganda homofóbica.

      Excluir
    2. Participo/ei de lista(s) gay(s) e vejo que isso não é verdade.

      Querem sim impedir a livre expressão das pessoas.

      Aqui no Brasil é assim. São poucos os ativistas, mas tem aqueles que querem sim.

      The 5D Raver
      www.the5draver.info

      Excluir
  14. 1) Adorei o vídeo. Ri muito!

    2) Adorei o naofo.de. Veio pra revolucionar!

    3) Leiam o comentário do leitor Daniel Araujo, no post do Moura, citando a geneticista e colunista de veja, Mayana Zatz, afirmando que por muito tempo acreditava-se que o autismo era atribuído a fatores ambientais e que, no entanto, hoje é sabido, trata-se de um comportamento genético. Ainda que o tal gene não tenha sido encontrado, por ser extremamente difícil identificar genes responsáveis por características multifatoriais, é burrice afirmar que ele inexiste.

    E ainda que não tenha forte componente genético, o que eu duvido muito, não faz o menor sentido todo esse ataque e preocupação em relação a homossexualidade, que em NADA prejudica o ser humano que a tem quanto mais os que longe dela estão...

    Resumindo: o cara utilizou da opinião de uma geneticista, também colunista de Veja, pra rebater e desmascarar um artigo fraudulento de um ator fundamentalista qualquer falando de assunto que está anos luz de sua especialidade. MITOU!

    ResponderExcluir
  15. E não existe essa de provar que "gene gay" cria gays.

    Homosexualidade acontece em várias espécies de animais no planeta.

    Golfinhos adoram surubas!

    Leões gostam de troca-troca:

    http://www.youtube.com/watch?v=Q8gttC6P3bE

    Antes esses fundamentalistas falavam que não existia homosexualidade na natureza - devido aos "cientistas" (pagos pelos Illuminati) falarem que não conseguiam observar isso na natureza. Bastou Youtube existir para CENTENAS de pessoas postarem animais fazendo sexo gay! - por isso não era normal.

    Bastou provar que existe sexo gay em animais para eles mudarem o discurso para "Não é porque existe na Natureza que devemos aceitar a homosexualidade."

    Neurose só.

    E esses "cientistas" (muitos deles maçons seguindo comando hierarquicos) não podem ser levados a sério, pois falavam no passado que a homosexualidade NÃO ERA OBSERVADA NO MUNDO ANIMAL.

    Como falei acima: balela pura!

    A Internet veio como um presente para essa mentira que os maçons insistem em fazer agente viver!

    Pois comandam todos os meios de comunicação.

    E se ACHAM os bam-bam-bans!

    The 5D Raver
    www.the5draver.info

    PS - A internet foi dada de presente pelos extra-terrestres através de seus representantes encarnados humanos terrestres. Por isso é que os Maçons escondem suas existências.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem é essa figuraça? kkkkkkkk Só não pode radicalismos, senão fica babaca igual ao tal Moura Brasil!

      Excluir
    2. Meu vc soh pode ser um personagem, sem mais.

      Excluir
    3. Doida Muito Doida, Vc é Doida Demais4 de junho de 2014 23:53

      Os ETs anos-luz a frente de nós idiotas mortais já sabem precisar em quantos anos o Brasil se livrará da homofobia e crimes de ódio sem soluçao?

      Excluir
    4. Eu na realidade sou uma pessoa normal.

      Pedi refúgio no Canadá pela minha homosexualidade em 1992. Fui negado em 94. Fui para os Estados Unidos com 1000 dolares no bolso. Retornei ao Canadá, pedi refúgio novamente. Fui negado. Tive minha casa invadida com joguinhos mentais, até que finalmente retornei ao Brasil - aonde fui queimado com armas de microondas de 2006 à 2008.

      Por quem eu não sei.

      Mas deve ser tudo a mando de Bush Jr. - a bichinha enrustida Satânica de uma das mais poderosas famílias do Illuminati.

      Eu nem sabia que os Illuminatis existiam. Era mais uma bicha "tonta" no mundo. Apesar de ter sempre sido inteligente pacas.

      Acredito ser alvo de "gang-stalking" - um novo tipo de crime. Que fazem com que voce pire! E se mate, ou fique indigente. Sem amigos e sem renda.

      Estava eu chorando por tudo isso em Vitória do Espirito Santo de bicicleta olhando pro chão quando um ímpeto me fez olhar para o céu!

      E lá estava ela: "a bola de luz"!

      Tipo uma bola de bocha.

      No ano seguinte, no MESMO primeiro domingo depois do carnaval, em 2013, DA JANELA DA MINHA CASA aparece a mesma "bola de luz" e espera para que eu tire foto sua.

      Tirei duas.

      Estão no meu website.

      Faço também o Sol EMANAR raios violetas.

      Sou uma spécie de Avatar Moderno.

      Que incarnou para ajudar a transformação da Terra.

      Leiam o meu website. Lá tem tudo mais detalhado sobre as novas vibrações que estamos entrando.

      E é isso a RAZÃO dos protestos de junho de 2013. A insatisfação com a Copa. Etc...

      ESTAMOS MUDANDO DE CARBONO (666) PARA CRISTALINOS!

      Acabará a dualidade "preto x branco" do xadrez que os Maçons adoram!

      Agora será a vez do ARCO-IRIS!

      Tipo aquele que mostro no meu site do CACHORRO DO SOL!

      É a nova "Era das Flores".

      Não notaram, crianças, que o Sol não é mais amarelinho como antigamente?

      Que agora é BRANCO E BRILHANTE?

      Anunciando as mudanças a por vir!

      Sou real. E meu nome é facil de descobrir. É so fazer uma procura no "WHOIS" com o meu website.

      Bye! Bye!

      Até a próxima!

      The 5D Raver
      www.the5draver.info

      PS - Os extra-terrestres pedem somente que nós DIVULGUEMOS a todos os nossos conhecidos que eles são BONS e PACIFICOS. Pedem que nós os chamemos através dos nossos pensamentos. Tipo reza à noite... Eles EXISTEM. E estão dispostos a ajudar a consertar toda essa merda criminosa que os Maçons-"Livres" criam no planeta para benefeciarem a si próprios. (Se bem que não sei qual o benefício de ser rico num país onde voce pode levar tiro na cara por parar num sinal vermelho. Mas as "illuminadas" pisicopatas adoram uma PUTARIA.)

      Excluir
    5. Thomas Schwarzenegger6 de junho de 2014 01:09

      Kkkkkkkkkkkkk #ZorraTotal,oPiorTipoDeHumor.

      Excluir
    6. Vigiiiiiiiiii!!!!!!!! Endoidou mesmo!!!!!!!!

      Excluir
  16. E que tal ouvir um podcast mega mimimi chororô da arrogância intelectual do Felipe Moura? Olha o que ele já postou! Essa arrogância é típica dos medíocres.... E veja que ele chama Arnaldo Jabor de esquerdista!! hahahah...

    https://soundcloud.com/felipe-moura-brasil/podcast-do-pim-epis-dio-viajar

    ResponderExcluir
  17. Veja vai descendo, descendo, descendo..... uma hora chega no subsolo, O Cruzeiro e Manchete tb foram publicações que marcaram diversas épocas, MAS.... acabaram!!! Olha que tudo saber que coisas apodrecem e se decompõem.

    ResponderExcluir
  18. Thomas Schwarzenegger4 de junho de 2014 23:57

    Não sei porque ainda nos importamos taaaaanto com esses excrementos e seus lixos textuais, sempre fomos em todos os períodos da historia nada mais outsiders, clandestinos, pessoas do gueto. A imprensa baunilha não devia nos interessar, grandes genios da humanidade eram gays, visionários em algo ou em tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E por isso eles tem tanta RAIVA de nós!

      Até os que eram "heteros" gostavam de uns moiçolos.

      Nunca gostaram de mulheres realmente.

      Sempre as relegaram para segundo plano.

      Como na maçonaria-"livre" deles.

      Mas vai arrancar confissão desse povo hipócrita, como Jesus não cansava de chama-los?

      The 5D Raver
      www.the5draver.info

      Excluir
  19. Só mostra o quão desesperados estão os heteronormativos com nossa ascensão, visibilidade e logística pra atacar em todas as frentesw de batalha: política, internet, tv, imprensa escrita etc etc

    ResponderExcluir
  20. essa ideia de esquerda, direita e centralismo politico é ultrapassado
    vamo acooordar

    ResponderExcluir
  21. Também acho que é melhor ignorar. Esses caras são tipo trolls, só querem chamar atenção, por isso quanto mais barulho fizerem mais felizes eles ficam. A reportagem em si tem poucos comentários. Melhor não dá audiência e nem repercutir.

    ResponderExcluir
  22. O mio babbino caro
    O colírio de nossa infância, não foi capaz de impedir a míopes deste sujeito.

    ResponderExcluir
  23. Patético mesmo é que o colunista vai contra o que a própria Veja ja publicou anteriormente. Uma pesquisa sobre a influência genética que provoca a homossexualidade: http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/homossexualidade-pode-ser-influenciada-pela-epigenetica
    Alguém entende essa revista?

    ResponderExcluir
  24. Adorei o vídeo kkkkkkkkkkk uma graça mesmo!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  25. Maneira fácil de se juntar à fraternidade Illuminati no mundo.

    Você é um estudante, homem de negócios, artista, políticos ou não se sente confortável com o tipo de vida que está vivendo e quer se tornar grande, poderoso e famoso no mundo, junte-se a nós para se tornar um dos nossos membros oficiais hoje. Terá a oportunidade ideal de visitar os illuminati e seu representante depois que as inscrições forem completadas por você, nenhum sacrifício da vida humana necessária, a fraternidade Illuminati traz riqueza, poder e fama na vida, você tem um acesso total para erradicar a pobreza da sua Vida e geração agora. Só um membro que foi iniciado na igreja de illuminati tem autoridade para trazer qualquer membro para a igreja, então, antes de entrar em contato com qualquer um dos assuntos, você deve ser o link de quem já é membro, junte-se a nós hoje e realize seus sonhos. Nós também ajudamos o nosso membro na proteção de drogas empurrando se você deseja se juntar à irmandade, você pode entrar em contato com o Sr. james larry em seu e-mail: illuminatinationwide218@gmail.com ou entre em contato com nosso número de telefone +2348135688260 agora. Obrigado e lorde lucifer te abençoe

    ResponderExcluir