quarta-feira, 9 de abril de 2014

MUITO PELO CONTRÁRIO

Olha aí outro equívoco mercadológico: a marca Veet, de produtos para depilação, retirou do ar o comercial acima. Foi acusada de machista e de querer impor um padrão de beleza rígido para a mulherada. Ué, mas então ela deveria dizer que uma mulher não precisa se depilar para ficar bonita - ou melhor, desejada pelos homens? Pessoalmente, eu achei o anúncio engraçado, apesar de meio grosseiro. Será que é um humor muito masculino? Comenta aí.

10 comentários:

  1. Aqui eles citam 5 coisas que estão muito erradas com esses comerciais (pois não foi só esse que eles fizeram) : http://www.adweek.com/adfreak/5-things-wrong-these-new-veet-commercials-minor-egregious-156849

    ResponderExcluir
  2. Ellen Degenerada9 de abril de 2014 21:27

    Depois das shakirinhas-fecais loucas para fazerem a viagem rumo ao sanitário, não me espanto com mais nada em propaganda! Alguem já disse por aqui que em 2048 fechamos o ciclo, deve ser isso mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Bem, fica meio complicado neste caso dizer que é ofensivo ou se se está apenas fazendo valer a liberdade de expressão. Para fazer vender tal o produto é preciso colocá-lo com melhor opção do que ser peluda. Mas aí a maneira como se dá o recado pode deixar muitos ofendidos. E mesmo que deixassem de um jeito mais ameno, ainda assim seria alvo de críticas por muitos. Então, definitivamente, eu não saberia como prosseguir. Foi o mesmo que ocorreu com o comercial da Gilette aqui no Brasil. Para que chamassem a atenção dos possíveis consumidores, eles exaltaram o uso do produto em detrimento dos peludos.

    ResponderExcluir
  4. A coisa mais escrota deste comercial é responsabilizar a mulher pela manutenção da heterossexualidade (dudeness) do sujeito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que vc não entendeu o que é dudeness. Dude é usado entre homens para se referir uns aos outros, do mesmo jeito que usamos cara, meu, etc. Dudeness seria masculinização da mulher por ela estar peluda ou com os pelos espetando.

      Excluir
  5. Ri muito. Eh soh propaganda, naum eh um statement politico-sexual... Quédizê, eu acho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá no mesmo. Mas seria melhor se fosse mais engraçado e menos statement... Pelo menos as criadoras demonstaram sensibilidade (ainda que tardia) no pedido de desculpas.

      Excluir
  6. Ruim, muito ruim. Mas quem deveria falar são as mulheres, público alvo.

    ResponderExcluir
  7. Também achei engraçado, mas talvez não dialogue com o público alvo (mulheres!)
    É humor nível "Hangover".

    ResponderExcluir