sábado, 22 de março de 2014

KIM VOCÊ PENSA QUE É

Nunca trabalhei numa revista de moda, mas posso imaginar a tortura mental que deve ser a escolha de quem vai para a capa. A "Vogue" americana - talvez a mais poderosa do mundo no gênero - está levando uma sova virtual por ter colocado o chamado casal "Kimye", Kim Kardashian e Kanye West, para enfeitar seu último número. Kim é considerada a mais brega das bregas nos Estados Unidos, e só no ano passado foi convidada para o famoso baile de gala que a "Vogue" dá no Met, em Nova York. Sua presença na revista está provocando uma maré de cancelamento de assinaturas. Mas a própria "Vogue" já pôs Britney Spears e as Spice Girls na capa, não exatamente os paradigmas da elegância moderna. É uma linha fina a que separa os agitadores culturais dos realmente abomináveis, e o editor de uma revista precisa de muita experiência e sensibilidade para separar uns dos outros. Será que Anna Wintour pisou no tomate? Ou é só mais um sinal dos tempos?

15 comentários:

  1. Eu já vi entrevistas de Anna Wintour em que ela sempre fala que gosta de mulheres do momento e extremamente famosas para capa da vogue. A Kim pode até ser cafona, mas é impressionante e hilário(e muito cafona!) aquele reality show que ela protagoniza com a família dela!
    Talvez por isso a Vogue América seja superior as suas gêmeas espalhadas pelo mundo, é muito melhor uma surpresa que cause alguma comoção do que uma Vogue brasileira por exemplo, vc aposta na Gisele Bündchen ou Isabeli Fontana para próxima capa? E ae, deu sono? Pô, não precisa ser uma starlet global, mas poderia ser uma Julia Lemmertz, Gaby Amarantos, Marisa Monte, uma modelo negra que não seja a inglesa Naomi Campbell... Tantas mulheres poderiam despertar a curiosidade dos leitores do Brasil!

    ResponderExcluir
  2. Penso que dessa vez foram longe demais. Britney e Spice Girls são artistas pop (sem julgar a qualidade da música). Kim Kardashian é um subproduto de reality shows que ficou famosa através de uma sex tape que vazou (aham!!!). E o Kanie West estava fazendo pressão para ela sair na capa faz meses, ou seja, Anna Wintour cedeu. E ceder, para quem é considerada a papisa da moda, pode ter sido um golpe duro demais para seus fãs.

    ResponderExcluir
  3. Anonimée avec elegance22 de março de 2014 12:31

    Pavor dos pavores essa Kim numa festa tempos atrás em que estava grávida e pôs uma estampa hedionda num modelito que lembrava um sofá... Próximo passo, aqui no Brasil, Valesca Popozuda aqui no Brasil na capa da Elle... Não duvide de mais nada, darling.

    ResponderExcluir
  4. TALVEZ SEJA UMA NOVA DIRECAO QUE ELES ESTAO TOMANDO....!!!!
    NO BRASIL...O BAILE DA VOGUE TEVE VALESKA POPOZUDA...EU SEI DE MUITA GENTE QUE CAIU DURA COM A ESCOLHA...PRA ANIMAR A FESTA!
    O MUNDO VIROU AQUELE CASAMENTO CHIQUERRIMO....QUE NO FINAL DISTRIBUI HAVAIANAS E TOCA FUNK...E VOCE VE QUE AQUILO TUDO ERA SO FALSO.
    GLAMOUR E CLASSE.....MORREU FAZ TEMPO!

    ResponderExcluir
  5. Prefiro Valeska na capa da Vogue do que qualquer Kardashian. Valeska canta, dança, faz show, grava clipe. Ou seja, trabalha, corre atrás. Já as Kardashians... Dez anos atrás adorávamos Paris Hilton, mais por ironia do que por qualquer outro motivo provavelmente. Infelizmente deu no que deu. Amo e respeito Anna Wintour mas, por favor, STOP MAKING STUPID PEOPLE FAMOUS.

    ResponderExcluir
  6. Pelo menos é um casal inter-racial, algo super tabu nos Estados Unidos, onde branco anda com branco, negro com negro e "latino" com "latino" (entre aspas, óbvio, porque latino não é categoria racial, mas o povão de lá acha que é).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela não é considerada branca.

      Excluir
    2. Ela não é considerada branca, mas não cai na rotulação de "negra', não.

      By the way, releia o que eu escrevi. Não a chamei de branca.

      Excluir
    3. HAHAHA significado zero pra sociedade branca se negro casa com latina

      Excluir
  7. Essa mulher, sua família e essa série deles são INTRAGÁVEIS.

    Famoseio pelo famoseio, vulgar, sem graça, brega, não tem a graça nem a diversão da cultura Pop.

    ResponderExcluir
  8. Será que por baixo daquela peruca tenebrosa e de tantas camadas de soberba e velhice existe uma ponta de ousadia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada vez que passo aqui me convenço que o mundo devia acabar. Tantos seres imbecis não farão falta no universo.

      Excluir
    2. Aprendeu direitinho!

      Excluir
  9. "Valeska canta, dança, faz show, grava clipe. Ou seja, trabalha, corre atrás. Já as Kardashians... Dez anos atrás adorávamos Paris Hilton, mais por ironia do que por qualquer outro motivo."

    Comentário acima resume tudo. No mais, quer goste ou não, Valesca é uma artista, não tá 'apenas' pegando carona na fama e dinheiro do marido. Vi os argumentos da Wintour e fiquei de cara. Honestamente, não acho que seja motivo pra cancelar assinatura. Ousadia é necessária e anda muito em falta em todos os grandes setores de entretenimento, mas Anna pesou mão mesmo. Pela questão que você próprio levanta no post. Kim se resume a uma socialite que tem como grande mérito não se perder no personagem. Nem o mérito de uma sex tape ~tendença~ ela tem, que aquilo ali consegue ser pior que a do Colin Pharrell. Spice Girls foi a bandinha feminina pop mais famosa dos anos 90 e Britney (que detesto) é Britney, né? Bem ou mal tá entre as divas e é melhor que muito artista pop de hoje em dia que se acha a última cocada.
    Enfim, prefiro uma escorregada dessas tentando algo chamativo que mais do mesmo. Mesmo que uma Kim nessa capa seja de doer.

    ResponderExcluir
  10. Seres humanos tentando ser superiores, em quê mesmo? Onde foram parar os direitos da liberdade, igualdade e fraternidade?

    ResponderExcluir